As 6 melhores formas de pagamento para MEI

Tempo de leitura: 4 minutos
Homem e mulher com celular
Compartilhe

Resumo:
Neste artigo, serão apresentadas algumas das melhores opções de pagamento para MEI disponíveis no mercado, bem como o que considerar antes de escolhê-las.

Momento Empreendedor:

O Microempreendedor Individual (MEI) é um modelo de negócio cada vez mais popular no Brasil, em especial por permitir formalizar atividades informais e oferecer benefícios previdenciários

Para garantir o sucesso do negócio, é importante escolher as melhores formas de pagamento para oferecer comodidade aos clientes e otimizar a gestão financeira. 

Neste texto, serão apresentadas algumas das melhores opções de pagamento para MEI disponíveis no mercado, bem como o que considerar antes de escolhê-las. Então, fique até o final e descubra tudo!

Quais são as 6 melhores formas de pagamento para MEI?

Abaixo, destacamos algumas das melhores opções de pagamento MEI disponíveis no mercado, tanto para negócios online quanto físicos. Veja quais são:

1- PIX

O PIX é uma opção de pagamento instantâneo, que permite transferências financeiras em tempo real, 24 horas por dia, 7 dias por semana. 

É um método seguro e prático, sem a necessidade de cartões, maquininhas ou dinheiro em espécie. O MEI pode escolher a melhor chave PIX para seu negócio, seja o CNPJ, o e-mail da loja, um código aleatório ou até um QR Code com a chave, que pode ser escaneado pelo cliente para realizar o pagamento. 

As principais vantagens do PIX no seu negócio são a rapidez e a praticidade, além de existirem opções que não envolvem taxas para o MEI. Mesmo assim, vale lembrar que o recebimento do PIX pela maquininha de cartão pode sim contar com taxas.

2- Carteiras digitais

As carteiras digitais, como o Mercado Pago e o PicPay, são um método de pagamento MEI simples, rápido e seguro, pois não exige que o cliente forneça seus dados bancários para o estabelecimento e as transações são protegidas por criptografia de ponta a ponta. 

Além disso, as carteiras digitais permitem que o cliente tenha seus cartões de crédito e débito em um só lugar, facilitando as compras online e em lojas físicas. Também é possível adicionar créditos e utilizar esse valor para realizar os pagamentos.

3- QR Code

O QR Code é uma opção que pode ser utilizada em conjunto com diversas formas de pagamento, como PIX, cartão de crédito, débito, transferência bancária, entre outros. 

O MEI pode gerar um QR Code que pode ser escaneado pelo cliente a partir de um smartphone, para realizar o pagamento. As vantagens dele são a praticidade, a segurança e a flexibilidade de ser aplicado da forma que o empreendedor preferir.

4- Boleto bancário

Essa clássica opção permite que o MEI emita boletos para que os clientes efetuem o pagamento em bancos (virtuais ou físicos) e casas lotéricas. 

Para emitir boleto bancário, o MEI deve ter uma conta bancária empresarial. Algumas instituições permitem a geração de boletos gratuitamente, outras cobram taxas sobre o valor do boleto emitido.

5- Via WhatsApp

O WhatsApp Business permite que o MEI crie um catálogo de produtos ou serviços e envie um link de pagamento para o cliente finalizar a compra diretamente pelo aplicativo. 

Para receber os pagamentos, o MEI deve cadastrar uma conta bancária empresarial e pagar uma taxa sobre o valor da transação. Pode ser um método super cômodo para o cliente, já que muitos utilizam o Whatsapp constantemente. 

6- Pagamento à vista em dinheiro ou cartão de débito

Essa é a forma mais simples e imediata de pagamento para MEI

Ao aceitar pagamento em dinheiro, o microempreendedor não precisa se preocupar com taxas de transação, mas deve ter cuidado com a segurança no transporte e armazenamento do dinheiro. 

Aceitar cartão de débito pode ser mais conveniente e seguro, mas geralmente envolve uma taxa por transação.

Como escolher a melhor forma de pagamento para MEI?

Ao escolher um método de pagamento MEI, é importante considerar alguns fatores para garantir a escolha mais adequada para o negócio. Confira abaixo alguns pontos a serem avaliados.

  • Preferências dos clientes: é importante considerar o perfil e comportamento de seu público-alvo ou persona, para garantir a comodidade e satisfação dos clientes. É preciso avaliar quais opções de pagamento são mais comuns na região em que o MEI atua e oferecer métodos que atendam às necessidades dos clientes.
  • Custo das taxas: é fundamental avaliar as taxas cobradas pelas operadoras de pagamento e compará-las com as demais soluções de pagamento. É importante que o MEI leve em consideração tanto as taxas de transação quanto as taxas de manutenção da conta e de aluguel do equipamento de pagamento.
  • Facilidade de uso: é necessário avaliar a facilidade de uso das opções de pagamento disponíveis, tanto para o MEI quanto para o cliente. É importante escolher opções que sejam simples de usar e que não causem transtornos para o cliente ou para o MEI.
  • Segurança: é importante escolher um método de pagamento MEI que seja seguro para ambas as partes. Portanto, avalie as medidas de segurança que cada opção de pagamento oferece, como a criptografia de dados, a autenticação de dois fatores e a prevenção de fraudes financeiras. Assim, o MEI pode garantir a proteção dos dados dos clientes e evitar problemas no futuro.
  • Suporte técnico: escolha uma opção de pagamento para MEI que ofereça suporte técnico em caso de problemas ou dúvidas. O suporte técnico pode ajudar o microempreendedor a resolver problemas rapidamente, o que é importante para manter a satisfação do cliente e evitar perda de vendas.

Ao considerar esses fatores, é possível escolher a melhor opção de pagamento para MEI, garantindo a comodidade, segurança e satisfação dos clientes.

Se você tem mais dúvidas sobre direitos, deveres, benefícios e outros assuntos relacionados ao microempreendedorismo individual, pode explorar nossa Central do MEI

Conte sempre com o SEBRAE/PR para adquirir os melhores conteúdos, serviços e programas destinados a agregar valor, eficiência e qualidade às micro, pequenas e médias empresas, assim como o MEI. 

Talvez você possa gostar:

https://sebraepr.com.br/mei-2023-o-que-muda/

https://sebraepr.com.br/comunidade/comunidade-page/vida-de-mei

https://sebraepr.com.br/ebooks/mei-vantagens-e-deveres-2/

https://sebraepr.com.br/como-fazer-a-declaracao-anual-do-mei/

Temáticas do artigo:

Compartilhe esse artigo:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Talvez você possa gostar:


Conheça também

Ou navegue pelos nossos conteúdos gratuítos

Pesquise em nosso site