Logo Comunidade Sebrae
Home
bedtime
Imagen da logo do Sebrae
icone menu de opções
Iníciokeyboard_arrow_rightNovos Negócioskeyboard_arrow_rightArtigos

Por que o autoconhecimento é a base para um bom negócio | com Rafaela Silva

avatar PATRICIA FERNANDES VALENTE SANTINI
Patricia Fernandes Valente Santinifavorite_outline Seguir perfil
fixo
thumb_up_alt
Por que o autoconhecimento é a base para um bom negócio | com Rafaela Silva
Criado em 14 SET. 2022
text_decreaseformat_color_texttext_increase

A importância de reconhecer nossas próprias emoções e sentimentos quando eles estão acontecendo é crucial. Isso pode fazer a diferença e transformar qualquer situação.


Nossos sentimentos existem eles nos afetam e nosso desempenho. Assim, ser capaz de detectar e compreender o que são e o que significam, abre um novo caminho que leva direto para:


um senso preciso de autoconfiança

um caminho de autenticidade

produtividade real


Ser realista e aceitar que nossos sentimentos afetam diretamente nosso desempenho profissional (e pessoal) é a chave mágica que abrirá as portas da melhoria e mudança (quando necessário), clareza e senso de propósito, bem como uma reafirmação de seu verdadeiro eu.


Conhecer a si mesmo, seus limites e seu potencial, bem como o impacto que suas emoções têm em tudo que você faz, o prepara para o futuro.


Habilidade no topo da lista


De todas as habilidades que um empreendedor precisa para liderar com sucesso um negócio, o autoconhecimento está no topo da lista.


Empreendedores que têm uma compreensão de suas próprias emoções, personalidade, pontos fortes e fracos podem se envolver melhor com funcionários e clientes   ampliando suas opções para tomar decisões mais assertivas.


Desenvolver a autoconsciência como líder fortalecerá não apenas o desempenho individual, mas também o desempenho organizacional. Além disso, a imensa quantidade de compreensão, confiabilidade e sabedoria que os empreendedores autoconscientes possuem os equipa com habilidades críticas para o sucesso.


Praticando o autoconhecimento (investigação)

O processo de Investigação nos permite conhecer a nós mesmos. Interagimos com nosso pensamento, nossos gatilhos emocionais e nossos comportamentos.

A investigação abre nossas mentes para diferentes possibilidades de ação e diferentes verdades. Achamos nossa sabedoria específica para a situação em questão. Tornamo-nos mais abertos, inclusivos e menos críticos. Nossa mente desenvolve características ágeis. Nós nos desenvolvemos. Ao ter um pensamento, pergunte-se:

1. É verdade?

2. Posso absolutamente saber que isso é verdade?

3. Como reajo, o que acontece, quando acredito nesse pensamento?

4. Quem eu seria sem esse pensamento?

Conhecer a nós mesmos aumenta nossa capacidade de viver vidas coerentes e gratificantes. Além disso, nos permite entender nossas motivações (e medos básicos) e aumenta nosso controle de nossas emoções.


Forças e fraquezas

Muitas pessoas consideram as avaliações internas e externas como um exercício de autoconsciência, mas  isso também beneficiará o seu negócio. Compreender o que você é bom e reconhecer as deficiências é importante.

Tentar falar de assuntos sobre os quais você tem pouco ou nenhum domínio serve apenas para destacar suas fraquezas. O melhor caminho é abordar temas que trabalhem sua confiança (com base em seus valores, crenças e experiências já adotados)


Mesmo os empreendedores que entendem a importância da autoconsciência muitas vezes não entendem como melhorá-la. A resposta é bem simples: busque feedback por meio do engajamento

Um dos aspectos positivos de ser seu próprio chefe é não ter que justificar suas decisões, mas isso também pode ser uma armadilha comum para o fracasso. Cerque-se de pessoas inteligentes e sinceras. Ouça o feedback delas e dê a elas espaço para validar ou fornecer críticas e avaliações construtivas.

Você pode aumentar muito o sucesso de sua empresa se tiver a capacidade de assumir a responsabilidade por suas deficiências e estiver aberto a estratégias alternativas. E sempre começa com a autoconsciência!


Dica bônus!

Quanto mais eficaz você for ao examinar a maneira como pensa sobre si mesmo e sobre o mundo ao seu redor, melhor poderá navegar em seu setor.  Para isso, você pode acessar a ferramenta perfil empreendedor do Sebrae e fazer o teste para saber em qual dos quatro tipos de perfis você se encaixa. 


Mas lembre-se de que não existe um comportamento (ou perfil) certo ou errado, no entanto, com o teste em mãos, você pode direcionar seus esforços para obter melhores resultados!


Gostou do nosso vídeo? Conte para a gente nos comentários! :)


Se você gostou desse conteúdo, confira também este aqui:  https://sebraepr.com.br/comunidade/artigo/empreender-vai-muito-alem-do-comportamento


Se gostou deste tipo de conteúdo e gostaria de acessar mais dicas e experiências compartilhadas que podem te ajudar a trilhar sua jornada empreendedora, participe da Comunidade de Novos Negócios.

 


avatar PATRICIA FERNANDES VALENTE SANTINI
Patricia Fernandes Valente Santini
Tentar, aprender e tentar novamente.... Esse é o lema que rege minha vida! Gestora de Projetos Especialista em Gestão de Micro e Pequenas Empresasfavorite_outline Seguir Perfil
capa Novos Negócios
Novos Negócios
people 5333 participantes
Um espaço aberto para trocas de experiências sobre novos negócios. Se você já tem uma ideia de negócio, ou ainda não sabe por onde começar, este é o lugar certo! Aqui, você encontra conteúdos para te ajudar a ter sucesso nesta jornada empreendedora ¿¿
fixo
Em alta
Sebrae Em Dados - Mercado de Produtos Naturais no Brasil
16 ago. 2022Sebrae Em Dados - Mercado de Produtos Naturais no Brasil
Sebrae em Dados - Salões de Beleza
15 out. 2022Sebrae em Dados - Salões de Beleza
Para ver o conteúdo completo, bastase cadastrar, é gratis 😉
Já possui uma conta?