Logo Comunidade Sebrae
Home
bedtime
Imagen da logo do Sebrae
icone menu de opções
Iníciokeyboard_arrow_rightNovos Negócioskeyboard_arrow_rightArtigos

Sebrae em Dados - Turismo

avatar TAIS MARA HORTELA
Tais Mara Hortelafavorite_outline Seguir perfil
fixo
thumb_up_alt1
Sebrae em Dados - Turismo
1 pessoa curtiu esse artigo
Criado em 13 JAN. 2022
text_decreaseformat_color_texttext_increase

Hoje temos mais um conteúdo da Série - Sebrae em Dados, onde trazemos informações e insights para que você possa conhecer melhor o mercado, e que vão ajudá-lo na análise sobre abertura ou expansão do seu negócio. 


A pandemia que teve seus primeiros casos registrados no Brasil após o carnaval de 2020, parou todo o mundo. Muitos setores foram afetados, e com o turismo não foi diferente.


O turismo emprega 7 milhões de pessoas e responde por 8,1% do Produto Interno Bruto (PIB), que é a soma de todas as riquezas produzidas no país.


Hotéis, restaurantes e serviços de transporte foram impactados, as agências de turismo, que centraliza todos esses serviços, principalmente.


No Brasil atualmente, são 209.850 agencias de turismo em funcionamento. Em 2020 o mercado registrou o menor número de encerramento dos últimos 03 anos, 9.390 empresas fechadas.

Nos ramos de restaurantes não foi diferente, foram abertos 528.789 novos estabelecimentos, crescimento de 19% ao ano anterior, e encerradas 148.891, 4% menor que em 2019.


Em 2020 na indústria hoteleira houve queda de 56% na taxa de ocupação. O ano registrou o menor número de abertura de empresas (2.586), e maior número de encerramento de atividades dos últimos anos (1.967). A taxa de mortalidade foi de 17%. Atualmente são 66.967 hotéis abertos no país.


O ramo de transporte de passageiros também fechou 2020 com o menor número de empresas abertas dos últimos anos. Porém dos setores de turismo, o ramo de transporte foi o que manteve o número de encerramento de empresas mais baixo. E isso se deve ao serviço que conta com 241.139 empresas ativas, não ter um fluxo exclusivamente voltado ao turismo.


Dos principais subsetores que conformam o turismo transportes, hospedagem, agenciamento de viagens e serviços de alimentação, os hotéis foram os primeiros a sofrer os impactos da pandemia. Em março de 2021 foram fechados 207 hotéis. Os restaurantes e serviços de transportes atingiram o topo de encerramentos em agosto, seguido das agencias de turismo, que em setembro teve o maior número de encerramento de atividades dos últimos 3 anos.


Mesmo com todos os incentivos do governo, a fim de tentar minimizar os impactos da crise sanitária em 2020, o saldo de emprego fechou negativo em todos os ramos. Em 2021, com a chegada da vacina, e a retomada do turismo, a saldo voltou a ser positivo. O ramo hoteleiro e de alimentação, estão no topo de novas contratações em 2021.


Em novembro do ano passado, o Ministério do Turismo lançou a "Retomada do Turismo", uma iniciativa com projetos e ações para a área implementadas até 31 de julho de 2021. As medidas reuniram esforços da iniciativa pública e privada, do terceiro setor e do Sistema S, que inclui o Sesc, o Senai, o Sesi e o Sebrae.


Os esforços para a Retomada do Turismo resultaram na publicação de medidas provisórias que tratam de assuntos como as regras de remarcações e cancelamentos no setor do turismo e ações emergenciais para amenizar os efeitos da crise decorrente da Covid-19 no setor.


Em novembro de 2021 foi lançado o "Guia de Retomada Econômica do Turismo no Brasil". O estudo que embasa o documento foi feito por uma consultoria especializada que ouviu 42 empresários do ramo turístico e especialistas da área de todos os estados e de todas as cadeias do setor. Além disso, a consultoria realizou pesquisa online e avaliou práticas turísticas de 10 países.

Entre as 20 iniciativas para a retomada do turismo estão medidas de curto e longo prazo, estímulo à demanda, promoções, acesso à linha de crédito, incentivo ao calendário de eventos e disseminar os destinos turísticos brasileiros.


O objetivo do guia é ajudar na retomada do turismo brasileiro com segurança e responsabilidade e recuperar o setor do impacto socioeconômico causado pela Covid-19, com a paralisação das atividades.


Segue o link de acesso do estudo realizado:


Guia - Retomada do turismo


Gostou do texto?


Se quiser dicas de algum setor e se gostou do conteúdo, deixe sua mensagem nos comentários abaixo e clique a participe da nossa comunidade.


Este conteúdo é exclusivo do Sebrae PR e foi processado na base de dados colaborativa da própria entidade.


Vamos, participe! Sugira atividades que está pensando em empreender para podermos ajudá-lo!

 

 

avatar TAIS MARA HORTELA
Tais Mara Hortela
Unidade de Gestão Estratégica Sebrae Pr favorite_outline Seguir Perfil
capa Novos Negócios
Novos Negócios
people 5334 participantes
Um espaço aberto para trocas de experiências sobre novos negócios. Se você já tem uma ideia de negócio, ou ainda não sabe por onde começar, este é o lugar certo! Aqui, você encontra conteúdos para te ajudar a ter sucesso nesta jornada empreendedora ¿¿
fixo
Em alta
Sebrae Em Dados - Mercado de Produtos Naturais no Brasil
16 ago. 2022Sebrae Em Dados - Mercado de Produtos Naturais no Brasil
Sebrae em Dados - Salões de Beleza
15 out. 2022Sebrae em Dados - Salões de Beleza