Logo Comunidade Sebrae
Home
bedtime
Imagen da logo do Sebrae
icone menu de opções
Iníciokeyboard_arrow_rightMarketing Digitalkeyboard_arrow_rightArtigos

O que consiste o desenvolvimento de aplicativos

avatar LETICIA FRANCIELE DA SILVA
Leticia Franciele Da Silvafavorite_outline Seguir perfil
fixo
thumb_up_alt
O que consiste o desenvolvimento de aplicativos
Criado em 24 MAR. 2021
text_decreaseformat_color_texttext_increase

Acredito que você nem se lembra mais de como era a sua vida antes de um smartphone e o mundo de aplicativos, não é mesmo? Mas como é o processo de desenvolvimento de aplicativos  e como ele influencia na nossa vida, você já parou para pensar sobre isso? Venha com a gente e acompanhe esse texto, pois abordaremos alguns tópicos sobre esse assunto! 

O que é um aplicativo? 

Aplicativo é um tipo de software que pode ser instalado e executado em um computador, tablet, smartphone ou outros dispositivos eletrônicos. A maior parte deles tem uma função específica e restrita para cada finalidade. Eles existem com as mais diversas funções e podem ser de três tipos: baseado na web, nativo ou híbrido.

Os baseados na web requerem o acesso à internet para que possam ser usados. Os nativos, por sua vez, são criados para uma determinada plataforma móvel, como o IOS ou Android.  Já os híbridos são uma mistura dos dois primeiros. 

Como os aplicativos mudaram a nossa vida 

Antes de ter um smartphone, muitos recursos usados atualmente não eram sequer pensados. Caso você quisesse fazer uma pesquisa sobre determinado assunto, você teria que esperar até chegar em casa para usar o computador ou ir até um desses lugares que permitiam seu acesso a um computador por determinado tempo e valor, mas, hoje em dia, com celular em mãos, o acesso a tudo é garantido o tempo todo. 

Antes de aplicativos de mensagens e redes sociais, como Whatsapp, Facebook, Instagram e outros, nosso meio de comunicação era por meio de sms, ou seja, um caos! Para fazer o pagamento de uma conta, conferir as suas informações bancárias ou fazer uma transferência, não havia outro meio a não ser se deslocar até um banco ou lotérica, mas hoje conseguimos fazer tudo isso com apenas alguns clicks. 

Ou seja, smartphones e aplicativos vieram para revolucionar as nossas vidas e permitir que possamos fazer tudo e mais um pouco apenas tendo um aparelho em nossas mãos, facilitando o nosso dia a dia e otimizando o tempo que gastávamos para fazer coisas que hoje são simples. 

Como desenvolver aplicativos 

Primeiramente você precisa definir os objetivos do aplicativo, você deve apresentar uma resposta para a seguinte pergunta: qual problema meu aplicativo vai solucionar? Em seguida, você tem que definir qual será o público-alvo, ou seja, quais serão os usuários do seu aplicativo. 

Depois, você deve escolher a plataforma, dessa forma, o aplicativo será para uma específica ou estará disponível para todas? Logo em seguida, você deverá estabelecer os recursos, ou seja, definir todas as funcionalidades deste aplicativo para que ele funcione da melhor maneira possível.

Também deve ser planejado um design e a definição de como seu aplicativo será apresentado para os usuários. Antes da etapa final, você  precisa testar o aplicativo e verificar os possíveis erros que ele possa apresentar, para que o usuário não fique frustrado na hora que estiver usando. 

E por último, é hora de lançar o aplicativo, isto é, momento que ele estará disponível para os usuários. 

Quanto custa para desenvolver um aplicativo? 

Muitos fatores diferentes interferem no custo, pois vai depender de quem constrói seu aplicativo, como ele será desenvolvido e o que você deseja que ele faça. O custo está diretamente relacionado à complexidade e ao tempo, habilidades e conhecimentos necessários para construí-lo.

O tempo é um dos principais fatores, pois na maioria dos casos, os aplicativos de entregas, por exemplo levam de três a seis meses para serem totalmente desenvolvidos e testados para serem lançados. Quanto mais tempo levar, maior será o custo. A complexidade também tem grande influência, já que os aplicativos dependem muito da codificação, uma habilidade que tem grande demanda.

Depois de lançado, ainda haverá os custos de manutenção e atualização a serem considerados, mas eles tendem a ser mínimos se o aplicativo for bem projetado.

Cursos de desenvolvimento  de aplicativo 

Se você deseja aprender a como desenvolver um aplicativo ou se deseja melhorar suas habilidades, vale a pena fazer algum curso, seja gratuito ou pago, eles podem te ajudar. Separamos alguns para você, confira:

  • Udemy, ideal para quem desejar saber sobre IOS; 

  • Coursera; 

  • edX; 

  • Skillshare

  • Treehouse

  • Pluralsight

  • Udacity

  • Google developers training 

  • Ray Wenderlich

Vale a pena se informar mais sobre eles e escolher aquele com que você mais se identifica e que esteja dentro do orçamento. E depois, é só colocar em prática todo o aprendizado e encarar de vez o universo dos aplicativos.  

Dá pra aprender a desenvolver aplicativos sozinho?

Com muito esforço e dedicação, é possível sim! Existem, como já mencionado, vários cursos que te ensinam a desenvolver um aplicativo. Porém, tenha em mente que, para iniciantes, a chance de erro é grande, pois podem aparecer alguns problemas que você não saberá como resolver e a frustração pode desanimar. Mas não desista, pois esse processo leva tempo e, na pior das hipóteses, você pode requerer o auxílio de quem trabalha com isso. 

Gostou do texto? Curta e compartilhe! Entre em contato conosco caso ainda restem dúvidas! 

avatar LETICIA FRANCIELE DA SILVA
Leticia Franciele Da Silva
favorite_outline Seguir Perfil
capa Marketing Digital
Marketing Digital
people 2875 participantes
A comunidade tem como objetivo trazer o melhor das práticas de marketing digital e entregar conteúdos que ajudem a todos que participam da Comunidade Sebrae a melhorar o seu negócio e inspirar novas ideias na área de Marketing Digital!
fixo
Em alta
Quanto investir em tráfego pago
01 nov. 2022Quanto investir em tráfego pago
A Comunidade Sebrae mudou! Leia e entenda.
19 out. 2023A Comunidade Sebrae mudou! Leia e entenda.
Para ver o conteúdo completo, bastase cadastrar, é gratis 😉
Já possui uma conta?