Aguardente de Cana e Cachaça de Morretes

Bem elaboradas, de pureza, transparência, suavidade e sabor inigualáveis.
Tempo de leitura: < 1 minutos

Ebook da indicação

Veja catálogo digital

AGUARDENTE DE CANA E CACHAÇA DE MORRETES
ACIDEZ, PUREZA E AROMA DIFERENCIADOS

A Cachaça e Aguardente de Morretes é tradicionalmente marcada pela fermentação natural do caldo e destilação do mosto fermentado em alambiques de cobre. O resultado é um produto fino, bem elaborado, de pureza, transparência, suavidade e sabor inigualáveis. As cachaças morretianas frequentemente recebem prêmios em concursos internacionais de bebidas destiladas, comprovando a notoriedade internacional do produto.

Cachaça
A Cachaça, denominação típica e exclusiva da aguardente de cana produzida no Brasil, tem graduação alcoólica entre 38% vol a 48% vol a 20º C, sendo que a Cachaça produzida em Morretes é diferenciada pela qualidade única das espécies de cana-de-açúcar cultivadas no microclima quente e úmido da região, além da já dita tradição da fermentação natural do caldo e destilação do mosto fermentado em alambiques de cobre.

A cachaça se divide nos seguintes tipos:

Cachaça
Bebida tradicional, obtida pela destilação do mosto fermentado de cana-de-açúcar, com características sensoriais peculiares.

Cachaça Envelhecida
Contém, no mínimo, 50% de Cachaça ou Aguardente de Cana envelhecidas em recipiente de madeira apropriado, por um período não inferior a 1 ano.

 

Cachaça Premium
Contém 100% de Cachaça envelhecida em recipiente de madeira apropriado, por um período não inferior a 1 ano.

 

Cachaça Extra Premium
Contém 100% de Cachaça envelhecida em recipiente de madeira apropriado, por um período não inferior a 3 anos. 

 

Aguardente Composta
A Aguardente Composta de Morretes tem graduação alcoólica entre 38% vol a 54% vol a 20º C e é adicionada com insumos de origem vegetal, que lhe conferem sabor e aroma característico.

Há 3 Séculos na produção da cachaça de alambique e aguardante composta, o município de Morretes está situado no litoral paranaense, a 70,4 km de Curitiba, estendendo-se da encosta da Serra do Mar para o leste, a cerca de 35 km do mar.

Na região de Morretes pode-se produzir cachaça o ano inteiro, devido ao clima local, que é tropical super úmido, de média anual de 25° C, o que afeta diretamente a produção da cana-de-açúcar e, consequentemente, o processo de produção e o produto. A produção da bebida já ocorria no século XVIII e resistiu, adaptando-se às transformações da modernidade sem perder seu significado cultural.

Com terras férteis e microclima favorável, Morretes é o maior produtor de uma variedade de cana-de-açúcar que originam uma Cachaça diferenciada associada à sua história de produção.

A Cachaça e a Aguardente Composta de Morretes tem sua produção regulamentada seguindo padrões de qualidade da matéria-prima e processos como moagem, tratamento do caldo, preparação do mosto, fermentação, destilação, estocagem e envelhecimento, além da definição dos materiais e equipamentos, tais como alambiques totalmente em cobre ou mistos em aço inox com coluna de cobre.

Hoje, a produção segue a tradição secular da fermentação natural com tecnologia atualizada, resultando em um produto refinado, de pureza, transparência, limpidez, suavidade e sabor inigualáveis.

 

Compartilhe essa indicação:

Leia também sobre:

Pesquise em nosso site