Logo Comunidade Sebrae
Home
bedtime
Imagen da logo do Sebrae
icone menu de opções
Iníciokeyboard_arrow_rightMulheres Empreendedoras keyboard_arrow_rightArtigos

Receita para uma trajetória de sucesso

avatar ACEA EVGUENI RATCHEVA
Acea Evgueni Ratchevafavorite_outline Seguir perfil
fixo
thumb_up_alt2
Receita para uma trajetória de sucesso
2 pessoas curtiram esse artigo
Criado em 02 MAI. 2022
text_decreaseformat_color_texttext_increase

OUÇA AGORA TAMBÉM NO SPOTIFY CLICANDO AQUI!

Empreender na área da gastronomia é um grande desafio e para ter sucesso é imprescindível estar antenada com o cenário atual, acompanhar as tendências, sem deixar de lado a essência que é o sabor.

E pra te ajudar a planejar o seu negócio, ou corrigir o que ainda não está funcionando como deveria, a gente trouxe aqui 8 conselhos para quem deseja empreender no mundo gastronômico!

*Lembre-se sempre: existem excelentes chefs de cozinha mas nem sempre estes são bons gestores.*


  1. EQUIPE

Você não vai poder fazer tudo sozinha, então estar bem acompanhada é essencial para criar um negócio com potencial, que possa se consolidar e crescer. Você vai precisar encontrar soluções em pessoas não só para a cozinha, mas também na parte de gestão, atendimento, contábil, entre outras. Não importa se você vai começar um negócio pequeno, ou um mega empreendimento, as bases serão muito parecidas para obter bons resultados, e o que deve mudar é a quantidade de pessoas necessárias para que tudo caminhe de acordo com o planejado.

Muitas vezes, vemos uma preocupação excessiva com uma determinada área em detrimento de outras tão importantes quanto, e nunca é demais lembrar que a chave para o sucesso começa no equilíbrio.

Em termos práticos, pense em:

a) Quem vai produzir o que será vendido?

b) Quem será responsável por comprar os insumos?

c) Quem vai cuidar para que todos estejam exercendo seus papéis adequadamente?

d) Quem vai verificar se todas as leis e normas estão sendo cumpridas?

e) Quem vai cuidar da parte financeira e tributária?

f) Quem vai cuidar da comunicação (divulgação) do negócio?

Essas são algumas das muitas frentes possíveis que uma empreendedora deverá planejar. Para pequenos negócios, muitas vezes a dona irá exercer muitos destes papéis no início, mesmo assim, é importante saber que alguém deverá fazê-lo, sob risco de comprometer a solidez do negócio.


  1. LOCALIZAÇÃO

O local onde o empreendimento será aberto também é importantíssimo, e não existe fórmula mágica para a sua escolha. Cada tipo de negócio tem suas próprias características, fazendo com que a escolha de um ponto seja algo bastante individual e próprio. 

Pontos que podem ser observados são:


  1. Você precisa de circulação de pessoas na frente do seu empreendimento para que ele tenha clientes, ou seu movimento virá através de aplicativos, como o ifood?

  2. O público da região escolhida condiz com o seu produto? Dificilmente as pessoas atravessarão a cidade, recorrentemente, para consumir o que você está vendendo. Uma dica é pensar em você mesma como consumidora. Onde você mais costuma ir? Perto ou distante da sua casa ou trabalho?

  3. O tamanho do espaço também é muito importante. Melhor um lugar grande em uma região mais afastada ou uma pequena portinha muito bem localizada? A resposta depende, mas deve ser analisada com cuidado

Sobre o último ponto, uma dica bônus: lugares muito grandes, mesmo que com um bom movimento, podem parecer vazios, e lugares que parecem vazios não geram aquela sensação no consumidor de "hum, aqui está sempre cheio, deve ser muito bom". Por isso, pontos menores, muitas vezes com poucos lugares somente na parte externa, estão fazendo cada vez mais sucesso, por parecerem muito movimentados mesmo com poucas pessoas, e por seu custo que tende a ser muito mais baixo.


  1. CARDÁPIO

Ter dezenas de opções, com um cardápio que parece um livro, pode tornar seu negócio lento, complexo, obrigando a ter muitos insumos em estoque, lembrando sempre que alimentos são perecíveis, então o começo das atividades pode ser realizado de forma enxuta, mas com muita qualidade! Se você tiver poucos pratos mas de altíssima qualidade, com o tempo você terá oportunidades de aumentar as opções disponíveis ou mesmo criar produtos por tempo limitado, que tem um efeito muito interessante sobre o público, gerando o interesse em ir até o local para consumir a novidade.


  1. EXPERIÊNCIA

Neste ponto, não estamos falando sobre a sua experiência no ramo, o que também é bastante importante, mas sobre a experiência que a sua clientela vivenciará quando consumir seus produtos.

Experiência tem a ver com como o cliente vai se sentir durante o consumo. Clientes que consomem café, por exemplo, podem querer ou uma experiência de pausa, de calma, de um lugar tranquilo, com música ambiente, onde pode usar o tempo do café para relaxar e recarregar as energias para o retorno a rotina, ou uma experiência rápida, de um copo para viagem, sem perder tempo e ainda sendo visto como alguém cool por quem está em volta. São experiências diferentes de um mesmo produto, que podem funcionar cada uma à sua maneira, porém ambas cumprem seu objetivo: causar uma sensação durante seu consumo.


  1. VISUAL

A aparência, cor, decoração, são o início da composição da sua marca. Você sabia que um determinado visual pode passar a ideia de produto mais caro, mais barato, de maior ou menor qualidade, sem que o cliente tenha sequer entrado no seu estabelecimento?

Essa é a importância de se preocupar com qual será o visual adotado em seu negócio. Colorido? Sóbrio? Clean? Tudo vai depender de como você deseja se posicionar, mas quando falamos em visual, não escolher nada pode ser sua pior escolha.


  1. PRECIFICAÇÃO

Quanto cobrar por cada produto? Esse cálculo pode ser muito mais difícil do que se imagina. Levar em consideração seus custos fixos e variáveis, previsão de volume de vendas, matéria-prima, impostos, margem, preço dos concorrentes Ufa! É muita variável que precisa ser analisada, e contar com uma consultoria especializada, como a do Sebrae PR, pode ser a melhor saída para evitar que, lá na frente, você venda, venda, venda e descubra que não teve lucro na última linha.

Aqui cabe uma dica de ouro que pode mudar toda a forma como você calcula o seu preço: estime o seu cenário ideal! Talvez você ainda não esteja no ponto comercial que pretende, ou ainda não tenha toda a equipe que você precisa para crescer com seu negócio, ou ainda não esteja pagando os salários no valor justo para que sua equipe continue motivada e evitar a rotatividade. O segredo aqui é projetar o cenário ideal, ou seja, quanto seriam os salários que você gostaria de pagar, quanto seria o aluguel do ponto onde você gostaria de estar, e assim por diante.

Quando você calcula o cenário ideal para formatar o seu preço, é apenas questão de tempo e de venda, para que o retorno obtido possibilite chegar ao ponto projetado.


  1. MARKETING

Toda a construção, precificação, gestão, empenho, dedicação e qualidade podem ir por água abaixo se as pessoas não souberem que você existe!

Por isso, o marketing (em especial o digital) é imprescindível para tornar seu negócio conhecido, alcançar pessoas e gerar o movimento inicial necessário para que as coisas comecem a girar.


Muitas empresas utilizam uma estratégia de investimento em marketing conforme o gráfico acima, com um valor relevante no início das operações, para consolidar sua presença no mercado e a fidelização de um público, e a redução dos investimentos ao longo do tempo.


  1. ATENDIMENTO

Imagine que você cumpriu com excelência todas as etapas anteriores, tem uma super equipe, um lugar incrível, uma comunicação eficiente, seu negócio está lotado. Ainda assim, isso não significa que o jogo está ganho.

Somente o atendimento de qualidade vai garantir o sucesso no longo prazo, fazendo com que seus clientes retornem, indiquem e defendam você e sua marca.


Agora que você já ouviu alguns conselhos para empreender no ramo da gastronomia, não deixe de conferir o episódio 02 da nossa nova mega série de podcasts Mulheres Empreendedoras, com a Kika Marder, e aproveite para identificar ao longo do papo alguns dos elementos que trouxemos aqui hoje.

Neste papo, descobrimos um pouco mais sobre o caminho trilhado pela empreendedora e chef Kika Marder! Você pode conferir o papo na íntegra em áudio no Spotify ou o vídeo completo em nosso canal no Youtube. Os links estão aqui embaixo:

E aí, esse conteúdo foi útil para você? Deixe seu comentário!


Participe da Comunidade de MULHERES EMPREENDEDORAS e tenha acesso a mais posts como esse.


avatar ACEA EVGUENI RATCHEVA
Acea Evgueni Ratcheva
Mãe do Arthur | Head da comunidade Mulheres Empreendedoras | Especialista em Marketing Empresarial e Marketing Intelligence | Consultora no Sebrae Paraná | Empresária do segmento infantilfavorite_outline Seguir Perfil
capa Mulheres Empreendedoras
Mulheres Empreendedoras
people 1773 participantes
Somos uma comunidade de mulheres empreendedoras, que lutam diariamente para superar as dificuldades e chegarmos onde queremos! Somos fortes e empoderadas.
fixo
Em alta
Empreender é sobre Crescer e Contribuir
20 out. 2022Empreender é sobre Crescer e Contribuir
Seja a Influenciadora do seu negócio!
10 ago. 2022Seja a Influenciadora do seu negócio!
Para ver o conteúdo completo, bastase cadastrar, é gratis 😉
Já possui uma conta?