Ecossistemas Locais de Inovação (ELIs)

Semeando Inovação, Colhendo Desenvolvimento: Juntos nos Ecossistemas Locais de Inovação.

O QUE SÃO ELIS?

Os Ecossistemas Locais de Inovação (ELIs) referem-se a ambientes regionais ou locais nos quais há uma concentração de atividades relacionadas à inovação, pesquisa e desenvolvimento. Esses ecossistemas são caracterizados pela interação entre diversos atores, como empresas, universidades, centros de pesquisa, órgãos governamentais, startups e outros elementos da comunidade local.

A proximidade geográfica e a interação entre diferentes setores dentro do mesmo local facilitam o compartilhamento de recursos, expertise e oportunidades de negócios.

Esses ecossistemas podem incluir elementos como parques tecnológicos, incubadoras de empresas, clusters industriais, eventos de networking e outras iniciativas que estimulam a inovação e o empreendedorismo em uma determinada região. O objetivo é impulsionar o desenvolvimento econômico.

Os ELIs visam criar um ambiente propício para o surgimento e a expansão de ideias inovadoras, promovendo a colaboração e a troca de conhecimento entre os participantes.

Vertentes do Ecossistema de Inovação

  • Ambientes de Inovação;
  • Programas e Ações;
  • ICTI – Instituições de Ciência Tecnologia e Inovação;
  •  Políticas Públicas;
  • Capital;
  • Governança.

Ambientes de Inovação

São espaços que estimulam o compartilhamento de conhecimento, promovem experiências criativas e desenvolvem o empreendedorismo a partir do trabalho colaborativo de servidores, estudantes, empresas, startups e agentes da sociedade.

  • Pré-incubadora
  • Incubadora
  • Aceleradora
  • Parque Tecnológico
  • Espaço Maker
  • Centro Inovação
  • Coworking
 

Cada uma das vertentes é desdobrada em INTEGRANTES DAS VERTENTES, que compõe os elementos presentes em cada vertente. Por exemplo, a vertente Ambientes de Inovação é composta por sete integrantes: pré-incubadora, incubadora, aceleradora, parque tecnológico, espaço maker, centro de inovação e espaço de coworking.

Ambiente de Inovação – Integram a vertente Ambientes de Inovação os seguintes mecanismos:

Pré-incubadora: É um ambiente que oferece suporte a empreendedores para transformar suas ideias de negócios em empresas formalizadas juridicamente por meio de ferramentas, serviços de consultoria técnica e mercadológica, mentorias, assessorias, cursos e apoio institucional, além de networking e aproximação com entidades financeiras e de investimento.

Incubadora de empresas: As incubadoras de empresas são instituições que auxiliam o desenvolvimento de micro e pequenas empresas nascentes ou que estejam em operação, que tenham como principal característica a oferta de produtos e serviços no mercado com significativo grau de inovação. Elas oferecem suporte técnico, gerencial e formação complementar ao empreendedor e facilitam o processo de inovação e acesso a novas tecnologias nos pequenos negócios.

Aceleradora: Se caracteriza pelo investimento financeiro na empresa para o rápido crescimento de startups, ajudando-as a obter novas rodadas de investimento ou a atingir seu ponto de equilíbrio (break even). A aceleradora deve oferecer residência, investimento e mentoria.

Parque Tecnológico: São empreendimento para a promoção de ciência, tecnologia e inovação. Nesses empreendimentos se concentram todos os elementos de um ecossistema de inovação, os quais criam um ambiente favorável à inovação tecnológica. Um parque tecnológico estimula a interação entre as empresas e oferece a oportunidade para elas transformarem pesquisa em produto, aproximando as ICTIs do setor produtivo. Os parques oferecem serviços especializados para apoiar a competitividade e inovação das empresas residentes neste ambiente.

Espaços Makers: São locais que apoiam e favorecem os conceitos da fabricação digital e do “faça você mesmo”, possibilitando que empreendedores façam seus próprios produtos ou protótipos.

Centro de Inovação: Ambiente que abriga e integra diversos elementos de um Ecossistema de Inovação para acelerar a evolução do ecossistema de inovação da região.

Coworking: É um escritório compartilhado que oferece infraestrutura empresarial completa, onde profissionais de diferentes áreas podem executar seus trabalhos, interagindo com outras pessoas e ampliando sua rede de contato, em uma atmosfera agradável, dinâmica e que inspira criatividade e produtividade.

Programas e Ações

São integrantes da vertente Programas e Ações:

Programas e Ações: São iniciativas complementares àqueles realizados pelos ambientes de inovação de forma rotineira, para atender diferentes necessidades, reduzir gargalos e dinamizar as etapas de desenvolvimento empresarial visando o fortalecimento do ecossistema de inovação.

Protagonismo Empresarial: É o comprometimento das empresas e empresários locais no desenvolvimento de ações de fortalecimento do ecossistema de inovação

Instituições de Ciência Tecnologia e Inovação (ICTI)

Integram a vertente ICTI:

Formação de Talentos: Instituição de Ciência, Tecnologia e Inovação voltada à formação de recursos humanos, como por exemplo, as universidades, faculdades, institutos federais, centros universitários comunitários etc.

Inovação: Instituição voltada à pesquisa científica, tecnológica e/ou para o desenvolvimento de novos produtos, serviços ou processos inovadores. Por exemplo: universidades, institutos de tecnologia, empresas públicas de pesquisa, fundações de pesquisa etc.

Políticas Públicas

Integram a vertente Política Pública:

Órgão Público de Inovação: Secretaria, departamento dentro de uma secretaria, instituição municipal, fundação, conselho, superintendência, agência – voltado ao planejamento e aplicação de políticas públicas de ciência, tecnologia, inovação e promoção de negócios inovadores.

Legislação de Inovação e Benefícios: Objetiva o fortalecimento do sistema local de inovação, prevendo: mecanismos que facilitem a integração entre ICTIs e empresas; a definição de políticas públicas; o incentivo a criação de empreendimentos inovadores; a concessão de incentivos fiscais e econômicos; políticas de atração de empresas inovadoras; e tributação diferenciada para a criação e instalação de empresas no município.

Capital

São integrantes da vertente Capital:

Investidores Anjo: É a (pessoas físicas ou um grupo de investidores) que realiza investimentos com seu capital próprio em startups. Os investidores anjos costumam ser profissionais (empresários, executivos e profissionais liberais) experientes, que agregam valor para o empreendedor com seus conhecimentos, experiência e rede de relacionamentos, além dos recursos financeiros.

Venture Capital: É um tipo de investimento na forma de aquisição de participação minoritária em empresas de alto potencial de crescimento, por investidores individuais ou institucionais, com objetivo de ter as ações valorizadas para posterior saída (exits) da operação.

Instituições de Fomento: São instituições que disponibilizam linhas especiais de fomento para inovação, podendo ser reembolsável ou não. (Finep, BNDES, Bancos de Desenvolvimento Estaduais, Fundações de Amparo à Pesquisa, CNPq e outros).

Governança

A Governança é a forma como os diferentes atores e instituições do tríplice hélice interagem para promover o fortalecimento do ecossistema de inovação

Ecossistemas Locais de Inovação (ELIs)

Acesse também:

Compartilhe

Etapa de Caracterização do Ecossistema de Inovação: Nesta etapa são analisadas todas as vertentes e suas integrantes existentes no município, assim como é identificado os setores prioritários para o ecossistema de inovação.

Etapa Nível de Maturidade do Ecossistema de Inovação: Nesta etapa é identificado o nível de maturidade do ecossistema e de seus setores prioritários.

Etapa Identificação dos Pontos de Melhoria: Nesta etapa é analisado o Radar do nível de maturidade de cada vertente do ecossistema, de maneira a se identificar os pontos de intervenção no ecossistema.

Etapa Plano de Intervenção: São estabelecidas nesta etapa as estratégias de intervenção no ecossistema e desenvolvido o Plano de Intervenção.

Etapa Organização da Intervenção: São desenvolvidas nesta etapa ações para viabilização do Plano de Intervenção, tais como busca de parceiros, recursos físicos, materiais e financeiros, para implementação das estratégias prioritárias.

Etapa Atuação Conjunta dos Atores: Refere-se a atuação conjunta dos atores para viabilizar as estratégias de intervenção priorizadas.

Etapa Monitoramento do Ecossistema: Refere-se aos indicadores de monitoramento do ecossistema para avaliar alterações no nível de maturidade do ecossistema do município.

Os Ecossistemas Locais de Inovação (ELIs) representam uma estratégia fundamental para promover o desenvolvimento econômico através da criação de ambientes propícios à inovação, pesquisa e desenvolvimento em nível regional ou local. Esses ecossistemas são caracterizados pela interação dinâmica entre diversos atores, incluindo empresas, universidades, centros de pesquisa, órgãos governamentais e startups, que colaboram para compartilhar recursos, expertise e oportunidades de negócios.

As várias vertentes do Ecossistema de Inovação, como Ambientes de Inovação, Programas e Ações, Instituições de Ciência Tecnologia e Inovação (ICTI), Políticas Públicas, Capital e Governança, são elementos cruciais para fortalecer a capacidade inovadora de uma região. Ambientes como pré-incubadoras, incubadoras, aceleradoras, parques tecnológicos, espaços makers, centros de inovação e coworking proporcionam o contexto ideal para o surgimento e expansão de ideias inovadoras.

Através da caracterização, avaliação de maturidade, identificação de pontos de melhoria e implementação de planos de intervenção, os ELIs visam criar ecossistemas de inovação robustos e adaptáveis, capazes de impulsionar o desenvolvimento sustentável em suas regiões. O monitoramento contínuo desses ecossistemas é crucial para avaliar o progresso, ajustar estratégias e garantir a contínua evolução do ambiente inovador local. Em última análise, os ELIs representam uma abordagem holística para transformar potencialidades locais em resultados tangíveis, contribuindo para o crescimento econômico e a prosperidade das comunidades envolvidas.

Mais informações, ligue 0800 570 0800, ou envie-nos um email em celi@pr.sebrae.com.br

Este conteúdo foi útil para você?

Pesquise em nosso site