Logo Comunidade Sebrae
Home
bedtime
Imagen da logo do Sebrae
icone menu de opções
Iníciokeyboard_arrow_rightAmbientes de Inovaçãokeyboard_arrow_rightArtigos

Mas, o que é um Parque Tecnológico?

avatar WELITON MONTEIRO PERDOMO
Weliton Monteiro Perdomofavorite_outline Seguir perfil
fixo
thumb_up_alt
Mas, o que é um Parque Tecnológico?
Criado em 10 JUL. 2020
text_decreaseformat_color_texttext_increase

Essa é uma pergunta que algumas vezes ouço e nesse texto vamos entender um pouco mais...

 

Segundo a Fundação Certi, uma das empresas mais especializadas no assunto, um parque tecnológico é um ambiente onde estão instaladas diversas empresas de segmentos diferentes, mas que têm a tecnologia como ponto focal de seus negócios.


O que difere um parque tecnológico de um distrito industrial é uma gestão voltada à inovação, que estabelece estratégias para integração entre as empresas, com as instituições de ensino e pesquisa, além de serviços especializados para apoiar a competitividade e inovação das residentes neste ambiente.


Há uma série de etapas para que uma boa ideia supere os desafios inerentes à inovação tecnológica e se concretize em um negócio, com um produto disponível no mercado.


Após atingir um número considerável de clientes, a startup fica grande demais para passar por uma incubadora e precisa dar um passo a mais. Essa é hora de migrar para um parque tecnológico.


Mas, o que define um parque tecnológico, como esses espaços são idealizados, qual é a sua importância para o contexto das empresas de tecnologia e quais os impactos que eles causam nas comunidades em que estão inseridos? É isso que explicaremos em detalhes neste post. Acompanhe!


O que é um parque tecnológico e quais são seus objetivos?


Os parques tecnológicos se baseiam em uma relação de sinergia entre três agentes principais: a indústria, as universidades e o poder público. Nesse sentido, a participação das instituições de ensino e pesquisa é fundamental para a transferência de conhecimento para a iniciativa privada, o que permite o surgimento de novas tecnologias, refletindo em melhorias para a sociedade.


Eu sempre uso o exemplo de Florianópolis como um dos ecossistemas mais vibrantes do país, o principal parque deles é o ParqTec Alfa, uma das iniciativas pioneiras no País, localizado às margens da SC-401 e que abriga mais de 60 empresas. Entre elas, por exemplo, está a incubadora Celta, responsável por desenvolver startups e torná-las auto suficientes para seguirem no mercado.


Outro importante parque tecnológico é o Sapiens Parque, uma importante iniciativa que se propõe a criar infraestrutura necessária para favorecer a convergência de conhecimentos, ideias e projetos para impulsionar o desenvolvimento econômico, social, tecnológico e ambiental de Florianópolis.


Agora que sabemos o que é um parque tecnológico, vamos conhecer seus principais objetivos. São eles:

1. Integração entre as empresas da região


Pode parecer apenas um detalhe, mas estar em um mesmo ambiente certamente ajuda as empresas a se desenvolverem e fecharem contratos em comum, criando projetos conjuntos e parcerias estratégicas. Quando estão distantes, fica mais difícil identificar oportunidades, trocar informações e pensar em conjunto.


A integração entre as empresas, mesmo que sejam de segmentos completamente diferentes, ajuda a criar um ambiente de inovação muito mais rico.


2. Reconhecimento da população e do mercado


Um local onde estão instaladas diversas empresas chama a atenção do mercado e da população. Ter a empresa inserida nesse contexto ajuda no seu reconhecimento, uma vez que o principal objetivo de qualquer negócio é ser visto e lembrado por potenciais clientes. Nesse sentido, um parque tecnológico é capaz de criar uma rede de indicações de clientes e harmonizar as relações entre as empresas.


3. Ambiente propício para a criação de novas ideias


Locais como um parque tecnológico são perfeitos para promover eventos, palestras, atividades junto às universidades etc. Isso propicia a criação de novas ideias, porque aumenta as oportunidades de inovação. Quando há colaboração, uma ideia inicial pode rapidamente se tornar sólida e, quem sabe, pivotar um novo modelo de negócios.


Caso tenha interesse em saber mais, entre em contato conosco.

 

Para esse e outros assuntos do tema mantenha conectado e PARTICIPE da Comunidade Ambientes de Inovação.

avatar WELITON MONTEIRO PERDOMO
Weliton Monteiro Perdomo
Coordenador Estadual de Inovação do SEBRAE/PR, mestre em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para Inovação.favorite_outline Seguir Perfil
capa Ambientes de Inovação
Ambientes de Inovação
people 1343 participantes
Os ambientes promotores de inovação são ativos de transformação dos ecossistemas. Por isso, criamos aqui um espaço para compartilhar conhecimento e experiências que podem ajudar os empreendedores e heads de inovação. Conecte-se agora e faça parte desta comunidade você também!
fixo
Em alta
O que é Inteligência Artificial?
25 nov. 2023O que é Inteligência Artificial?
Economia Circular: Importância e Desafios
05 dez. 2023Economia Circular: Importância e Desafios