Logo Comunidade Sebrae
Home
bedtime
Imagen da logo do Sebrae
icone menu de opções
Iníciokeyboard_arrow_rightCONSTRUTECH - Tecnologias da construção civil e inovações para o mercado imobiliário.keyboard_arrow_rightArtigos

VOCÊ GERA "HYGGE" PARA SEUS CLIENTES? NÓS SIM!

avatar ADRIANA KALINOWSKI
Adriana Kalinowskifavorite_outline Seguir perfil
fixo
thumb_up_alt
VOCÊ GERA "HYGGE" PARA SEUS CLIENTES? NÓS SIM!
Criado em 05 AGO. 2021
text_decreaseformat_color_texttext_increase

Esse é o diferencial que o sóco-fundador Alexandre Castagini proporciona aos clientes da Hygge Arquiteturas Bioclimáticas.

A proposta começou com a escolha do nome da empresa Hygge, que é uma palavra dinamarquesa, (pronuncia-se rîgue, ou hu-ga), cujo significado é relacionado a sensação de bem estar, felicidade e aconchego familiar.

Fruto da inconformidade com o desconforto térmico e baixa eficiência energética das edificações brasileiras, principalmente da região sul, e de sua vasta experiência no segmento de sistemas de aquecimento. Alexandre buscou a inspiração em uma de suas viagens à Europa, quando vivenciou o conceito hygge, temperaturas externas baixíssimas, porém com conforto térmico e atmosfera acolhedora no interior das edificações.

Ao pesquisar, descobriu que os povos nórdicos praticam uma orientação para construções sustentáveis, com análises de eficiência e estratégias pertinentes para cada projeto e de forma orgânica. Aí que ele se perguntou: por que não fazer isso no Brasil? Desde então, tem trabalhado em aplicar e disseminar o conceito de arquitetura bioclimática com eficiência energética, demonstrando que não é preciso ser rico para ter conforto.

Tudo começa com um diagnóstico da região: avaliação do clima e microclima, posição geográfica, sombreamento e dos fatores da geometria da edificação, visando uma análise precisa sobre quais materiais utilizar e a melhor maneira de executar a obra visando o maior benefício para o projeto arquitetônico (aberturas, áreas envidraçadas, paredes e lajes), com  funcionalidade e conforto para habitantes e a durabilidade da construção.

A análise hygge é um laudo técnico, realizado por experts em eficiência energética e conforto térmico, que busca uma solução ecologicamente amigável, aconchegante e com economia financeira.

Essa análise foi estruturada para atender aos requisitos para as certificações como: LEED 'Greenbuid' e 'Acqua'.

A etiquetagem Procel Edifica, pouco difundida ainda no Brasil, avalia o nível de eficiência energética das edificações, dentro das tendências mundiais, para evitar volumes desnecessários com gasto de energia nos edifícios, que no Brasil, corresponde a 47% do total.

A Hygge desenvolveu um modelo de consultoria que atende desde projetos de eficiência energética, arquitetura bioclimática, estratégias passivas até a Gestão e implementação das estratégias definidas, desde a pesquisa de materiais à construção.

Confira a aplicação nesses cases de sucesso:

Com toda essa economia gerada, o maior desafio da empresa, ainda é transportar todo esse valor para a linguagem do cliente, como investimento e não como custo.

Afinal das contas, você merece mais Hygge em sua vida! Visite e conheça mais no site:

https://www.analisehygge.com.br/

avatar ADRIANA KALINOWSKI
Adriana Kalinowski
favorite_outline Seguir Perfil
capa CONSTRUTECH - Tecnologias da construção civil e inovações para o mercado imobiliário.
CONSTRUTECH - Tecnologias da construção civil e inovações para o mercado imobiliário.
people 672 participantes
A proposta de valor da comunidade é promover a disseminação de conteúdos inovadores que impulsionem os participantes do ecossistema, na ampliação de conhecimentos, conexões, modelos de negócios, e o acesso a diferentes mercados relacionados as novas tecnologias do setor construção civil e mercado imobiliário.
fixo
Em alta
Metodologias Ágeis na Construção
17 ago. 2020Metodologias Ágeis na Construção
Construtechs: entenda como startups de engenharia civil podem moldar o futuro da construção
17 jun. 2022Construtechs: entenda como startups de engenharia civil podem moldar o futuro da construção
Para ver o conteúdo completo, bastase cadastrar, é gratis 😉
Já possui uma conta?