Logo Comunidade Sebrae
Home
bedtime
Imagen da logo do Sebrae
icone menu de opções
Iníciokeyboard_arrow_rightDia a dia do Empresáriokeyboard_arrow_rightArtigos

Websérie: Empresa Familiar - Temporada 01 - EP 01.

avatar ANA CAROLINE DOS SANTOS BINI
Ana Caroline Dos Santos Binifavorite_outline Seguir perfil
fixo
thumb_up_alt2
Websérie: Empresa Familiar - Temporada 01 - EP 01.
2 pessoas curtiram esse artigo
Criado em 14 JAN. 2022
text_decreaseformat_color_texttext_increase

Uma família cria e compartilha valores a partir da relação entre pais e filhos, como amor, educação, maturidade e tantas outras responsabilidades. Quando aliados a uma vocação profissional, esses princípios podem ser compartilhados com a sociedade através de uma empresa familiar, com a oferta de produto ou serviço.


No mundo caótico em que vivemos, a família é fonte de tranquilidade, carinho e conforto, portanto é revigorante quando podemos encontrar no serviço ou produto que buscamos esses sentimentos de afeto, que são transmitidos de alguma forma pelas empresas familiares.


União de forças

Juntar família e trabalho, que são duas coisas muito importantes na vida, torna a empresa familiar ainda mais relevante na vida de uma pessoa, principalmente pela questão de tempo que isso ocupa em seu cotidiano.


Para suprir a vontade de inovação e crescimento, às vezes uma pessoa empreendedora sozinha não possui recursos suficientes para investir, portanto a saída pode ser contar com a família. Seja contando com o trabalho de parentes, ocupando uma parte da residência, uma empresa familiar pode surgir na sala de casa e se expandir para lugares maiores e alcançar o grande público.


De acordo com o IBGE, 90% das empresas no Brasil têm estrutura familiar, correspondendo a 65% do PIB nacional.


Novas tecnologias, novos investimentos, novos projetos surgem o tempo todo. Com o crescimento da empresa, essas possibilidades se tornam cada vez mais próximas e necessárias.


Definição

O dicionário Michaelis resume empresa como: sociedade organizada para a exploração de indústria ou comércio; com a finalidade de obter um rendimento monetário através da produção de bens ou de serviços. Além disso, a renda e o patrimônio dos familiares estão diretamente ligados aos da empresa.


Nem sempre uma empresa familiar não é constituída somente de parentes, isso varia conforme as demandas e objetivos de cada organização.


História

Antes mesmo do surgimento da palavra empresa, (do italiano, imprensa, atividade a que uma pessoa se dedica, derivada do latim, emprehendere, formado por EM-, em, mais PREHENDERE, pegar, capturar, levar diante de si, segurar).


Era uma vez, um artesão que produzia calçados no quintal de casa. Precisou encontrar um lugar maior para expandir sua produção e providenciou um novo imóvel exclusivo para isso. Com maior demanda, necessitou de ajuda dos filhos para atender toda sua clientela. Décadas depois, o artesão já não conseguia mais trabalhar e se aposentou, deixando o controle da produção de calçados para seus filhos.


Essa é a história mais comum de uma empresa familiar. Seja uma fábrica, uma floricultura, uma escola ou uma padaria.


Tipos de empresas familiares

Ao longo dos séculos e a ascensão do sistema econômico atual, artesãos, agricultores e comerciantes começaram a se organizar para formalizar seus empreendimentos. 


Para se adaptar a cada projeto, existem alguns tipos de empresas familiares:

1. Empresa familiar tradicional

Capital, administração e finanças são de controle exclusivo dos familiares;

2. Empresa de trabalho familiar

Além do modelo tradicional, a força de trabalho também é feita pelos membros da família;

3. Empresa de administração familiar

Os familiares buscam capacitação técnica para gestão de negócio;

4. Empresa familiar híbrida

A gerência é da família, mas o capital é aberto e pode ter gestores profissionais que não são da família;

5. Empresa de influência familiar ou de investimento

Controle estratégico (conselho administrativo), mas não participam da gestão total da empresa.


Gestão e profissionalização

Delegar e distribuir tarefas entre os familiares facilita o fluxo de trabalho na empresa e evita sobrecarga de trabalho.


Com o crescimento da empresa, surge a necessidade de expansão em diversos setores, porém os membros da família muitas vezes não possuem capacitação técnica em outras áreas. Para resolver essa situação, há várias resoluções, como cursos de graduação e especialização, e terceirização de serviço.


Inovação e tecnologia

Uma empresa familiar, como qualquer empreendimento, precisa estar preparada para sobreviver ao longo de décadas e todo tipo de mudança possível no mundo que pode afetar o ambiente interno.


Uma empresa criada nos anos 40, tinha que lidar com certas tecnologias que hoje estão obsoletas. Atualmente, celulares e computadores são bastante úteis para diversos processos, mas algumas gerações ainda têm dificuldades para lidar com esses equipamentos.


Além disso, uma empresa que trabalhou com os mesmos métodos por anos pode ter receios para mudar um processo de forma drástica, mas as novidades podem trazer melhorias e o crescimento da empresa. Analisar quais ferramentas e metodologias são úteis para a empresa, sejam elas novas ou antigas.


Emoções

Os problemas pessoais devem permanecer distantes da empresa, mesmo que as pessoas envolvidas trabalhem juntas e morem no mesmo lugar. Por isso, é complexa a relação entre familiares, então é necessário ter bastante maturidade para não prejudicar o funcionamento da empresa nem a relação familiar.


Legado

As lições que a família nos ensina são eternas e uma empresa familiar reproduz isso em suas atividades.


Infelizmente, nossos entes queridos nos deixam, então é necessário que alguém conduza o negócio. Assumir o comando da empresa familiar permite que sejam transmitidos ensinamentos e valores que a família cultivada no âmbito particular.  


Em nossa Websérie - Dia a dia da empresa familiar Sebrae, contaremos a história de 8 empreendimentos que cresceram a partir do amor e da vontade de inovação.


Os episódios irão ao ar todas as terças e quintas-feiras, às 10h! Acompanhe a introdução sobre a Websérie!


avatar ANA CAROLINE DOS SANTOS BINI
Ana Caroline Dos Santos Bini
Especialista em Gestão da Inovação | Assistente Sebrae PR - Reg. Centrofavorite_outline Seguir Perfil
capa Dia a dia do Empresário
Dia a dia do Empresário
people 763 participantes
Comunidade digital que reúne conteúdo prático sobre o DIA A DIA DO EMPRESÁRIO de Micro e Pequena Empresa.
fixo
Em alta
4 pequenos negócios rurais lucrativos para 2023
14 dez. 20224 pequenos negócios rurais lucrativos para 2023
Guarulhos se destaca na geração de empregos no Brasil
03 nov. 2023Guarulhos se destaca na geração de empregos no Brasil