Logo Comunidade Sebrae
Home
bedtime
Imagen da logo do Sebrae
icone menu de opções
Iníciokeyboard_arrow_rightAmbientes de Inovaçãokeyboard_arrow_rightArtigos

A Política Nacional de Inovação

avatar WELITON MONTEIRO PERDOMO
Weliton Monteiro Perdomofavorite_outline Seguir perfil
fixo
thumb_up_alt1
A Política Nacional de Inovação
1 pessoa curtiu esse artigo
Criado em 17 NOV. 2020
text_decreaseformat_color_texttext_increase

 

A Política Nacional de Inovação trouxe, como grande novidade para o ecossistema de inovação nacional, a instituição de um arcabouço de governança das inúmeras ações relacionadas ao tema no País. Além disso, buscou-se uma estruturação do planejamento e execução das políticas de inovação, por meio de uma divisão em três níveis: a partir da política seria elaborada a Estratégia Nacional de Inovação e, com base nessa, os Planos de Inovação.

Enquanto a Política definiu a governança, os eixos de atuação e as diretrizes de ação, cabe à estratégia estabelecer as iniciativas, que são os instrumentos para se alcançar os objetivos da política. Os eixos de atuação, que permeiam o desenho da política e da estratégia, são:

  • ampliação da qualificação profissional por meio da formação tecnológica de recursos humanos órgão responsável: Ministério da Educação (MEC);
  • alinhar e assegurar o fomento à inovação órgão responsável: MCTI;
  • estímulo das bases de conhecimento tecnológico para inovação órgão responsável: MCTI;
  • estímulo ao desenvolvimento de mercados para produtos e serviços inovadores órgão responsável: Ministério da Economia (ME);
  • disseminação da cultura de inovação empreendedora órgão responsável: MCTI; e
  • proteção do conhecimento órgão responsável: ME

 

A Estratégia Nacional de Inovação apresenta, para cada eixo acima elencado, um conjunto de iniciativas estratégicas, além de um diagnóstico que busca identificar os pontos fortes e os desafios a serem enfrentados para cada temática. A estratégia também disponibiliza um compêndio do marco legal sobre o tema e dos tratados internacionais assinados pelo Brasil que geram obrigações internacionais para o País.

Além de objetivos específicos para os eixos de atuação propostos na Política Nacional de Inovação, a Estratégia Nacional de Inovação deve trazer, incorporada ao seu texto, a priorização das iniciativas estratégicas propostas. 

Nos links a seguir, é possível ler os diagnósticos sobre os diferentes eixos, além do arcabouço legal nacional e internacional no qual se insere a inovação. O leitor pode conferir o texto em sua íntegra ou selecionar as seções de interesse, que possam servir para uma resposta mais qualificada à consulta pública.

Boa leitura!

Estratégia Nacional de Inovação texto completo

 

___________________________________________

PARTICIPE da Comunidade Ambientes de Inovação para acessar esse e muitos outros conteúdos sobre Inovação.

avatar WELITON MONTEIRO PERDOMO
Weliton Monteiro Perdomo
Coordenador Estadual de Inovação do SEBRAE/PR, mestre em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para Inovação.favorite_outline Seguir Perfil
capa Ambientes de Inovação
Ambientes de Inovação
people 1343 participantes
Os ambientes promotores de inovação são ativos de transformação dos ecossistemas. Por isso, criamos aqui um espaço para compartilhar conhecimento e experiências que podem ajudar os empreendedores e heads de inovação. Conecte-se agora e faça parte desta comunidade você também!
fixo
Em alta
O que é Inteligência Artificial?
25 nov. 2023O que é Inteligência Artificial?
Economia Circular: Importância e Desafios
05 dez. 2023Economia Circular: Importância e Desafios
Para ver o conteúdo completo, bastase cadastrar, é gratis 😉
Já possui uma conta?