Logo Comunidade Sebrae
Home
bedtime
Imagen da logo do Sebrae
icone menu de opções
Iníciokeyboard_arrow_rightDia a dia do Empresáriokeyboard_arrow_rightArtigos

Websérie: Temporada 01 - EP 03 - Empresa Familiar

avatar ANA CAROLINE DOS SANTOS BINI
Ana Caroline Dos Santos Binifavorite_outline Seguir perfil
fixo
thumb_up_alt1
Websérie: Temporada 01 - EP 03 - Empresa Familiar
1 pessoa curtiu esse artigo
Criado em 14 JAN. 2022
text_decreaseformat_color_texttext_increase

No episódio de hoje apresentamos o case das empresas:

Bala de Antonina (Antonina-PR), Príncipe do Cal (Londrina-PR) e Grupo Solaris (Guarapuava-PR).


Conheça mais sobre o processo de decisão em empresas familiares!


Momentos de crises podem ocorrer a qualquer momento e pegar de surpresa os líderes de uma empresa familiar. Situações difíceis demandam decisões firmes para manter a estabilidade no trabalho.

Essas escolhas podem ser aplicadas não apenas diante problemas, mas também a respeito de projetos maiores para o futuro da empresa. Apesar disso, as decisões mais urgentes e drásticas são as que surgem a partir de momentos de crise.

Primeiramente, deve-se reconhecer quem são os responsáveis para resolver a crise e, só então, buscar as respostas e as ações necessárias para normalizar o funcionamento do negócio.


Etapas do processo decisório

Quando um problema surge para a empresa toda ou em um setor específico, a gerência deve seguir alguns passos para os melhores resultados. 


Identificar: No primeiro momento, deve-se perceber o problema, sua origem e as consequências efetivadas ou previstas.

Estudar: A partir da identificação da adversidade, é necessária a pesquisa das melhores alternativas.

Definir: Entendendo qual é a resposta certa, o gestor deve estabelecer o projeto a ser seguido.

Implementar: O plano é encaminhado aos setores responsáveis para sua execução, consolidando-se a resolução do contratempo.

Acompanhar resultados: Com o desenvolvimento do plano, a empresa deve verificar frequentemente como o setor responsável desempenha a continuidade das ações.


Delegar tarefas

Dividir as funções também é importante para tomar as decisões corretas. Dessa forma, não sobrecarrega ninguém e as atividades são efetuadas sem demora.

Com o crescimento da empresa, cresce também a quantidade de tarefas e responsabilidades de seu gestor.

Atividades cotidianas mais comuns podem ser delegadas para os demais familiares.

Para economizar tempo em diversos processos, uma empresa deve atribuir o comando para pessoas específicas, seja na direção geral ou dentro de cada setor. 

Com a divisão de diligências, sobra tempo para o líder focar em funções complexas e delicadas.


Capacitação técnica

Para auxiliar a análise e execução de decisões em setores específicos a empresa familiar deve aprimorar as capacitações técnicas de sua equipe. Através de incentivos aos funcionários, como bolsa de estudos, ou buscar profissional adequado, seja em um serviço terceirizado ou em uma empresa de consultoria.

Quanto mais conhecimento especializado, menores as chances de eventuais problemas para o negócio.


Conselho administrativo

Conselho administrativo, acordo societário e demais iniciativas podem definir as funções de cada membro da família na empresa. Para grandes decisões sobre investimentos, mudanças e novos caminhos, a diretoria pode necessitar de um grupo de pessoas.

Um conselho administrativo se encarrega de definir a melhor opção para a empresa.


Preparar terreno

Já pensando no plano de sucessão da empresa, determinadas decisões podem ser distribuídas aos futuros dirigentes da empresa. Assim, os sucessores aprendem sobre tarefas importantes e ganham qualificação para quando for a hora de assumir o controle do negócio.


Decisões certas, sucesso garantido

O empreendimento deve também antecipar qualquer novo problema por meio de planejamento técnico e estudos de mercado para, enfim, prevenir-se de surpresas ruins.

Quando se estabelece uma hierarquia sólida nos processos de decisão, o desempenho sempre será positivo, trazendo crescimento exponencial e novas oportunidades para o futuro da empresa familiar.


Todas as terças e quintas, conheça mais sobre empresas familiares do Paraná e todos os processos que envolvem este modelo de organização!


avatar ANA CAROLINE DOS SANTOS BINI
Ana Caroline Dos Santos Bini
Especialista em Gestão da Inovação | Assistente Sebrae PR - Reg. Centrofavorite_outline Seguir Perfil
capa Dia a dia do Empresário
Dia a dia do Empresário
people 768 participantes
Comunidade digital que reúne conteúdo prático sobre o DIA A DIA DO EMPRESÁRIO de Micro e Pequena Empresa.
fixo
Em alta
4 pequenos negócios rurais lucrativos para 2023
14 dez. 20224 pequenos negócios rurais lucrativos para 2023
Guarulhos se destaca na geração de empregos no Brasil
03 nov. 2023Guarulhos se destaca na geração de empregos no Brasil