Logo Comunidade Sebrae
Home
bedtime
Imagen da logo do Sebrae
icone menu de opções
Iníciokeyboard_arrow_rightDia a dia do Empresáriokeyboard_arrow_rightArtigos

Um Líder inovador e suas boas práticas

avatar JOSIANE DO PRADO
Josiane Do Pradofavorite_outline Seguir perfil
fixo
thumb_up_alt2
Um Líder inovador e suas boas práticas
2 pessoas curtiram esse artigo
Criado em 15 MAR. 2022
text_decreaseformat_color_texttext_increase

Liderar a inovação é uma competência que pode ser notada através de comportamentos claros. Não estamos aqui, nos limitando à inovação tecnológica, mas falando sobre a capacidade do líder de criar uma cultura vibrante onde a inovação prospera


Devemos olhar a capacidade de aceitar, promover, possibilitar e moldar a inovação da perspectiva da liderança versus ser um indivíduo inovador e criativo.


Os líderes de inovação podem - mas não precisam - ser eles mesmos "inventores geniais". Não se trata (apenas) de “desenvolvimento de produto” ou "Pesquisa & Desenvolvimento".


Embora essas áreas possam fornecer boas evidências nesta competência, não é necessário focar nessas.


Devemos ter em mente dois conceitos principais: primeiro, criar o ambiente para que a inovação aconteça e, depois, construir as competências da organização para executá-la.

Como criador do meio ambiente, o líder é responsável por promover e permitir o pensamento crítico ou inovador, incentivar outras pessoas a desafiar as formas tradicionais de fazer as coisas e promover a segurança psicológica para que as falhas possam acontecer. 


Porém, pouco adiantará se o líder não souber executar a partir daí, criando fóruns para compartilhamento de ideias e debate, garantindo recursos adequados para permitir que as equipes executem experimentos, selecionando e dimensionando as melhores ideias.


Nos níveis mais básicos, tais líderes, demonstram curiosidade por novas maneiras de fazer negócios e estão dispostos a tentar novos métodos - trata-se de aceitar e apoiar a inovação. Em níveis intermediários, eles agem para fazer a inovação acontecer, explicando a necessidade de inovação para os outros e liderando-a em sua área.


Um líder inovador deixa de ser um visionário direcionador de equipes para alguém que molda o contexto. Sua atenção está menos no caminho a ser seguido e em reduzir as diferenças e mais para entender o porquê estamos aqui e como aumentar essas diferenças, alternando entre dar suporte e o conflito. 


Ao final, o que ele busca não é ter seguidores que apenas executem, mas, sim, criar uma comunidade que inove, alternando entre o indivíduo e o coletivo.


"A liderança nada mais é que a responsável pela arte e a prática da inovação na organização, alternando entre a necessidade de estrutura e de improvisação."


Aqui é preciso reconhecer que não existem respostas certas e que ajustes devem ser feitos, frequentemente, para lidar com as incertezas que certamente virão.


O líder inovador 

Este deve ter uma cabeça aberta, deixando de lado noções pré-concebidas que possa ter sobre a estrutura organizacional, as atividades a serem feitas e os próprios envolvidos no processo. 


Ele deve saber gerenciar os paradoxos discutidos anteriormente, para poder desencadear e aproveitar a inovação. Qualidades como confiança e humildade são chave para o sucesso, o que demanda curiosidade, habilidade de gerar insights, engajar os outros e determinação para superar as dificuldades.


Em resumo, o líder inovador de hoje não é o inventor solitário da lâmpada ou do Ipod, mas aquele que busca criar espaço para que os outros inovem e para que essa comunidade crie novos produtos, serviços e formas de trabalho. Para isso, o líder criativo sempre deve dar liberdade, dar o exemplo e definir o contexto.


O líder que exercitar a consciência de que não terá as respostas prontas para tudo já está muitos passos à frente na reconfiguração do papel das lideranças na atualidade. Se a criação de soluções inovadoras pode não partir de si, é fundamental, então, que o líder facilite e incentive a criatividade dos talentos de seu time.


Além de um estímulo à motivação dos colaboradores, dar espaço às ideias e aos projetos deles frente aos desafios que se apresentam é uma chance de fazer emergir uma inteligência coletiva e colaborativa.


Bons estudos e até a próxima!

avatar JOSIANE DO PRADO
Josiane Do Prado
favorite_outline Seguir Perfil
capa Dia a dia do Empresário
Dia a dia do Empresário
people 768 participantes
Comunidade digital que reúne conteúdo prático sobre o DIA A DIA DO EMPRESÁRIO de Micro e Pequena Empresa.
fixo
Em alta
4 pequenos negócios rurais lucrativos para 2023
14 dez. 20224 pequenos negócios rurais lucrativos para 2023
Guarulhos se destaca na geração de empregos no Brasil
03 nov. 2023Guarulhos se destaca na geração de empregos no Brasil
Para ver o conteúdo completo, bastase cadastrar, é gratis 😉
Já possui uma conta?