Logo Comunidade Sebrae
Home
bedtime
Imagen da logo do Sebrae
icone menu de opções
Iníciokeyboard_arrow_rightAmbientes de Inovaçãokeyboard_arrow_rightArtigos

Start-up!

avatar RENATO ANDERCAO PEREIRA
Renato Andercao Pereirafavorite_outline Seguir perfil
fixo
thumb_up_alt1
Start-up!
1 pessoa curtiu esse artigo
Criado em 24 JUN. 2022
text_decreaseformat_color_texttext_increase

Inovadoras, tecnológicas e modernas, certamente se você é empreendedor, ou tem o desejo de empreender, já ouviu falar sobre empresas de tecnologia do tipo startup. De fato, é um termo que se popularizou com o passar dos anos e se tornou o sonho de muitos empreendedores, no Brasil e no exterior. Além disso, os números não deixam mentir.

O Brasil é destaque entre os países da América Latina e já possui mais de 13 mil startups, segundo dados da Startup Base: São Paulo, Minas e Rio lideram o ranking dos estados com o maior número de startups no país. Essas empresas de base tecnológica abrangem diferentes mercados: educação (edtechs), saúde (healthtechs), finanças (fintechs), transporte, agronegócio (agtechs), telecomunicação, e-commerce, indústria, serviços e inúmeros outros.

Hoje é impossível pensar no nosso dia-a-dia sem lembrar de grandes startups como a Amazon, ou ainda empresas que já foram startups e hoje são gigantes da indústria, como a Netflix e a Uber. Revolucionaram o mercado e o mundo, transformando processos antigos e engessados e criando soluções disruptivas e inovadoras. As startups, sem dúvida, mudaram a forma como vivemos e nos relacionamos com o mundo.

Mas, assim como todo negócio, criar uma startup não é uma tarefa fácil. Por isso, antes de se aventurar nesse mercado, é hora de buscar conhecimento, estudar e se preparar. Afinal, o que é uma startup? O que a difere de uma empresa de base tradicional? Pode ser que para alguns aqui da comunidade esse assunto seja obvio, mas será que você realmente sabe quais são os passos para ter a sua startup?

Startup é um empresa de base tecnológica, com um modelo de negócios inovador, repetível, escalável e sustentável, que vive em um cenário de riscos e incertezas. Elas podem atuar em diferentes áreas e mercados, e utilizam a tecnologia como a base para as suas operações.

Um erro comum das pessoas é associar as startups a empresas digitais, mas elas não se limitam apenas a isso. Para ser considerada uma startup, é preciso que a empresa tenha uma proposta de negócio inovadora e com um grande potencial de crescimento.

O termo startup nasceu no Vale do Silício, na época chamada de bolha da internet, no início dos anos 1990, quando surgiram empresas gigantes como a Apple, o Google e o Facebook.


Em geral, toda startup começa como uma pequena empresa e essa é uma de suas características, mas nem toda pequena empresa é uma startup. Para compreender o que é uma startup, é preciso entender melhor as características que a definem e o que a diferencia de um negócio tradicional.


Inovação

Essa é a principal característica que define o que é uma startup. Toda startup é uma empresa que precisa propor soluções inovadoras, fora do comum, que apresentem uma nova maneira de resolver problemas. Para isso, devem oferecer produtos ou serviços que revolucionam ou até mesmo criam mercados que eram inexistentes ou pouco explorados até então.


Ser escalável e repetível

Negócio escalável se caracteriza pela capacidade que as startups possuem de crescerem rapidamente e de forma exponencial, sem precisar expandir na mesma proporção os custos e a estrutura. Para que esse crescimento aconteça, é necessário que o negócio seja repetível. Repetível significa que o negócio é capaz de entregar o mesmo produto ou serviço em escala potencialmente ilimitada, sem muitas customizações ou adaptações para cada cliente.


Capacidade de sobreviver em um cenário de incertezas

As startups, normalmente, surgem em ambientes com problemas grandes e pouco explorados. Por isso, dificilmente é possível saber se a ideia de negócio irá dar certo, se o produto ou serviço terá aceitação do público ou como o negócio irá gerar lucro. Não existe um manual sobre como ser bem sucedido. É essencial, então, que o empreendedor tenha resiliência e capacidade de sobreviver em um cenário de extrema incerteza.


Flexibilidade

Toda startup deve ter a capacidade de se adaptar com agilidade, organizar seus processos de forma dinâmica, tomar decisões com rapidez e se adequar às possíveis mudanças do mercado. A flexibilidade é característica fundamental para uma startup sobreviver.


Custos baixos para manter o negócio funcionando

Muitas startups surgem no mercado com pouco ou nenhum investimento inicial. Por isso, é essencial saber fazer o negócio expandir, utilizando para isso o mínimo de recursos. Toda startup deve ter, então, a habilidade de trabalhar com estruturas enxutas, saber cortar despesas e reavaliar processos. O time também deve ter apenas as pessoas essenciais ao desenvolvimento do negócio.


Burocracia reduzida

Startups são, por natureza, empresas inovadoras e por isso, sem muita burocracia interna para tomada de decisões. Em um cenário de riscos e incertezas, onde tudo pode mudar rapidamente, as startups precisam ser ágeis e desburocratizar processos. Isso faz com que seus funcionários tenham mais autonomia, flexibilidade e segurança para atuar, propor ideias e introduzir melhorias no negócio.


Planejamento e pesquisa

Por atuarem em um mercado repleto de incertezas, os fundadores de startups precisam se planejar e pesquisar muito. Para conseguirem criar produtos ou serviços que solucionem problemas reais, é preciso conhecer a fundo os anseios e necessidades do público alvo, para que a ideia se concretize em um negócio viável e lucrativo.


Analisando essas características principais que definem uma startup, fica fácil compreender qual a diferença deste modelo de negócios para um negócio tradicional. Normalmente, uma empresa comum atua em um mercado já consolidado e oferece soluções já conhecidas, por isso, não precisa criar um negócio do zero, o cenário não é tão incerto e os riscos de fracasso são muito menores. Além disso, criar uma startup é solucionar dores ou problemas até então sem solução ou melhorar antigas soluções que já não são tão eficientes. Isso faz com que o desafio para quem está criando o negócio seja muito maior.

Outra grande diferença está nos objetivos: enquanto uma empresa tradicional busca uma rentabilidade e valor estável a longo prazo, o foco das startups é captar investimentos que lhes permitam consolidar seu modelo de negócio, crescer e aumentar os lucros de forma exponencial.

Transformar uma ideia em um modelo de negócios sustentável, em um cenário de incertezas e riscos, e em mercados pouco ou nunca explorados, não é tarefa fácil. Boas ideias surgem a todo momento, mas são muitos os obstáculos para que elas se tornem de fato negócios promissores.

Mas se você chegou até aqui, e tem o desejo de criar a sua startup, vá em frente! Mas lembre-se que, como todo negócio, você deve se preparar, buscar conhecimento e planejar. Quanto mais preparado você estiver antes de ingressar no mercado, maiores as chances de sucesso da sua startup.

 

Além disso, não posso deixar de informar que o SEBRAE oferece consultorias, curso, capacitações, materiais e ferramentas para te ajudar em todas as etapas de sua jornada. Além de todo o conteúdo publicado aqui na comunidade.

 

E ai, você já tem uma startup? Comenta aqui qual foi a maior dificuldade que você entrou no caminho.

 

avatar RENATO ANDERCAO PEREIRA
Renato Andercao Pereira
Olá, sou Renato, inquieto e totalmente viciado em transmitir conhecimento, buscando sempre comunicar de forma simples e descontraída. Sou business designer na Nectus, um laboratório de inovação aberta que constrói soluções estratégicas para o desenvolvimento sustentável de comunidades à negócios. favorite_outline Seguir Perfil
capa Ambientes de Inovação
Ambientes de Inovação
people 1366 participantes
Os ambientes promotores de inovação são ativos de transformação dos ecossistemas. Por isso, criamos aqui um espaço para compartilhar conhecimento e experiências que podem ajudar os empreendedores e heads de inovação. Conecte-se agora e faça parte desta comunidade você também!
fixo
Em alta
O que é Inteligência Artificial?
25 nov. 2023O que é Inteligência Artificial?
Economia Circular: Importância e Desafios
05 dez. 2023Economia Circular: Importância e Desafios