Logo Comunidade Sebrae
Home
bedtime
Imagen da logo do Sebrae
icone menu de opções
Iníciokeyboard_arrow_rightEmpresas Inovadoraskeyboard_arrow_rightArtigos

Urgência Climática: Como a minha empresa pode fazer a diferença na redução do aquecimento global?

avatar GISELE VICTOR BATISTA
Gisele Victor Batistafavorite_outline Seguir perfil
fixo
thumb_up_alt
Urgência Climática: Como a minha empresa pode fazer a diferença na redução do aquecimento global?
Criado em 08 MAR. 2021
text_decreaseformat_color_texttext_increase

Mudança na estratégia empresarial para um novo modelo de gestão sustentável, sistema financeiro voltado à economia de baixo carbono, investimentos em inovação e em tecnologia limpas e governos comprometidos com a agenda verde, são alguns dos pontos de reflexão que Bill Gates apresentou em seu novo livro Meu manifesto verde, que trata sobre as mudanças climáticas e a urgência na adoção de ações que promovam, efetivamente, o desenvolvimento sustentável[1].

Sobre o setor empresarial, o destaque está em saber o que as empresas podem fazer para cooperar com a redução da mudança climática, de acordo com o seu potencial e capacidade, causando impacto positivo ao planeta e à sociedade, gerando resultados financeiros.

Segundo levantado, as ações devem iniciar pela adoção de um nova, e diferente, forma de fazer e gerir os negócios. É necessária implantação de uma estratégia que irá requer a coragem para assumir riscos, dos quais muitos CEOs não estão aparelhados, e os investidores não estão acostumados a recompensar.

Contudo, a empresa pode ampliar sua capacidade de atuação, quando buscar por fornecedores que tenham insumos/produtos/serviços mais sustentáveis. Com isso, as empresas estarão promovendo a redução da pegada de carbono em seu processo produtivo, fomentando a responsabilidade social e gerando produtos mais sustentáveis.

Aquisição é um ferramenta poderosa para começar a construir mercados mais inteligentes e sustentáveis. Poder de compra para aumentar a demanda por produtos de baixo e zero carbono.

Além disso, para que a sustentabilidade voltada à mitigação climática seja uma realidade, é necessário que se implante uma nova estrutura no sistema financeiro, que reconheça o meio ambiente como um ativo passível de monetização, ampliando a capacidade de criação de valor de produtos e serviços.

Ao mesmo tempo, é preciso que seja reduzido o custo de capital às empresas, que torne o financiamento de projetos verdes mais acessíveis, para que os empresários possam implantar práticas sustentáveis e investir em soluções inovadoras e de baixo carbono.

Num mercado de consumidores mais exigentes e atentos ao ciclo de vida, produtos inteligentes são cada vez mais requisitados. Por isso, é fundamental o investimento para a expansão de setores corporativos de pesquisa e desenvolvimento dos produtos e serviços mais sustentáveis. Como estratégia, deve-se começar a trabalhar agora na criação de políticas, tecnologias e estruturas de mercado que tornem isso possível.

Por fim, destaca o papel essencial dos governos neste processo. Como os líderes empresariais que estão levando isso a sério, os formuladores de políticas precisam levar em consideração as mudanças climáticas em muitas das decisões que tomam.

Os empresários devem pressionar os governos para criar políticas públicas de incentivos fiscais à implantação de tecnologia limpa e eliminar as políticas improdutivas que impedem o surgimento de novas tecnologias verdes e sustentáveis.

No curto prazo, estas ações podem ser vistas como um peso adicional ao empresário, sobrecarregando-o com a responsabilidade de implantação de ações de desenvolvimento sustentável, que propicie a redução dos problemas climáticos.

No entanto, no longo prazo, essas etapas arriscadas serão boas aos negócios, pois cada vez mais a economia de baixo carbono estará se consolidando e os consumidores se lembrarão de quais foram empresas que levaram a sério o cuidado com o planeta e que ajudaram a evitar um desastre climático.

 

 


[1] https://www.ft.com/content/c11bb885-1274-4677-ba05-fcbac67dc808

 

avatar GISELE VICTOR BATISTA
Gisele Victor Batista
Top 10 LinkedIn Creator | Consultora ESG, Sustentabilidade e Responsabilidade Social | Mentora Liderança Sustentável e Desenvolvimento Humano | Palestrante Mudanças Climáticas, ODS-Agenda 2030 e Capitalismo Consciente.favorite_outline Seguir Perfil
capa Empresas Inovadoras
Empresas Inovadoras
people 1469 participantes
Esse grupo busca apresentar, por meio da inovação, assuntos ligados ao crescimento das micro e pequenas empresas. Fortalecendo assim os ecossistemas de inovação do Brasil. Participe com a gente!
fixo
Em alta
Aumente sua produtividade em cerca de 30% com o uso da Inteligência Artificial. Pergunte-me como!
22 nov. 2023Aumente sua produtividade em cerca de 30% com o uso da Inteligência Artificial. Pergunte-me como!
Determine o futuro da sua empresa
27 jan. 2022Determine o futuro da sua empresa
Para ver o conteúdo completo, bastase cadastrar, é gratis 😉
Já possui uma conta?