Logo Comunidade Sebrae
Home
bedtime
Imagen da logo do Sebrae
icone menu de opções
Iníciokeyboard_arrow_rightMarketing Digitalkeyboard_arrow_rightArtigos

20 dicas de marketing para engajar e vender mais

avatar BIANCA BECKER DE LIMA
Bianca Becker De Limafavorite_outline Seguir perfil
fixo
thumb_up_alt2
20 dicas de marketing para engajar e vender mais
2 pessoas curtiram esse artigo
Criado em 11 OUT. 2022
text_decreaseformat_color_texttext_increase

Você conhece a parábola do lenhador?

De acordo com ela, um jovem gastava muito esforço para golpear árvores com o seu machado moderno, enquanto um lenhador de idade mais avançada passava mais tempo amolando seu velho machado.


Ao final do expediente, o jovem ficou inconformado com a quantidade de lenha que o mais velho conseguiu cortar e ao questioná-lo, obteve como resposta que o segredo estava em afiar o machado ao invés de golpear a árvore com força, além de observar o sentido do vento e escolher os melhores troncos para cortar.


Em resumo, para ter resultado é necessário ter estratégia!


E isso vale para cortar lenha, bem como engajar e vender na internet. Por isso, nós, da Comunidade Sebrae, separamos 20 dicas de diferentes nichos do marketing que vão te ajudar a alcançar engajamento e, como consequência, alavancar as suas vendas. Continue lendo para conferir!


1. Conheça seu público e estabeleça a sua persona

Você já deve ter lido em algum lugar ou ouvido alguém comentando sobre público-alvo e persona. Mas, afinal de contas, para que serve isso na prática?



Bem, entender o seu público e definir a sua persona servirão para compreender o que esse grupo de clientes ideais tem como necessidades e desejos. Assim, quanto mais você saber deles, melhor!


Por isso, conheça as características, o perfil pessoal e profissional e os gostos. Dessa maneira, será possível escolher os consumidores que realmente fazem sentido para o seu negócio e, dessa maneira, esquadrinhar a maneira pela qual você venderá seus produtos ou serviços a fim de levá-los até eles de forma certeira e eficiente.


Saiba como identificar uma persona, acessando o link e conferindo o conteúdo!


2. Tenha um site e um blog

Ter um site é essencial para agrupar aquilo que você vende de forma ordenada e evidenciar o profissionalismo da sua empresa ou do seu empreendimento. Apesar de não ser fundamental criar um blog logo de início, uma vez que é muito mais válido investir em um domínio organizado, objetivo e otimizado, mesmo que simples.


No entanto, ter um blog, diferentemente do que você possa pensar, é uma das ferramentas mais úteis na criação de conteúdos de valor para o seu público-alvo, além de ser essencial para a construção de uma autoridade na internet!


Isso porque conforme você fala sobre o nicho dos produtos ou serviços que vende de forma relevante, com isso, as pessoas conseguem sanar suas principais dúvidas e o seu blog passa a conferir força para o seu negócio, ampliando de forma consequente as suas vendas. 


Nesse sentido, o ideal é ter um site que hospede o blog, mantendo o acesso unificado de ambos.

+ Blogs e o reforço do valor da marca.


3. Foque na experiência do cliente

Outra ideia de marketing para vendas é focar no chamado Marketing de Relacionamento, cujo objetivo é fidelizar clientes por meio de experiências satisfatórias.


E existe um efeito dominó atrelado à essa estratégia, uma vez que a chance de clientes satisfeitos recomendarem o seu produto ou serviço cresce ainda mais e convenhamos que a venda feita pelos próprios clientes é uma das mais qualificadas que existe.


Assim, cheque se o seu site está devidamente otimizado e organizado, se os dados e links estão corretos e carregam de forma rápida, se o processo de compra é fácil, se o funcionamento em diferentes telas ocorre adequadamente e se as suas redes contam com informações fáceis de serem encontradas. 


É fácil: coloque-se no lugar do cliente e avalie se você ficaria feliz em comprar na sua empresa.


4. Conheça o funil de vendas

De tanto ser explorado, hoje em dia, todo mundo que trabalha com marketing provavelmente está cansado de ouvir sobre o tal "funil de vendas". Mas saiba que conhecê-lo também é de suma importância para o seu negócio!



O funil de vendas serve para situar aquele que está vendendo, sobre a jornada daquele que deseja comprar. Ou seja, por meio dele é possível visualizar as etapas pelas quais os consumidores passam até chegar na aquisição do seu produto.


Assim, torna-se mais previsível saber como divulgar e abordar os clientes, qual a linguagem e os termos utilizar e como fechar negócios de forma mais eficiente.


5. Invista em SEO

SEO significa Search Engine Optimization e representa a otimização feita nos motores de busca para que a sua empresa apareça na primeira página de resultados do Google (e aqui entra a importância de se ter um site com blog). O SEO significa obter tráfego orgânico para o seu site.


Em linhas gerais, utilizando as palavras certas de acordo com as pesquisas feitas pelas pessoas, é possível produzir conteúdos úteis que vão chamar a atenção dos algoritmos e serem entregues no momento exato que os usuários precisarem.


6. Utilize o tráfego pago

E como estamos falando de estratégias, não podemos deixar de mencionar o tráfego pago que consiste em investir determinadas quantias para que seus anúncios atinjam maior alcance, isto é, um maior número de pessoas.


E ao passo que o seu produto for chegando em mais pessoas, as chances de conversão de clientes aumenta e, de forma consequente, também crescem as vendas, gerando lucro para o seu negócio.


7. Explore as redes sociais

Redes sociais: eis um campo profícuo para impulsionar as vendas da sua empresa. Para isso, no entanto, é necessário ir muito além do que simplesmente criar contas em diversas redes e ficar postando fotos ou compartilhar vídeos desorganizadamente.


Além de estar presente nos diferentes tipos de canais sociais existentes e acompanhar a evolução de cada um deles, é muito relevante saber o que produzir e como fazer isso de maneira qualificada, para poder estabelecer um relacionamento com as pessoas e, assim, encontrar os clientes ideais.


Por isso, mantenha as suas plataformas sempre ativas, com conteúdos atuais e relevantes e invista nos seus sistemas de tráfego pago, como é o caso do Instagram Ads e Google Ads.


Descubra os 5 erros que você não deve cometer na gestão de redes sociais.


8. Produza conteúdo para o YouTube

A plataforma do YouTube é muito negligenciada por empresas e empreendimentos. Isso ocorre porque na maioria das vezes o foco é voltado apenas para as redes sociais mais convencionais.


No entanto, o YouTube é muito acessado, mesmo que para outros fins, e pode ser manejado como um excelente meio para entregar conteúdos orgânicos no formato de vídeo, bem como de forma paga por meio dos anúncios. Logo, produza excelentes vídeos e divulgue-os na plataforma.


Um fator importante a ser mencionado é que os conteúdos mais relevantes dessa plataforma são direcionados para o Google quando as pessoas estão fazendo pesquisas, ou seja, existe uma maior possibilidade de alcance quando bem explorado.


9. Teste o e-mail marketing

O e-mail marketing é a comunicação existente entre empresa e público feita por meio do e-mail. E da imensa quantidade de plataformas digitais que existem atualmente, o e-mail prevalece sendo a mais fundamental e prática de todas.


Daí a possibilidade de utilizá-lo como estratégia de relacionamento, bem como fonte de divulgação de produtos e serviços. Por isso, é importante testá-lo e avaliar o índice de conversão para o seu tipo de negócio.


10. Facilite a comunicação pelo WhatsApp

O WhatsApp é um canal digital de suma importância para o marketing e para as vendas das empresas, isso porque além de ser uma ferramenta amplamente utilizada pelos clientes devido a sua praticidade, por lá também é possível estabelecer uma via de comunicação mais personalizada e produtiva com os consumidores por meio de um atendimento mais dinâmico e íntimo.


E muito além disso: o WhatsApp também é um excelente meio de concluir vendas, manter atualizações sobre os momentos das compras, enviar promoções, novidades, convites e outras coisas, facilitar o recebimento de valores e fazer bom uso de outros recursos.


Chegamos na metade de nossas dicas. Agora quer aprender a divulgar e a se comunicar com o seu cliente para melhorar o resultado da sua empresa? 

 

Inscreva-se no GUIA DE MARKETING para PEQUENOS NEGÓCIOS e adquira conhecimento e informação.


11. Estabeleça parcerias agregadoras

Sabe aquela história que junto de alguém você vai mais longe?! Pois então, pessoas e outras empresas também são fontes de benefícios para o processo de engajamento e vendas! Por isso, estar cercado e conectado com marcas ou pessoas relevantes é fundamental.


Assim, estabeleça parcerias que agregam ao seu negócio, sejam elas do mesmo ramo ou de setor diferente, mas que tenham afinidade com o seu nicho.


Outras importantes estratégias são:

  • Promoções cruzadas com outras empresas, beneficiando os respectivos públicos;
  • Parcerias com influenciadores digitais e pessoas com grande público que comuniquem mensagens semelhantes ao da sua empresa;
  • Networking, ter uma rede de contatos viabiliza inúmeros processos e gera autoridade;
  • Comarketing, ou seja, a união de empresas que possuem o mesmo público-alvo para gerar mais impacto;
  • E outros.

Saiba como fazer parcerias de sucesso e deixar o seu negócio mais forte, acessando o link e conferindo o conteúdo!


12. Conecte-se a um Marketplace

O Marketplace é um portal digital de e-commerce cujo propósito principal é reunir vários produtos e serviços de diferentes empresas em um só lugar.


Daí a relevância de estar conectado a um Marketplace, uma vez que o cliente poderá encontrá-lo facilmente e sentir segurança no seu negócio, ajudando no processo de fomento das vendas e de reconhecimento da marca no espaço digital.


13. Estude seus concorrentes

Os seus concorrentes também entram na lista de táticas a serem adotadas e você pode estar se perguntando o que isso tem a ver com marketing; nós te respondemos que tem tudo a ver!


Veja bem, observar a performance do seu concorrente te ajudará a entender uma série de fatores que podem te ajudar a investir nas oportunidades certas e evitar arriscar nas erradas. Por meio de um processo comparativo, também é possível alinhar estratégias, encontrar espaços inexplorados por eles, atualizar o seu negócio no mercado e ampliar a sua perspectiva.


14. Cuide da imagem da sua empresa

A imagem da sua empresa importa e muito! Assim, cuide dela por meio de Branding, isto é, a gestão da sua marca.


E diferentemente do que tem sido propagado hoje em dia, essa gestão vai muito além do marketing e de criar uma logo bem pensada para o seu negócio. Na realidade, o referido gerenciamento deve abranger todos os setores da empresa a fim de passar a mensagem desejada e ideal para o cliente.


Dessa forma, trabalhe bem o propósito do seu negócio e cuide da sua reputação, fortaleça a aparência e a qualidade da sua marca, faça uma ponte entre a história da sua empresa e seus clientes, defina a sua cultura organizacional e, de alguma forma, marque a vida das pessoas por meio do seu produto ou serviço.


15. Marque presença fora do digital

Lembra da dica sobre estar presente em todos os lugares?! Pois então, ela também vale para a ambiência que existe fora do universo digital.


Contando com plataformas como site e blog, estando nas redes sociais de forma ativa e útil e utilizando os canais de comunicação virtual, é hora de também reforçar o olho no olho mediante o comparecimento em eventos locais, regionais ou nacionais. Além disso, também é importante a aparição em meios físicos como rádios, jornais e revistas.


E fazendo bom uso das estratégias de marketing digital nos espaços físicos, além de alcançar mais pessoas diferentes do seu público, é possível inovar esses ambientes que são mais tradicionais e, assim, ganhar destaque.


16. Crie programas de fidelização

Mais do que buscar novos clientes, é preciso sempre manter aqueles já consagrados. Isso se dá por dois importantes motivos que devem ser mencionados: o primeiro é que, talvez você não saiba, mas captar consumidores gera gastos maiores para o seu negócio (o chamado Custo de Aquisição de Clientes - CAC).

a segunda razão diz respeito à segurança que um cliente fidelizado passa para o seu negócio. Por isso, invista em programas ou iniciativas simples de fidelização de clientes, o que impactará diretamente no processo de recompra.


Para tanto, conhecendo o seu público, observe o que ele mais gosta e o que é mais útil como recompensa. Depois, veja o custo benefício da estratégia a ser adotada e divulgue-a de maneira clara, em todas as plataformas da sua empresa.


Algumas ideias de programa de fidelização são:

  • Voucher ou cupom de desconto;
  • Assinatura mensal ou anual;
  • Troca de pontos acumulados;
  • Brindes ou prêmios;
  • Grupo Vip.


17. Realize pesquisas de satisfação

A chamada Cultura do Feedback é um dos métodos mais eficazes para sanar problemas e aumentar a produtividade e inovação de todo e qualquer negócio.


Por meio da pesquisa de satisfação, é possível entender a expectativa que o cliente tem em relação a sua empresa e, dessa maneira, tomar conhecimento acerca dos pontos que devem ser reforçados ou afastados da sua atividade.


18. Fale sobre aquilo que diferencia o seu negócio

É, de fato, vender o seu peixe! Até porque nada engaja e vende mais do que o próprio ato de comercializar o seu produto ou serviço. Em outros termos, em conjunto com todos os atos descritos acima, sempre evidencie aquilo que só aquilo que você oferece, mesmo que exista outras pessoas vendendo produtos ou serviços parecidos.


A mensagem, neste ponto, é: produza conteúdo de valor, esteja presente nos diversos meios de interação social e virtual, cuide da imagem da sua empresa, estabeleça planos e execute-os com maestria, avalie seus concorrentes e demonstre preocupação com os seus clientes, porém, não se esqueça de vender!


Para fazer isso, no entanto, é importante ter em mente a melhor maneira de executar para não sair por aí vendendo errado. Por isso, confira a nossa próxima dica para saber como fazer certo.


19. Não seja insistente e chato

Faça tudo o que tiver ao seu alcance para engajar e alavancar os seus negócios, em especial, venda, mas não faça isso de modo impertinente e maçante para não correr o risco de cansar a sua audiência e perder clientes.

Assim, sempre comunique-se de forma leve, criativa e autêntica. 


Assuma a fala da sua marca de forma dinâmica, sem robotizar esse processo e nem massificar a produção de conteúdo ou as vias de comunicação. Por isso, passe verdade e dê respiros ao seu público!

Entenda mais sobre a comunicação assertiva em vendas!


20. Analise seus resultados

E, por fim, a dica que servirá de base para todas as demais: avalie as suas ações!


A cada estratégia que for traçada e depois colocada em prática, convém medir quais foram os resultados alcançados. Desse modo, observe com atenção a métrica de vendas, de faturamento e de evolução.


Isso te ajudará a entender o que é válido e o que não para o seu próprio negócio. Além disso, trará firmeza para continuar explorando táticas e coragem para arriscar outras novas.


E, então, com esse conteúdo, você pode ter acesso a 20 diferentes ideias de marketing para obter maior empenho nos negócios e impulsionar as suas vendas e, muito embora elas sejam diversificadas umas das outras, foi possível notar o quanto cada uma delas está ligada a outra, formando um grande sistema eficiente e excelente para gerar ótimos resultados.


Agora é hora de colocá-las em prática e escalar degraus cada vez mais altos na sua empresa! Aprenda a divulgar e a se comunicar com o seu cliente para melhorar o resultado da sua empresa!



Inscreva-se no GUIA DE MARKETING para PEQUENOS NEGÓCIOS e adquira ainda mais conhecimento e informação.



Continue acompanhando os nossos conteúdos e até a próxima!

avatar BIANCA BECKER DE LIMA
Bianca Becker De Lima
Sou Estrategista Digital, Produtora de conteúdo e Coordenadora da Comunidade Sebrae. Formada em Administração de Empresas, pós graduada em Marketing pela PUC/PR, tenho especializações em Marketing Digital. Apaixonada pelo vídeomarketing, também ensino pessoas a gravarem vídeos e atuarem no Instagram. Trabalho no Sebrae/PR há 10 anos :)favorite_outline Seguir Perfil
capa Marketing Digital
Marketing Digital
people 2858 participantes
A comunidade tem como objetivo trazer o melhor das práticas de marketing digital e entregar conteúdos que ajudem a todos que participam da Comunidade Sebrae a melhorar o seu negócio e inspirar novas ideias na área de Marketing Digital!
fixo
Em alta
Quanto investir em tráfego pago
01 nov. 2022Quanto investir em tráfego pago
A Comunidade Sebrae mudou! Leia e entenda.
19 out. 2023A Comunidade Sebrae mudou! Leia e entenda.
Para ver o conteúdo completo, bastase cadastrar, é gratis 😉
Já possui uma conta?