Logo Comunidade Sebrae
Home
bedtime
Imagen da logo do Sebrae
icone menu de opções
Iníciokeyboard_arrow_rightAmbientes de Inovaçãokeyboard_arrow_rightArtigos

Risco cibernético e tecnológico, porque devo evitar surpresas?

avatar WAGNER APARECIDO MONTEVERDE
Wagner Aparecido Monteverdefavorite_outline Seguir perfil
fixo
thumb_up_alt1
Risco cibernético e tecnológico, porque devo evitar surpresas?
1 pessoa curtiu esse artigo
Criado em 01 DEZ. 2020
text_decreaseformat_color_texttext_increase

Saiba como calcular seu risco no fim deste post!

É fato que as empresas estão cada vez mais ativas no mundo tecnológico, principalmente com o advento da pandemia a principal alternativa para muitas empresas para manter sua operação foi mergulhar de cabeça na transformação digital, a tão pensada, mas até então não realizada.

Com toda essa transformação, executada muitas vezes sem planejamento e por necessidade de sobrevivência, o quesito segurança pode ficar em segundo plano. 

Mas se a Segurança é deixada em segundo plano, qual é o risco tecnológico da empresa?

Sabemos que uma empresa tem três principais pilares: Processos, Pessoas e Tecnologias. Todas são indispensáveis quando se trata da segurança do negócio, porém o pilar tecnológico no qual as empresas estão se apoiando fortemente pode ser o Calcanhar de Aquiles da operação do negócio.

Mas do que é composto o risco tecnológico de um negócio?

Para entender como é composto o índice de risco tecnológico, temos que entender quais são as principais ameaças à Segurança das tecnologias que sustentam um negócio:

(i) ameaça de parada de sistemas (quebra da disponibilidade), (ii) ameaça de roubo de informações (quebra da confidencialidade) e (iii) ameaça de alterações indevidas ou manipulação nos sistemas do negócio (quebra da integridade). 

Já conhecendo as principais ameaças, essas podem ser medidas a partir de vários fatores, tais como tipos e versões de hardware e software utilizados para manter o negócio em operação, práticas inadequadas de configuração de software e serviços, falta de conhecimento sobre novas falhas de software recém identificadas e falta de gestão dos pilares tecnológicos que movem seu negócio.

Ameaças?

Cada ameaça representa um grau de risco, e cada grau de risco pode ser medido segundo seu impacto, nos pilares de disponibilidade, confidencialidade e da integridade que impactam diretamente na operação do negócio. Quanto maior o risco geral de todos os componentes existentes para manter o negócio em operação, maior é a chance do mesmo sofrer um ataque que cause danos financeiros, econômicos e de imagem.

Desta forma, o risco tecnológico é composto por fatores próprios de cada tecnologia utilizada, por exemplo, vulnerabilidades e de questões que envolvem boas práticas na configuração e operação das mesmas. 

Então, se o risco tecnológico é alto, maior é o risco da empresa sofrer um incidente de segurança. E identificar os riscos tecnológicos de um negócio, gerenciá-los e mitigá-los antecipadamente certamente é de suma importância para sua sobrevivência no cenário de transformação digital atual.

Neste cenário em que existem Leis de proteção de dados (LGPD), direitos de titulares dos dados, a descoberta e gerenciamento do risco tecnológico de seu negócio pode contribuir para seu sucesso de operação. Este gerenciamento de riscos tecnológicos é componente-chave para adequação à LGPD.

Como posso calcular meu risco tecnológico? Eu tenho que ser um especialista em Segurança da Informação para calculá-lo? 

Não você não precisa ser um expert para isso, em parceria com a  Rede Nacional de Ensino e Pesquisa - RNP e UFPR a Startup de Segurança Cibernética EarlySec, lançou um serviço gratuíto e outro de baixo custo para análise de risco tecnológico capaz de gerar um Índice de risco e situar seu negócio. Nosso serviço faz uso de recursos tecnológicos avançados para entregar seu risco tecnológico, pontos de melhorias e recomendações de como melhorar Segurança Cibernética de seu negócio.  Acesse aqui e saiba como fechar as portas  de seu negócio para Hackers.

avatar WAGNER APARECIDO MONTEVERDE
Wagner Aparecido Monteverde
Especialista em Segurana da Informao e Privacidade com Certificao ISO/IEC 27001, Co-Fundador da Startup de Segurana da Informao EarlySec. Atua nas reas de Segurana da Informao & Privacidade, Sistemas Distribudos e Inteligncia Artificialfavorite_outline Seguir Perfil
capa Ambientes de Inovação
Ambientes de Inovação
people 1325 participantes
Os ambientes promotores de inovação são ativos de transformação dos ecossistemas. Por isso, criamos aqui um espaço para compartilhar conhecimento e experiências que podem ajudar os empreendedores e heads de inovação. Conecte-se agora e faça parte desta comunidade você também!
fixo
Em alta
O que é Inteligência Artificial?
25 nov. 2023O que é Inteligência Artificial?
Economia Circular: Importância e Desafios
05 dez. 2023Economia Circular: Importância e Desafios
Para ver o conteúdo completo, bastase cadastrar, é gratis 😉
Já possui uma conta?