Logo Comunidade Sebrae
Home
bedtime
Imagen da logo do Sebrae
icone menu de opções
Iníciokeyboard_arrow_rightNovos Negócioskeyboard_arrow_rightArtigos

Oportunidades de investimento em ascensão

avatar LUIZ AUGUSTO BUREI
Luiz Augusto Bureifavorite_outline Seguir perfil
fixo
thumb_up_alt
Oportunidades de investimento em ascensão
Criado em 30 OUT. 2020
text_decreaseformat_color_texttext_increase

Estou com dinheiro no meu bolso, e agora, onde investir? Deixar o dinheiro em uma aplicação financeira parece ter perdido sentido com o atual cenário econômico apresentando a taxa Selic em seu piso histórico de 2% ao ano. Investir em que neste momento instável e de insegurança? Como fazer para meu dinheiro render, multiplicar?

Conquistar a tal sonhada liberdade financeira e não precisar mais trabalhar como empregado para os outros é o sonho de uma grande parcela da população brasileira.  Há muitas pessoas que empreenderam e conseguiram conquistar seus sonhos, seus objetivos. Conseguiram constituir um negócio, uma empresa de sucesso. O oposto também se concretiza em muitos casos, conforme citamos em artigos anteriores.

Enxergar as oportunidades que têm-se a disposição é uma dádiva, saber aproveitá-las positivamente requer sabedoria e discernimento. Embora a população mundial contabilize mais de 7,5 bilhões, acredito que, existem apenas dois tipos de pessoas. Um dos tipos, é composto por aquelas que levantam todos os dias para chorar, para reclamar da vida, dos acontecimentos, que se colocam como vítima de tudo e de todos. Este, acredito ser, o da grande maioria das pessoas. O outro tipo, é composto pelas pessoas que levantam toda manhã para vender lenço. Este, em menor participação percentual no todo, é integrado por indivíduos que  conseguem fazer uma leitura ágil do ambiente e enxergar as oportunidades disponíveis.

Te convido a refletir neste momento...

Em qual grupo você está?

Daquele que levanta pra chorar? Ou daquele que prefere vender lenço?

Estas, parecem ser perguntas simples, mas aborda questões profundas e importantes.

Todos os dias, somos bombardeados com uma quantidade grande de notícias e informações. O número de informações que são deixadas à nossa disposição diariamente é tão elevado que, por exemplo, uma edição de domingo do jornal The New York Times, contém mais informação do que um cidadão do Século 17 recebia ao longo de toda a sua vida. Parece exagero, mas estão em circulação no planeta mais de 100 mil revistas científicas (CRB-6, _).

O noticiário diário, na maioria das vezes, e, em especial neste período de pandemia COVID 19, contém informações relacionadas ao cotidiano, que podem interferir em nossas atitudes e decisões. Dentre essas notícias, existem aquelas que possuem em sua essência uma conotação negativa, que devido a sua repetição, podem gerar um caos mental aos leitores, colaborando para o desenvolvimento de alguns males e fobias. Este cenário negativo contribui para que o indivíduo desenvolva uma percepção de insatisfação a acerca da vida e passe grande parte do tempo reclamando e chorando. 

Ocorre que, o cenário apresentado acima, pode ser observado e experimentado não somente sob a perspectiva do levantar para chorar, ele pode ser percebido a partir da oportunidade de vender lenço. Esta é sim, a grande virada de jogo. Mudar o mindset, se conectando com as pessoas, olhando as adversidades e a dor do outro a partir da lógica de uma oportunidade para encontrar uma solução viável para ambos.

O processo evolutivo e de aprendizado realiza-se a partir da reflexão da realidade observada, experienciada conforme David A. Kolb, conceitua no Ciclo de Aprendizagem de Kolb.

 

Pesquisas mostram que, os principais fatores de insucesso de empresas está no déficit de planejamento prévio, na gestão e no comportamento empreendedor. Cabe ao empreendedor, antes de qualquer investimento, realizar um planejamento prévio, um estudo amparado não somente na projeção mental, mas também na observância do contexto real. O Sebrae recomenda a realização de um plano de negócio. Sobre este assunto, temos a pretensão de escrever futuramente.

Olhando o cenário macroeconômico brasileiro, observa-se uma estratégia empreendedora em crescimento. Esta estratégia de investimento obteve faturamento de R$ 186,75 bilhões em 2019, apresentando crescimento de 4,6% no número de empregos gerado, totalizando 1.358.139 trabalhadores empregados (FRANCHISING BRASILEIRO, 2019). Estamos falando do modelo de negócio de franquias.

Quando opta por investir neste modelo de negócio, o empreendedor precisa observar algumas regras estabelecidas pelo franqueador.  Dentre essas, existe um estudo de mercado e de viabilidade econômica e financeira, planejando a constituição e a condução da atividade. A partir da elaboração destes, têm-se ferramentas orientativas e decisivas. Assim sendo, este modelo de negócios reduz as chances de fracasso empresarial tendo em vista que planejamento prévio e gestão empresarial estão dentre os principais fatores que acarretam o fechamento de empresas. 

Afinal, o que é uma franquia?

Conforme Sebrae, a franquia é um modelo de negócio muito interessante para os empreendedores, pois permite o uso de uma marca já consolidada, testada e padronizada, diminuindo assim os riscos e problemas de administração.

O franchising é um modelo de negócio que consiste na concessão do direito de uso fornecida pelo proprietário de uma marca (franqueador) a um investidor (franqueado) para que ele possa replicar em diferentes locais um formato reconhecido e bem sucedido de exploração de mercado (CENTRAL DO FRANQUEADO, 2020). 

Segundo a Central do Franqueado, os principais segmentos de franquias disponíveis no Brasil são:

  • Alimentação;

  • Bolos;

  • Cafeteria;

  • Casa e Construção;

  • Comunicação, Informática e Eletrônicos;

  • Entretenimento e Lazer;

  • Farmácias;

  • Hotelaria e Turismo;

  • Limpeza e Conservação;

  • Moda;

  • Pets;

  • Saúde, Beleza e Bem Estar;

  • Seguradoras;

  • Serviços Automotivos;

  • Serviços e Outros Negócios;

  • Serviços Educacionais;

  • Sorveteria.

Acerca das instalações físicas, os formatos disponíveis para o modelo de negócio franqueado, segundo a Central do Franqueado, podem ser realizados conforme abaixo:

  • Lojas físicas: Neste modelo comercial, 70% das vendas são realizadas presencialmente, mesmo com toda a evolução e prospecção do e-commerce. Cerca de 88% das unidades brasileiras de franquia funcionam dessa forma.

  • Quiosques: São espaços menores normalmente montados em meio a locais com grande circulação de pessoas. No entanto, engana-se quem acha que eles se restringem às microfranquias. São ótimas opções de expansão para cidades pequenas.

  • Food Trucks: Os caminhões de comida passaram a ser adotados por diversos empreendedores do ramo da alimentação. A estrutura é bem mais barata que uma loja física, mais fáceis de instalar e tem o diferencial de poder ser deslocada onde o público se encontra.

  • Containers: são opções de espaços comerciais, geralmente no segmento de alimentação, que demandam custos menores de instalação e manutenção.

  • Home-based: Essa opção permite o gerenciamento de dentro de sua própria casa. 

Cada segmento possui suas especificações para autorização de funcionamento. E ainda, cada franqueador tem seu regulamento e regras individualizadas. Dentre os requisitos a serem observados e avaliados têm-se: valor de investimento, prazo de retorno do investimento, royalties, faturamento, taxa de franquia, taxa de publicidade. Outro importante fator é a localização, a qual depende de autorização e geralmente apresenta uma correlação com a quantidade de habitantes.

Este modelo de negócios vem se destacando no cenário brasileiro. O comportamento em diferentes segmentos do mercado para os anos de 2018 e 2019, pode ser visualizado no gráfico a seguir.

O gráfico permite visualizar a variação anual positiva no faturamento em bilhões de reais por segmento. O segmento de alimentação teve seu faturamento em 2018 em R$ 45,82 bilhões, e em 2019 R$ 48,39 bilhões, com variação no faturamento de 5,60% e crescimento em números de unidades de 2,60%. O menor aporte de capital para iniciar o investimento encontrado para este segmento foi de R$ 25.000,00 e o maior foi de R$ 2,2 milhões. Este segmento apresenta a maior representatividade, sendo o grande campeão no volume de faturamento total deste modelo de negócios.

O segmento de Saúde, Beleza e Bem Estar teve seu faturamento em 2018 em R$ 31,90 bilhões, e em 2019 R$ 34,21 bilhões, com variação no faturamento de 7,20% e evolução positiva em números de unidades de 4,00%. O menor aporte de capital inicial encontrado para este segmento foi de R$ 14.881,00 e o maior foi de R$ 1,5 milhões. Este segmento, apresenta a segunda maior representatividade, no volume de faturamento total deste modelo de negócios.

No segmento de Comunicação, Informática e Eletrônicos o faturamento em 2018 contabilizou R$ 5,48 bilhões, e em 2019 R$ 6,03 bilhões, com variação no faturamento de 10,00% e crescimento em números de unidades de 15,50%. O menor aporte de capital para iniciar o investimento encontrado neste segmento foi de R$ 4.000,00 e o maior foi de R$ 590.000,00. Comunicação, Informática e Eletrônicos apresenta o maior aumento no número de unidades, com variação de 15,50%. Este segmento junto com o de Casa e Construção apresentam as maiores variações no faturamento com 10,00% de variação positiva. 

 

Diante do atual cenário econômico instável por conta da pandemia, o setor de franchising, a partir de seu olhar pela busca de oportunidades (chorar ou vender lenços?), realizou contatos buscando inovações. Atualmente, conta com dois aliados: o Novo Marco Regulatório das Franquias e a Frente Parlamentar de Apoios às Empresas Franqueada (ASBRAF, 2020). 

Analisando a partir do olhar macro as relações deste setor, evidencia-se a importância do capital social para sua constituição, manutenção e evolução como fator de sucesso para o empreendedor. Conectar de maneira proativa e inovadora o capital social individual de diferentes forças e formas, conforme descrito no artigo 'O Futuro do Agro' Tema - Capital Social, pode ser o grande diferencial de sucesso deste e dos demais segmentos. Como diz o ditado popular: A união faz a força.

 

Some forças! Inove na construção de seus sonhos!!

 

Luiz Augusto Burei 

 

REFERÊNCIAS:

avatar LUIZ AUGUSTO BUREI
Luiz Augusto Burei
favorite_outline Seguir Perfil
capa Novos Negócios
Novos Negócios
people 5334 participantes
Um espaço aberto para trocas de experiências sobre novos negócios. Se você já tem uma ideia de negócio, ou ainda não sabe por onde começar, este é o lugar certo! Aqui, você encontra conteúdos para te ajudar a ter sucesso nesta jornada empreendedora ¿¿
fixo
Em alta
Sebrae Em Dados - Mercado de Produtos Naturais no Brasil
16 ago. 2022Sebrae Em Dados - Mercado de Produtos Naturais no Brasil
Sebrae em Dados - Salões de Beleza
15 out. 2022Sebrae em Dados - Salões de Beleza
Para ver o conteúdo completo, bastase cadastrar, é gratis 😉
Já possui uma conta?