Logo Comunidade Sebrae
Home
bedtime
Imagen da logo do Sebrae
icone menu de opções
Iníciokeyboard_arrow_rightPolo de Liderança keyboard_arrow_rightArtigos

Sua Empresa Não Deve Reduzir Custos.

avatar FLAVIO DE CARVALHO LIMA
Flavio De Carvalho Limafavorite_outline Seguir perfil
fixo
thumb_up_alt
Sua Empresa Não Deve Reduzir Custos.
Criado em 17 MAI. 2023
text_decreaseformat_color_texttext_increase


Normalmente, uma empresa preocupada com o resultado de curto prazo e, às vezes, uma assessoria preocupada em aumentar seus negócios tentarão, a todo custo, usar o estratagema de repetir o que dá certo em outros lugares. Um exemplo disso é a redução de custos sem análise que se vê em 3 de cada 4 ações estratégicas nas empresas. Nas empresas dos outros, é claro.


Reduzir custos é apelativo aos nossos sentidos e, acho que até ao nosso cérebro primitivo reptiliano. Funciona. E considerando outras soluções alternativas, reduzir custos é fácil de entender e fácil de aplicar. Reduzindo custos, aumento o ganho porque grosso modo, LUCRO é sempre IGUAL a RECEITA menos CUSTO.

Começa com "primeiro vamos ver o que o cliente quer e reduzimos o custo retirando tudo que ele não quer". E, invariavelmente, a cobiça vai obscurecer o que o cliente realmente quer em face do "quanto vamos reduzir". Pesquisas sobre o que o cliente quer não são isentas, principalmente se quem trouxer os dados estiver mais interessado na redução de custo imediata que no cliente.

 

Prossigamos e agora vamos em direção às matérias-primas e processos produtivos. Sempre tem uma alternativa mais barata e, querendo acreditar em milagres, se vai em direção ao quase ninguém nota e poderemos fazer o mesmo produto com custos reduzidos. O cliente não percebe é o canto da sereia. Até que o cliente perceba e a organização, que já gastou para mudar matérias-primas e processos, vai ter que gastar mais para voltar ao início.

 

Passa-se então a "flexibilizar" os indicadores de qualidade de toda a experiência do cliente. Indicadores de qualidade mais flexíveis sempre levam a uma redução imediata do custo. E toda a engenharia de produto e processo, toda a pesquisa e desenvolvimento que já foi feita para chegar aos resultados de base daqueles indicadores são literalmente jogados no lixo. Depois, com a chegada dos problemas, se descobre o porquê da aparente rigidez de alguns indicadores.


Como o poço das boas ideias é interminável, prossigamos e agora vamos reduzir as equipes porque temos muita gente e os indicadores de benchmarking mostram que outras organizações (normalmente em outros contextos e, às vezes, até em outros segmentos) são melhores. Menos gente significa menos custo.


E podemos até aprofundar esta ideia e cortar os que estão aqui há mais tempo e contratar sangue novo bem mais barato. E aí afetamos as bases da empresa e podemos chegar a um estado em que não se tem mais recuperação porque essa redução de custo é perder a inteligência de sua empresa via a "juniorização" de sua mão de obra. E isso traz o efeito colateral de se distanciar da excelência.

 

Então qual a solução? 


  • A solução é racionalizar custos e aí a conversa é outra. Racionalizar vai implicar usar tempo e energia com a pesquisa sobre como sair da situação atual para chegar a uma situação melhor. É uma vitória do ganha-ganha de alternativas. Ganha a organização. Ganha o cliente.

  • Tudo que não trouxer este ganha-ganha deve ser descartado como alternativa.

  • Pesquisa sobre as características do produto ou serviço atuais e o que pode ser racionalizado.

  • Pesquisa sobre as matérias-primas atuais e o que pode ser racionalmente modificado.

  • Pesquisa sobre os indicadores de qualidade e como eles podem ser aprimorados racionalmente sem deixar o cliente em segundo plano.

  • E finalmente pesquisa sobre as pessoas e onde elas podem ser melhores e ter seus talentos utilizados a fundo para o crescimento da empresa e para o seu crescimento pessoal.

  • Tudo isso vai levar a uma redução de custo de forma perene e vai colocar a organização no caminho da excelência.


Só os que olham e não enxergam dirão que reduzir custo é igual a racionalizar custo, e que é só um exercício de retórica. Ao final do dial não é tudo igual.

 

As diferenças entre as 2 abordagens não terão consequências no primeiro momento e você até se enganará achando que está no caminho correto. Usando minha zoo-filosofia é aqui que a porca torce o rabo e com o tempo as consequências virão.


A mais palpável das consequências será a sua concessão para que seus concorrentes invadam seu mercado e seus clientes deixem a fidelidade de lado e debandem para o outro lado ao sabor do vento. A menos palpável e a pior de todas as consequências será a criação de uma cultura de redução de custo na sua organização. 

 

E por que isso seria ruim?


Isso é ruim porque uma cultura de redução de custo é um convite para se criar um ninho de incompetentes que dominarão todos os cantos de sua empresa. A cultura de redução é facilmente implementada e por isso mesmo não exige muito de ninguém em termos de raciocínio ou de pensamento estratégico. Reduzir é cortar.


E até mesmo gente incapaz e incompetente consegue fazê-lo rapidamente. E como o foco destes tipos é o curto prazo - de preferência o curtíssimo para dar tempo de tomar os louros e gozar dos resultados antes das bombas estourarem a redução de custo reinará absoluta. Tudo passará pelo crivo de custo reduzido, até o que não pode. Talentos serão perdidos, oportunidades não serão aproveitadas e mercados serão entregues.

 

Então antes que este ninho se instale e produza mais incompetentes do que sua organização pode suportar, opte pela racionalização de custos com o suporte adequado e abomine a redução de custos.

Racionalize custos para a Transformação & Excelência.


avatar FLAVIO DE CARVALHO LIMA
Flavio De Carvalho Lima
favorite_outline Seguir Perfil
capa Polo de Liderança
Polo de Liderança
people 4643 participantes
Seja bem vindo a comunidade Polo de Liderança! A comunidade tem como objetivo conectar líderes de micro e pequenas empresas com conteúdos para seu desenvolvimento. Participe e inspire-se com novas ideias para melhorar sua gestão, com visão e ousadia para liderar sua equipe e transformar sua empresa.
fixo
Em alta
Conheça 9 livros para aprimorar o desenvolvimento pessoal!
18 abr. 2023Conheça 9 livros para aprimorar o desenvolvimento pessoal!
[CURSO] Flow - Conversas Difíceis
18 jul. 2022[CURSO] Flow - Conversas Difíceis
Para ver o conteúdo completo, bastase cadastrar, é gratis 😉
Já possui uma conta?