Logo Comunidade Sebrae
Home
bedtime
Imagen da logo do Sebrae
icone menu de opções
Iníciokeyboard_arrow_rightDia a dia do Empresáriokeyboard_arrow_rightArtigos

Qual a diferença de empresas com sociedade anônima aberta e fechada?

avatar FLAVIA DE SIQUEIRA VIANA
Flavia De Siqueira Vianafavorite_outline Seguir perfil
fixo
thumb_up_alt1
Qual a diferença de empresas com sociedade anônima aberta e fechada?
1 pessoa curtiu esse artigo
Criado em 29 AGO. 2023
text_decreaseformat_color_texttext_increase

Dentro do modelo de mercado capitalista, podemos encontrar uma série de tipos de negócios. Independentemente do tamanho da companhia, você ainda consegue encontrar esses modelos com as mais diversas finalidades. 


Entretanto, devido a essa grande quantidade de modelos de negócios disponíveis, muitos acabam não sendo bem esclarecidos. Este é o caso das sociedades anônimas, que geralmente conseguem dar um nó na cabeça daqueles mais novos no mercado. 


O que é uma sociedade anônima, ou S/A?


Seguindo o que está escrito na Lei 6.404/76, que especifica o que é uma sociedade anônima, nada mais é do que uma empresa cujo capital é dividido em ações, com um objetivo totalmente voltado para fins lucrativos, e é regida pelas leis e usos do comércio.


Este tipo de empresa pode ser tanto da modalidade aberta ou fechada, e ambas possuem diferenças bastante específicas, que iremos abordar logo a seguir.


Sociedade anônima aberta


A sociedade anônima aberta nada mais é do que uma empresa que possui as ações da empresa disponíveis para o grande público dentro da Bolsa de Valores, também conhecida como B3. Ela possui o objetivo de fim lucrativo, e precisa estar devidamente registrada na Comissão de Valores Mobiliários (CVM).


Além disso, a empresa precisa ser totalmente transparente, emitindo balanços trimestrais ou semestrais para seus acionistas, a fim de deixar claro a viabilidade de continuar investindo na companhia o que, dependendo da situação da companhia, pode não ser algo tão bom assim de se deixar em evidência. 


Com isso, a sociedade anônima aberta tem mais facilidade para obter investimentos, além de reduzir os custos com equipamentos e novos recursos, mesmo com a alta volatilidade da bolsa. Um outro problema que pode ser encontrado é a parte burocrática, já que a liberação dessas ações no mercado requer uma série imensa de requisitos legais.


Isso é bastante importante, já que algumas empresas podem contar com investidores de peso, como Beto Sicupira, famoso por injetar dinheiro em empresas certeiras e que geralmente possuem uma alta taxa de crescimento.


Sociedade anônima fechada


Diferentemente do modelo anterior, a sociedade anônima fechada permanece com o sistema de acionistas, mas essas ações não são negociadas na bolsa de valores para o grande público. 


Este modelo geralmente é adotado por empresas de pequeno e médio porte, porém as grandes companhias não possuem a obrigatoriedade de terem capitais abertos. Geralmente isso não acontece por conta de planejamentos sucessórios internos, evitando assim muita burocracia desnecessária.


Apesar disso, a empresa que possui uma sociedade anônima fechada não consegue emitir ações no mercado, e com isso, sua captação de recursos fica extremamente limitada. Sem contar que esses negócios costumam ter uma liquidez muito baixa.


A resposta vai parecer anticlimática: depende. Muitas vezes, uma empresa que possui capital aberto tem suas ações disponíveis, mas está em um momento turbulento.


avatar FLAVIA DE SIQUEIRA VIANA
Flavia De Siqueira Viana
favorite_outline Seguir Perfil
capa Dia a dia do Empresário
Dia a dia do Empresário
people 749 participantes
Comunidade digital que reúne conteúdo prático sobre o DIA A DIA DO EMPRESÁRIO de Micro e Pequena Empresa.
fixo
Em alta
4 pequenos negócios rurais lucrativos para 2023
14 dez. 20224 pequenos negócios rurais lucrativos para 2023
Guarulhos se destaca na geração de empregos no Brasil
03 nov. 2023Guarulhos se destaca na geração de empregos no Brasil
Para ver o conteúdo completo, bastase cadastrar, é gratis 😉
Já possui uma conta?