Logo Comunidade Sebrae
Home
bedtime
Imagen da logo do Sebrae
icone menu de opções
Iníciokeyboard_arrow_rightVarejo keyboard_arrow_rightArtigos

O mercado Do It Yourself (DIY)

avatar TAIS MARA HORTELA
Tais Mara Hortelafavorite_outline Seguir perfil
fixo
thumb_up_alt
O mercado Do It Yourself (DIY)
Criado em 11 AGO. 2020
text_decreaseformat_color_texttext_increase

 

Em meio a essa pandemia as pessoas não estão muito preocupadas com o visual, certo?

Errado. Apesar dos salões estarem atendendo uma demanda menor de clientes, o mercado da beleza não parou, e vem sendo reinventados nos lares dos consumidores. Muitas pessoas recorreram ao Do It Yourself (DIY), o famoso faça você mesmo, com tutorias que vão desde maquiagens a cortes de cabelo. Os consumidores têm se virado dentro de casa para manter o cuidado com os cabelos e a pele (e outros rituais de beleza) em dia. O que prova que as pessoas estão descobrindo novas formas de cuidar delas mesmas e procurando produtos para ajudá-las a recriar tratamentos habituais de beleza em casa, o que também elevou o número de compras online de itens de beleza e bem-estar.

Alguns números que mostram mudanças de hábitos, e o interesse por esse novo estilo de vida.

- No site Pinterest, uma plataforma online de pesquisas e inspirações, as buscas por autocuidado em casa tiveram um aumento de 332% no período de isolamento.

- A MindMiners, empresa especializada em pesquisa digital, registrou que 43% das mulheres passaram a fazer a própria unha.

- Estudo da Opinion Box revela que 25% cancelaram ou suspenderam serviços de bem-estar.

- Dados da Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC) mostram que o setor de cosméticos teve crescimento de 3,5% em maio em relação ao mesmo período do ano passado, com destaque para itens de cuidados com a pele e batom.

- A ABIHPEC traz a tendência em números: aumento de 92,8% em volume de vendas das máscaras faciais, 14,7% dos cosméticos antirrugas/sinais/idade e 8,3% dos hidratantes faciais, comparando os meses de janeiro a maio de 2020 com o mesmo período em 2019.

- O MERCADO LIVRE registrou aumento de 24% de vendas de maquininhas de cortar cabelo em relação ao mesmo período do ano passado.

Os famosos também aderiram ao Do It Yourself, mostrando suas rotinas, e ensinando receitas naturais de beleza com ingredientes facilmente encontrados em farmácia. Outras por sua vez optaram por outro estilo de vida, a beleza limpa, ou clean beauty, conceito que já vinha crescendo e que está se consolidando cada vez mais na pandemia.

 A crise mudou e criou novos hábitos nos consumidores. Profissionais da indústria e do comercio já buscam formas de se se reinventarem para atenderem a demanda desse novo público, e continuar presente no cotidiano e mente dos consumidores quando isso tudo passar.

Muitas pessoas irão retomar as buscas por serviços da beleza com a mesma frequência de antes da pandemia, outros numa frequência menor, mas ainda buscarão, pois os salões de beleza, barbearias, esmaltarias, clínicas estéticas, são mais que lugares para cuidar da aparência, são pontos de conexões, trocas, descobertas. É onde vamos para sair da rotina, são locais de relaxamento, onde esquecemos por um momento as preocupações do cotidiano.

Participe da Comunidade Serviços de Beleza!

Email: Thortela@pr.sebrae.com.br

Instagram: Taismarahortela

avatar TAIS MARA HORTELA
Tais Mara Hortela
Unidade de Gestão Estratégica Sebrae Pr favorite_outline Seguir Perfil
capa Varejo
Varejo
people 3860 participantes
Um local criado para oferecer ao EMPRESÁRIO DO VAREJO conteúdos relevantes e atualizados, tendências, cursos e interação com atores do ecossistema, gerando conhecimento e networking.
fixo
Em alta
Canvas de Vendas: uma ferramenta simples, visual e prática para a sua empresa
09 nov. 2021Canvas de Vendas: uma ferramenta simples, visual e prática para a sua empresa
Como a automação industrial impacta nossas vidas
09 ago. 2021Como a automação industrial impacta nossas vidas
Para ver o conteúdo completo, bastase cadastrar, é gratis 😉
Já possui uma conta?