Logo Comunidade Sebrae
Home
bedtime
Imagen da logo do Sebrae
icone menu de opções
Iníciokeyboard_arrow_rightDia a dia do Empresáriokeyboard_arrow_rightArtigos

Websérie: Temporada 01 - EP 08 - Empresa Familiar

avatar GIULIANA PEREIRA
Giuliana Pereirafavorite_outline Seguir perfil
fixo
thumb_up_alt1
Websérie: Temporada 01 - EP 08 - Empresa Familiar
1 pessoa curtiu esse artigo
Criado em 14 DEZ. 2021
text_decreaseformat_color_texttext_increase

No episódio de hoje apresentamos o case das empresas:

Gava Ambientes ( ato Branco - PR), Brio Limp (Cascavel - PR), Agrícola Estrela (Guarapuava - PR).


Conheça mais sobre a gestão de pessoas nas empresas familiares!

Comandar uma empresa pode se tornar um quebra-cabeça bastante complicado quando se usam as peças erradas. Para superar os desafios e cumprir as metas, a empresa precisa de gestão eficaz em todos os departamentos, principalmente nos seguintes setores: financeiro, administrativo e pessoal. 

O setor de recursos humanos (RH) acaba se tornando um dos departamentos mais importantes de uma empresa por lidar com um de seus patrimônios mais valiosos: as pessoas.



Profissionalização do departamento

A empresa deve criar o departamento de RH para gerir a contratação, gerência e suporte dos funcionários. Um dos familiares deve assumir essa função ou uma pessoa de fora da família deve ser contratada para desempenhar um cargo específico, conforme as demandas do negócio.

Estimular os talentos da equipe também agrega seriedade na prestação do serviço, independentemente da área de atuação tanto do funcionário quanto da empresa.

Outro recurso viável é o aprimoramento técnico dos trabalhadores através de consultorias profissionais, como a do Sebrae.



Ferramentas úteis

Atualmente, as empresas dispõem de um rol extenso de tecnologias e plataformas para facilitar a gestão de pessoas.

Automatização de tarefas, pagamentos automáticos, controle de horários e acesso dos funcionários são apenas alguns dos recursos disponíveis para aprimorar o trabalho do departamento pessoal. Dessa forma, o setor otimiza o gerenciamento do quadro de funcionários.



Garantias aos colaboradores

Garantir direitos trabalhistas, benefícios e bonificações a todo o quadro de funcionários, incluindo familiares obviamente, desperta motivação nas pessoas para cumprir suas responsabilidades e, dessa forma, criar um empreendimento cada vez mais rentável ao longo do tempo.

Vale-refeição, férias remuneradas, plano de saúde, bolsa de estudo e tantas outras vantagens servem de estímulo para que os funcionários continuem motivados para suas atividades profissionais.



Além da gestão de pessoas

A gerência da equipe não deve permanecer somente sob controle do RH, dirigentes e coordenadores de todos setores devem também se atentar ao desempenho e comportamento dos trabalhadores. Lidar com as pessoas deve ser imprescindível para qualquer cargo de liderança.

Os líderes devem se atentar às atitudes de cada um e suas consequências em relação a conduta dos demais membros da equipe. 



Fatores psicológicos

O desempenho dos funcionários depende também de questões internas e pessoais de cada um deles, que repercutem na rotina dessas pessoas dentro e fora da empresa. A gerência deve apresentar métodos de motivação, treinamento, inspiração, inovação e encorajamento aos funcionários. Sem esquecer também de aplicar medidas de disciplina, avaliação e demissão quando necessário.

Preocupar-se com autoestima, automotivação, confiança e disciplina de cada pessoa aprimora seu desenvolvimento individual. Consequentemente, isso traz resultados para a evolução coletiva da empresa.



Competências para trabalhar

Todo funcionário deve estar ciente das atribuições gerais e específicas para o ofício. Primeiramente, as habilidades genéricas correspondem a atividades e perspectivas que todos os funcionários devem conhecer, independentemente do setor onde trabalham. Já as aptidões particulares se referem ao trabalho especializado de cada empregado em seu setor específico.

De qualquer forma, todas essas competências devem estar alinhadas entre direção e equipe para fomentar o cumprimento dos objetivos da empresa.



Equipe de sucesso

Criar uma rede de gestão e apoio faz com que o trabalho em equipe seja mais leve, comprometido e efetivo. Por consequência, a empresa cresce internamente, tornando-se exemplo não apenas em sua área de atuação, mas também como modelo de negócio na gestão de pessoas.

Uma equipe feliz e bem chefiada permite que o legado da empresa familiar sobreviva ao longo de várias gerações no mercado competitivo.



E você, já explorou as opções de softwares criados para facilitar a gestão de pessoas e competências na sua empresa? Está esperando o que para trazer ainda mais inovação para a sua operação? Fique atento para as dicas do nosso próximo episódio, todas as terças e quintas, até lá!

avatar GIULIANA PEREIRA
Giuliana Pereira
favorite_outline Seguir Perfil
capa Dia a dia do Empresário
Dia a dia do Empresário
people 768 participantes
Comunidade digital que reúne conteúdo prático sobre o DIA A DIA DO EMPRESÁRIO de Micro e Pequena Empresa.
fixo
Em alta
4 pequenos negócios rurais lucrativos para 2023
14 dez. 20224 pequenos negócios rurais lucrativos para 2023
Guarulhos se destaca na geração de empregos no Brasil
03 nov. 2023Guarulhos se destaca na geração de empregos no Brasil