Quanto custa abrir uma empresa no Brasil?

Tempo de leitura: 4 minutos
Capa com mulher de braços cruzados

Resumo:
Neste artigo, abordaremos os principais aspectos sobre quanto custa abrir uma empresa no Brasil, apresentando informações e orientações úteis para quem deseja empreender e buscar o sucesso no mercado nacional.

Compartilhe

Abrir uma empresa no Brasil pode ser um processo desafiador e complexo, que envolve diversas etapas e custos. Além das burocracias intrínsecas, é necessário considerar as despesas relacionadas à obtenção de documentos, taxas, licenças e outros gastos obrigatórios para formalizar um negócio no país. 

Neste texto, abordaremos os principais aspectos sobre quanto custa abrir uma empresa no Brasil, apresentando informações e orientações úteis para quem deseja empreender e buscar o sucesso no mercado nacional.

O que considerar para saber quanto custa abrir uma empresa no Brasil?

Não é possível definir uma lista permanente dos custos necessários para abrir um negócio no país, pois tudo depende do tipo de empresa, sua natureza jurídica, seu regime tributário, a sua localização, entre outros fatores. 

Contudo, para ajudá-lo a entender melhor o assunto, iremos apresentar alguns dos principais itens a serem considerados para calcular quanto custa abrir uma empresa no Brasil, no geral. Veja abaixo: 

Custos fiscais

Embora os custos fiscais possam variar de cidade para cidade, existem alguns que costumam ser obrigatórios para a maioria das empresas. Saiba quais são a seguir:

  • DARE – A fim de registrar legalmente sua empresa, é necessário efetuar o pagamento de uma taxa chamada Documento de Arrecadação de Receitas Estaduais (DARE) na Junta Comercial.
  • Taxas municipais – Dependendo da natureza da sua atividade comercial, pode haver custos relacionados a taxas e permissões específicas, ligados à Vigilância Sanitária, o Corpo de Bombeiros, conselhos profissionais ou órgãos do segmento, que devem ser pagos à prefeitura.
  • Registro de marca – De acordo com o Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), responsável pelo registro de marcas e patentes, é possível registrar uma marca por aproximadamente R$355, considerando a especificação de produtos e serviços já aprovados pelo órgão. Esse valor inclui a consulta e o registro do nome, e é crucial para a proteção dos interesses de seu negócio.
  • Certificado digital – Para algumas empresas, o certificado digital é indispensável para atestar a autenticidade na emissão da Nota Fiscal eletrônica (NFe).
  • Capital social

Ao calcular os custos para abrir uma empresa, é preciso levar em conta o valor do Capital Social, ou seja, o montante destinado para iniciar as atividades e manter o negócio funcionando até que ele comece a gerar lucro suficiente para se sustentar. 

É importante destacar que a quantia mínima recomendada para definir o Capital Social e realizar o registro do Contrato Social e obter o CNPJ é de R$1.000, mas esse valor pode variar dependendo do tipo de empresa. Portanto, é fundamental determinar com precisão o valor do Capital Social necessário para a sua empresa.

Investimento inicial

O investimento inicial engloba todos os recursos necessários para que o seu negócio comece a operar, desde o aluguel ou aquisição do espaço até o mobiliário, as matérias-primas, as tecnologias, mão de obra e outros fatores ligados à infraestrutura. 

Esse é um dos aspectos que mais geram despesas, portanto é essencial planejar cuidadosamente não apenas os gastos iniciais, mas também os custos na empresa que são recorrentes, para manter o controle das finanças da empresa.

Quanto custa abrir uma empresa de acordo com a categoria?

Além dos custos gerais mencionados anteriormente, o porte e a natureza jurídica da sua empresa são outros fatores que afetam os gastos necessários para abri-la, já que cada tipo de negócio possui suas próprias particularidades. Descubra as especificidades para cada uma:

Quanto custa abrir uma empresa como MEI?

A categoria do Microempreendedor Individual (MEI) é a única que não requer gastos para ser aberta. No entanto, para se enquadrar nessa modalidade, é necessário atender ao limite de faturamento, que é de no máximo R$6.750 por mês ou R$81 mil por ano. 

Para manter a empresa em operação, o MEI só precisa pagar as despesas mensais por meio de uma taxa única, através do Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS), que corresponde a 5% do salário mínimo atual, que é de R$1.302,00.

Quanto custa abrir uma empresa como ME?

Empresas consideradas como microempresas (ME) são aquelas com faturamento anual de até R$360 mil. Para formalizar esse tipo de negócio, é necessário realizar o registro na Junta Comercial, que foi mencionada anteriormente.

Ao se enquadrar como microempresa, será necessário arcar com os custos desse órgão e com despesas médias para obter o CNPJ e o alvará de funcionamento. Os valores são os seguintes:

  • ME Individual (negócio optante pelo Simples Nacional e com no máximo um sócio ou sendo apenas o empreendedor o único titular): R$1.029,63.
  • ME LTDA (negócio optante pelo Simples Nacional com dois ou mais sócios): R$1.174,63.

Quanto custa abrir uma empresa como EPP?

Para abrir uma Empresa de Pequeno Porte (EPP), as mesmas diretrizes que se aplicam a uma ME devem ser seguidas, mas apenas negócios que faturam até R$4,8 milhões por ano se enquadram nessa categoria. 

Portanto, os custos para registrar um CNPJ nessa modalidade são os mesmos que para uma microempresa.

Para as categorias SLU (Sociedade Limitada Unipessoal) e EI (Empresa Individual), o processo de abertura das empresas e as opções de naturezas tributárias são as mesmas, apesar das diferenças em seus funcionamentos. 

Desse modo, para saber quanto custa abrir uma empresa como SLU ou EI, é preciso ir até a Junta Comercial de sua região, pois os valores passam por alterações e atualizações.

São muitas informações e aspectos burocráticos para serem considerados na hora de abrir uma empresa. Por isso, é importante contar com apoio e orientações de quem entende do assunto.

Felizmente, você pode contar sempre com o SEBRAE/PR para adquirir os melhores conteúdos, serviços e programas destinados a agregar valor, eficiência e qualidade às startups, micro, pequenas e médias empresas, assim como o MEI. 

Talvez você possa gostar: 

https://sebraepr.com.br/quero-abrir-minha-empresa/

https://sebraepr.com.br/canvas-como-estruturar-seu-modelo-de-negocios/

https://sebraepr.com.br/guia-pratico-comece-do-zero-com-pouco-dinheiro/

https://sebraepr.com.br/arquivo/decomposicao-dos-custos/

Este conteúdo foi útil para você?

Compartilhe esse artigo:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Talvez você possa gostar:

Buscar