Logo Comunidade Sebrae
Home
bedtime
Imagen da logo do Sebrae
icone menu de opções
Iníciokeyboard_arrow_rightFinanças e Tributoskeyboard_arrow_rightArtigos

Qual o efeito dos juros compostos no meu orçamento?

avatar DEMETRIO DE MENDONCA JUNIOR
Demetrio De Mendonca Juniorfavorite_outline Seguir perfil
fixo
thumb_up_alt2
Qual o efeito dos juros compostos no meu orçamento?
2 pessoas curtiram esse artigo
Criado em 22 JUN. 2022
text_decreaseformat_color_texttext_increase

Os juros compostos podem ajudá-lo a aumentar seu dinheiro, mas também podem levar a dívidas enormes se você não for cuidadoso.

Em termos simples, juros compostos significa que você começa a ganhar juros sobre os juros que recebe, o que multiplica seu dinheiro a uma taxa acelerada.

Por exemplo, se você tiver R$ 500 e ganhar 10% de juros ao ano, terá R$ 550 depois de um ano. Então, se você ganhar 10% de juros no próximo ano sobre esses R$ 550, você acabará com R$ 605 no final do segundo ano. O processo continua até que, eventualmente, seus R$ 500 originais possam ser excedidos pelo valor dos juros que você ganhou.

Essa é uma maneira pela qual muitos dos principais investidores encontram sucesso na construção de sua riqueza. Mas não é apenas para os principais investidores: você pode aproveitar os juros compostos por meio de contas de poupança e carteiras de investimento. Vamos saber como fazer isso?

O que determina quanto de juros compostos você pode ganhar?

Existem três fatores principais que podem influenciar a taxa de composição do seu dinheiro:

A taxa de retorno (ou o lucro) do seu investimento. Por exemplo, se você estiver investindo em ações que pagam dividendos, esse seria seu lucro total de ganhos de capital e dividendos. Caso o seu dinheiro estivesse sendo aplicado em uma conta poupança, essa taxa seria referente ao rendimento percentual anual.

Tempo. Quanto mais tempo o seu dinheiro é trabalhado, mais ele aumenta. Por exemplo, se o seu dinheiro ficar em um investimento por um período de dez anos, o rendimento será muito maior do que se ele ficar investido por cinco anos.


A taxa de imposto (quando você tem que pagar impostos sobre seus juros). Você terá mais dinheiro se não tiver que pagar impostos, pelo menos não até o final do período de capitalização ou no fim de cada ano. Por isso, é importante verificar se o investimento escolhido é livre de impostos!


O custo de oportunidade

A base por trás dos juros compostos é o conceito do valor do dinheiro no tempo, ou seja, o valor do dinheiro muda, dependendo de quando é recebido. Ter R$100 hoje é preferível a recebê-lo daqui a alguns anos, porque você pode investi-lo para gerar dividendos e juros. A composição permite que esse dinheiro cresça. Se você esperasse dois anos para receber esses R$100, perderia dois anos de oportunidade de ganhar juros compostos. Isso é conhecido como custo de oportunidade.

O custo de oportunidade é a perda de ganhos possíveis se uma ação não for escolhida. Nesse caso, o custo de oportunidade é igual à quantidade de dinheiro que você não recebe em juros se não investir esse dinheiro.

Em nosso exemplo anterior, se você não investir os R$ 500 em uma conta com 10% de juros anuais, perderá a oportunidade de ganhar R$ 50 ou mais por ano em juros. Em dez anos, seus R$ 500 podem ser R $1.296,87. Mas se você não investir, ainda será R$ 500 dez anos depois. Percebe a diferença?

Quando você entender o valor do dinheiro no período de tempo, verá que a composição e a paciência são os ingredientes para construir riqueza.


Fugindo dos riscos

Você pode obter uma taxa de retorno mais alta sobre suas economias ou investimentos, mas isso também pode ser perigoso porque taxas mais altas geralmente trazem maior risco. Não importa o quão bem-sucedido você seja ao longo do caminho, você sempre pode evitar a possibilidade de perder mais do que a quantia orçada do dinheiro investido.

Para diminuir seu risco, considere todas as suas possibilidades de investimento. Você pode começar com uma conta poupança de alto rendimento, ganhando uma quantidade razoável de juros sobre esse dinheiro ano após ano.

Existem também certificados de depósito bancários (CDBs) e contas do mercado monetário que oferecem a chance de ganhar juros sobre seu dinheiro. Ações, títulos, fundos negociados em bolsa (ETFs), fundos de índice e fundos mútuos também são investimentos a serem explorados. 

Adicionar uma variedade de investimentos ao seu portfólio pode ajudá-lo a diversificar esse risco e aumentar sua riqueza por meio do poder dos juros compostos.


Dica bônus!

Os juros compostos também podem funcionar contra você quando se trata de dívidas. Por isso, sempre pague suas dívidas integralmente e no prazo antes que eles se componham. Comece a economizar e investir cedo para que seu dinheiro tenha mais tempo para crescer.

E você, tem usado os juros compostos a seu favor? Conte para a gente nos comentários!


avatar DEMETRIO DE MENDONCA JUNIOR
Demetrio De Mendonca Junior
favorite_outline Seguir Perfil
capa Finanças e Tributos
Finanças e Tributos
people 2814 participantes
Comunidade digital que reune informações e conteúdos sobre FINANÇAS e TRIBUTOS diariamente. Participe!
fixo
Em alta
Tire dúvidas sobre: Empréstimo, Financiamento, Crédito e Fampe.
12 mai. 2020Tire dúvidas sobre: Empréstimo, Financiamento, Crédito e Fampe.
Tire dúvidas sobre: Empréstimo, Financiamento, Crédito e Fampe.
12 mai. 2020Tire dúvidas sobre: Empréstimo, Financiamento, Crédito e Fampe.
Para ver o conteúdo completo, bastase cadastrar, é gratis 😉
Já possui uma conta?