Logo Comunidade Sebrae
Home
bedtime
Imagen da logo do Sebrae
icone menu de opções
Iníciokeyboard_arrow_rightDia a dia do Empresáriokeyboard_arrow_rightArtigos

Quais são os direitos do colaborador de uma empresa falida?

avatar FLAVIA DE SIQUEIRA VIANA
Flavia De Siqueira Vianafavorite_outline Seguir perfil
fixo
thumb_up_alt1
Quais são os direitos do colaborador de uma empresa falida?
1 pessoa curtiu esse artigo
Criado em 17 JUL. 2023
text_decreaseformat_color_texttext_increase

O encerramento das atividades de uma empresa é sempre um momento muito difícil e confuso para os colaboradores. Existem muitas dúvidas referentes ao processo de demissão dos funcionários e o que acontece após esse procedimento, e esses casos têm se tornado cada vez mais frequentes no Brasil.


Segundo dados da Serasa Experian, apenas no mês de janeiro, 72 empresas abriram processo de falência no país. Além disso, muitas empresas de grande renome no mercado também têm enfrentado graves problemas. Os dados ainda mostram que as principais causas para esse alto número de empresas com problemas são inadimplência, juros altos, inflação e crédito restrito.


Direitos dos funcionários quando uma empresa entra em processo de falência


Quando uma empresa entra em processo de falência, é realizada uma rescisão automática do contrato de trabalho de todos os funcionários. Por ser uma demissão sem justa causa, os funcionários têm direito a receber todas as verbas rescisórias cabíveis. Entre elas, estão:


  • Férias e 13º salário: A empresa fica obrigada a pagar as férias e o 13º dos funcionários proporcionais a quantidade de dias trabalhados no ano;

  • Salários atrasados: A empresa também é obrigada por lei a pagar todos os salários atrasados aos funcionários, independentemente do tempo devido;

  • Aviso prévio: É obrigação da empresa pagar o aviso prévio a todos os funcionários em caso de falência, ao menos que os funcionários cumpram o aviso;

  • FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço): A empresa é obrigada a pagar a multa de 40% sobre o saldo do FGTS para todos os funcionários que tiveram o contrato rescindido no processo de falência;

  • Seguro-desemprego: Apesar de o benefício ser pago pelo governo federal, a empresa fica encarregada de liberar as guias para o funcionário dar entrada no seguro-desemprego.


Como receber o pagamento dos valores 

  

Quando uma empresa abre um processo de falência, normalmente ela já possui um valor muito elevado de dívidas e pouco ou nenhum dinheiro em caixa. Por esse motivo, pode ser um pouco mais complicado receber os valores devidos. O primeiro passo para receber os valores devidos pela empresa é tentar um pedido administrativo, ou seja, entrar em contato com a empresa e realizar o pedido do pagamento.


Caso a empresa se recuse a pagar, ou mesmo não rescinda o contrato com o funcionário, será necessário entrar com um processo trabalhista contra a empresa. Neste caso, os funcionários são os primeiros na hierarquia dos pagamentos devidos pela empresa, ou seja, caso não exista dinheiro em caixa, os bens da empresa serão liquidados, e os colaboradores são os primeiros a receber.


Durante o processo, muitas pessoas já buscam um novo emprego ou realizam trabalhos informais para complementar a renda, como, por exemplo, o aluguel de carros para Uber, entre muitos outros, enquanto esperam receber os valores devidos pela empresa, que em alguns casos pode demorar.

avatar FLAVIA DE SIQUEIRA VIANA
Flavia De Siqueira Viana
favorite_outline Seguir Perfil
capa Dia a dia do Empresário
Dia a dia do Empresário
people 759 participantes
Comunidade digital que reúne conteúdo prático sobre o DIA A DIA DO EMPRESÁRIO de Micro e Pequena Empresa.
fixo
Em alta
4 pequenos negócios rurais lucrativos para 2023
14 dez. 20224 pequenos negócios rurais lucrativos para 2023
Guarulhos se destaca na geração de empregos no Brasil
03 nov. 2023Guarulhos se destaca na geração de empregos no Brasil
Para ver o conteúdo completo, bastase cadastrar, é gratis 😉
Já possui uma conta?