Logo Comunidade Sebrae
Home
bedtime
Imagen da logo do Sebrae
icone menu de opções
Iníciokeyboard_arrow_rightDo Campo à Mesakeyboard_arrow_rightArtigos

Manipueira: de problema à solução

avatar MARIA ISABEL ROSA GUIMARAES
Maria Isabel Rosa Guimaraesfavorite_outline Seguir perfil
fixo
thumb_up_alt
Manipueira: de problema à solução
Criado em 18 NOV. 2019
text_decreaseformat_color_texttext_increase

Manipuiera tupi Guarani: o que brota da mandioca.

Em 2017, uma chef renomada sabendo do projeto de Indicação Geografica com a Farinha de Mandioca do Litoral do Parana,  solicitou que trouxéssemos, se fossemos a Guaraqueçaba, a manipueira. Perguntei a ela o que seria e a resposta foi que era o liquido derivado do processo da farinha de mandioca, e que depois de fervido viraria uma iguaria, chamada de Tucupi,  usada para fazer deliciosos pratos.

Ao pesquisarmos descobrimos que a manipueira era descartada no meio ambiente, ou seja, um problema. A manipueira tem um grande potencial poluente de rios, lagos e lençóis freáticos, pois possui elevado teor de matéria orgânica e, se a raiz for da mandioca brava, ácido cianídrico, elemento tóxico poderoso capaz de comprometer as células nervosas de animais e homens. Assim, imaginem a poluição causada por uma farinheira que manipule uma tonelada de mandioca com a geração de 300 litros de manipueira! Mas, se tratado, esse liquido é considerado pelos cozinheiros famosos como um liquido Precioso, conhecido como TUCUPI.

 www.embrapa.br/busca-de-noticias/-/noticia/18147209/manipueira-um-liquido-precioso

E assim  surgiu o projeto MANIPUEIRA:  o Sebrae buscou a parceria da PUC e a Universidade Positivo  para transformar esse até então desprezado produto em algo econômica, social e ambientalmente sustentável.

Quem passa a ganhar é o publico consumidor que a partir desse trabalho terá a oportunidade de resgatar as histórias dos nossos antepassados e experimentar produtos totalmente paranaenses.

Acompanhem o projeto porque teremos muitas surpresas em 2020!

Além de eventos com os maiores chefes do Brasil que farão pratos incríveis, também incentivaremos as pessoas a fazerem novos pratos e descobrirem novos sabores.

Aguardem!

avatar MARIA ISABEL ROSA GUIMARAES
Maria Isabel Rosa Guimaraes
Pós graduada em Empreendedorismo. Trabalha no Sebrae na área de Agronegócios há 15 anos. Participou de várias missões técnicas para conhecer experiências no Agronegócios em países como Holanda, Alemanha, Itália, Franca, Argentina, Colômbia, Chicago, NZ e Austrália.favorite_outline Seguir Perfil
capa Do Campo à Mesa
Do Campo à Mesa
people 1631 participantes
Você produtor, empresário, técnico e curioso do setor de agronegócios, alimentos e bebidas é nosso convidado especial para fazer parte desse espaço para quem busca conhecimentos sobre tecnologias, inovações, tendências, legislações, ou seja, novidades para o setor/segmento de agronegócios/alimentos e bebidas. Participe! Acesse, escreva e compartilhe artigos, entrevistas, vídeos e orientações.
fixo
Em alta
Dispara pedido de recuperação judicial por produtor rural
07 fev. 2024Dispara pedido de recuperação judicial por produtor rural
Como o ERP pode ajudar no setor de alimentos
29 mar. 2023Como o ERP pode ajudar no setor de alimentos
Para ver o conteúdo completo, bastase cadastrar, é gratis 😉
Já possui uma conta?