Logo Comunidade Sebrae
Home
bedtime
Imagen da logo do Sebrae
icone menu de opções
Iníciokeyboard_arrow_rightDia a dia do Empresáriokeyboard_arrow_rightArtigos

O que é o eSocial e como evitar que sua empresa seja penalizada

avatar FLAVIA DE SIQUEIRA VIANA
Flavia De Siqueira Vianafavorite_outline Seguir perfil
fixo
thumb_up_alt
O que é o eSocial e como evitar que sua empresa seja penalizada
Criado em 01 JUN. 2023
text_decreaseformat_color_texttext_increase

É fundamental que todas as empresas estejam atentas às normas trabalhistas, a fim de evitar problemas legais. Recentemente, o governo implementou o eSocial, um sistema que visa simplificar a prestação de contas para empresas e pessoas físicas que possuem funcionários contratados.


O eSocial, também conhecido como Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas, requer a inclusão de diversas informações, tais como vínculos empregatícios, contribuições previdenciárias, registros de demissões, comunicação de acidentes de trabalho, aviso prévio dos colaboradores, escriturações fiscais, eventos relacionados a Segurança e Saúde do Trabalho (SST) e o registro de dados referentes ao FGTS.


As empresas que não cumprem as exigências do eSocial estão sujeitas a penalidades e multas impostas pela Receita Federal, de acordo com a gravidade das obrigações não cumpridas. 


Os valores das multas podem variar significativamente:


  • Por exemplo, no caso de uma empresa que deixe de informar a admissão de um novo funcionário, a multa pode variar de R$ 402,53 a R$ 805,06 por empregado

  • No que diz respeito a pessoas jurídicas que não atualizam os dados cadastrais dos funcionários ou não informam alterações nos contratos de trabalho, as multas podem variar de R$ 201,27 a R$ 402,54.
  • Quanto aos eventos relacionados a SST (Segurança e Saúde do Trabalho), as multas podem variar de R$ 400 a R$ 181.284,63, dependendo da gravidade apontada pelos órgãos fiscalizadores.


Fique atendo aos prazos


A transmissão dos dados para o eSocial segue um cronograma baseado em eventos e possui prazos definidos para o envio dos documentos. É essencial que as empresas estejam atentas a esses prazos, pois o não cumprimento pode resultar em multas. Quando um prazo não é cumprido, a empresa tem a opção de fornecer esclarecimentos voluntários antes da abertura de um processo fiscal, o que pode resultar em um desconto de 40% no valor da multa.


Em casos em que um processo fiscal já tenha sido instaurado, devido ao atraso no envio das informações para o eSocial, se a empresa ainda assim apresentar esclarecimentos de forma voluntária, o desconto aplicado será de 20% sobre o valor da multa.


O governo criou essa ferramenta com o propósito de promover maior segurança tanto para as empresas quanto para os funcionários, além de simplificar o processo de envio de informações, unificando todas as etapas em uma única plataforma. Seu principal objetivo é tornar a vida dos empregadores mais fácil e agilizar a verificação dos dados declarados junto ao governo.


Para evitar ser penalizado, é essencial que o RH da empresa fique atento às horas trabalhadas, mantendo sempre os pontos em ordem e controlando o banco de horas dos funcionários. O alinhamento das informações e o envio correto no sistema do eSocial são fundamentais para evitar multas e penalizações desnecessárias que podem prejudicar a empresa.

avatar FLAVIA DE SIQUEIRA VIANA
Flavia De Siqueira Viana
favorite_outline Seguir Perfil
capa Dia a dia do Empresário
Dia a dia do Empresário
people 754 participantes
Comunidade digital que reúne conteúdo prático sobre o DIA A DIA DO EMPRESÁRIO de Micro e Pequena Empresa.
fixo
Em alta
4 pequenos negócios rurais lucrativos para 2023
14 dez. 20224 pequenos negócios rurais lucrativos para 2023
Guarulhos se destaca na geração de empregos no Brasil
03 nov. 2023Guarulhos se destaca na geração de empregos no Brasil
Para ver o conteúdo completo, bastase cadastrar, é gratis 😉
Já possui uma conta?