Logo Comunidade Sebrae
Home
bedtime
Imagen da logo do Sebrae
icone menu de opções
Iníciokeyboard_arrow_rightVarejo keyboard_arrow_rightArtigos

Sua empresa tem clientes insatisfeitos que reclamam do preço? Cuidado, pode ser sua culpa!

avatar RAFAEL DE SOUZA
Rafael De Souzafavorite_outline Seguir perfil
fixo
thumb_up_alt
Sua empresa tem clientes insatisfeitos que reclamam do preço? Cuidado, pode ser sua culpa!
Criado em 09 NOV. 2021
text_decreaseformat_color_texttext_increase

Com certeza você já ouviu enquanto empreendedor esta afirmação: 'está caro'. Geralmente você não fica feliz com esta situação, mas a culpa pode ser sua por ter clientes insatisfeitos com o preço, conforme exemplos a seguir:

 

Estratégia de Marketing

Pode ser que a sua estratégia de marketing esteja atraindo o perfil de cliente errado, pessoas que não têm poder aquisitivo para o que sua empresa vende. Por isso, é importante que você defina claramente quem é o seu público-alvo/persona e qual a melhor maneira de atingi-lo.

 

Proposta de Valor

É provável que você não esteja transmitindo claramente aos seus clientes o valor agregado que você possui em seus produtos e serviços. Quanto menos o cliente tem a percepção de valor maior será a sua sensibilidade em relação a preço.

 

Fama de 'é só chorar que abaixam o preço'

Talvez os clientes estejam fazendo isso porque sua empresa já está com a fama de 'é só chorar que abaixam o preço'. É importante que você tenha uma política de preço clara e bem definida em relação a forma de pagamento, prazos e descontos para trabalhar com preços que mantenham  seu negócio competitivo.

 

Valor de Referência

Possivelmente o valor de referência dos clientes não está devidamente alinhado, eles estão comparando diferentes como iguais, ou seja, comparando o seu produto/serviço com algo inferior que a concorrência oferece.

 

Objeção para negociar

Pode ser que os clientes estejam utilizando a estratégia do 'tá caro' como uma objeção para abrir espaço para uma negociação, a qual nem sempre está relacionada a preço, mas a forma de pagamento e prazo.

 

Concorrência

Se você não faz o devido estudo de seus principais concorrentes para comparar preço e valor, pode ser realmente que seus produtos e serviços estejam com preços acima da concorrência.

 

Posicionamento de mercado

Por fim, mesmo que você tenha feito tudo certo, pode acontecer de aparecer alguns poucos clientes que ainda reclamarão do preço, porém, não abra mão do seu posicionamento de mercado, deixe o cliente ir para a concorrência, não dá para atender a todos quando seu foco é valor.

 

Gostou das dicas? Conheça as ferramentas de Canvas de Marketing e de Vendas e alavanque os resultados do seu negócio!

 

Rafael de Souza (InstagramLinkedinFacebook e Telegram)

avatar RAFAEL DE SOUZA
Rafael De Souza
Consultor, Produtor de Conteúdo e Palestrante do Sebrae-SP, Empreteco, Agente Local de Inovação, formado em TI, especialista em Gestão de Pessoas e em Gestão Estratégica de Negócios. Apaixonado por empreendedorismo e admirador de empreendedores!favorite_outline Seguir Perfil
capa Varejo
Varejo
people 3810 participantes
Um local criado para oferecer ao EMPRESÁRIO DO VAREJO conteúdos relevantes e atualizados, tendências, cursos e interação com atores do ecossistema, gerando conhecimento e networking.
fixo
Em alta
Canvas de Vendas: uma ferramenta simples, visual e prática para a sua empresa
09 nov. 2021Canvas de Vendas: uma ferramenta simples, visual e prática para a sua empresa
Como a automação industrial impacta nossas vidas
09 ago. 2021Como a automação industrial impacta nossas vidas
Para ver o conteúdo completo, bastase cadastrar, é gratis 😉
Já possui uma conta?