Logo Comunidade Sebrae
Home
bedtime
Imagen da logo do Sebrae
icone menu de opções
Iníciokeyboard_arrow_rightNegócios em Turismokeyboard_arrow_rightArtigos

Macrotendências Saiba como aplicá-las aos negócios turísticos

avatar VIVIAN SCHLEMM DE ALBUQUERQUE
Vivian Schlemm De Albuquerquefavorite_outline Seguir perfil
fixo
thumb_up_alt
Macrotendências Saiba como aplicá-las aos negócios turísticos
Criado em 08 MAR. 2020
text_decreaseformat_color_texttext_increase

Grandes movimentos que influenciam a sociedade, a cultura e o consumo por um longo período de tempo. Fenômenos que designam determinadas trajetórias de transformação dentro das sociedades.

Numa rápida busca no Google, é possível encontrar inúmeros significados para o termo macrotendências. Mas o que importa mesmo não é saber o que são,  mas como aproveitá-las e, digamos, surfar na onda.

Mas macro é também um conjunto de micros. E, se por acaso, você não conseguir enxergar como se encaixar em uma macrotendência, com certeza enxergará oportunidades olhando com cuidado para as micro.

O mercado está sempre de olho no consumidor. Afinal é ele quem dita como a coisa toda irá funcionar. É assim para o mercado imobiliário, para o mercado da moda... e também para o mercado de turismo. Num ano a moda é enviar os filhos à Disney, passa um tempo, e a nova onda é enviá-los para um intercâmbio ou para uma viagem de voluntariado. A pergunta é: você está preparado para oferecer o que o cliente resolve desejar? Para a forma como ele decide que quer ser atendido? Ou ainda para processos de gestão que possam colocar sua empresa à frente no que diz respeito à competitividade e relacionamento com o cliente?

Nos últimos anos, o Sebrae tem acompanhado pesquisas de tendências  e a partir de muitas delas compilou as mais relevantes para os pequenos negócios do Paraná. Dentro de quatro macrotendências, elencou pelo menos 10 micro enfatizando como aproveitar tudo isso para inovar, crescer, gerir a empresa, interagir com o cliente ou seguir os novos modelos de negócios.  Falar sobre todas, geraria aqui um novo guia e muitas páginas. Assim pincei algumas delas para você já ir pensando no que pode fazer lá na sua empresa dentro dos próximos anos.

(Re) Humanização Globalizada Depois de focar em tanta tecnologia e bens de produção, esquecendo inclusive da vida com qualidade, a sociedade agora busca saúde e bem estar para todos. Filtra mais o que vê nas redes, busca coisas simples como o contato com a natureza, respeita não só a diversidade mas o próprio eu, levando adiante os novos papéis das mulheres na sociedade, e bandeiras como a da economia compartilhada e  a do consumo verde.

O que o turismo pode aproveitar neste cenário? Resgatar coisas que andavam meio esquecidas como a própria valorização às pessoas, respeitando-as na comunicação, nas suas opções, oferecendo simplicidade e o que elas realmente querem. Mesmo que isso tudo signifique menos conexão virtual  e mais conexão real.

Conexão de tudo Ué? Mas não acabamos de falar sobre desconexão? Então, as macrotendências são mesmo assim. Há o anseio pela simplicidade e o contato com outras pessoas e a natureza, mas não há como negar que há demanda também para as conexões entre os mundos real e virtual. E aí tanto as grandes quanto as pequenas empresas vão precisar pensar nisso. O celular desaparece e o relógio entra em seu lugar possibilitando até compras. Os robôs estão presentes nos mais diversos ambientes, inclusive na sua casa. Você nem sabe mais o que é real ou virtual de tão bem entrelaçadas que as realidades aparecem. São vídeos mostrando coisas que você pode comprar inclusive com moedas que não são palpáveis. Como minha empresa pode acompanhar? Pensando fora da caixa. E este passa a ser um exercício diário.

Vivenciando experiências Tá certo. Uma hora o cliente quer conexão, noutra hora experiência e em alguns momentos tudo ao mesmo tempo agora. Esta macrotendência fala sobre experiências únicas, realmente especiais. O cliente quer ser surpreendido com diversão. Quer ao mesmo tempo resgatar algo de que sente saudades dos tempos analógicos. Quer tempo, autenticidade, prazer em coisas simples como o próprio ir e vir nada de estress no trânsito por exemplo, e ainda busca propósito no que faz. Quanta coisa! Mas não se desespere. Não é preciso atender tudo. Consiga fidelizá-lo aos poucos e vá se adaptando. Permita-lhe tomar o banho de rio lembrando o sítio onde cresceu. Facilite tudo para que ele ganhe tempo com você e aproveite mais a vida.

Gestão Inteligente E para fechar tudo isso, se apegue à última das quatro macrotendências e deixe a gestão do seu negócio ainda mais inteligente. Otimize processos com a tecnologia, por mais simples que seja, e deixe as pessoas que trabalham com você serem criativas. Diferencie-se das máquinas. Se parecer algo complicado demais, busque parcerias . Cuide do ambiente, mas não perca de vista o cliente... sempre o cliente. Um cliente que agora quer aprender e conviver com a sua marca , identificando-se com ela.

 

 

 

avatar VIVIAN SCHLEMM DE ALBUQUERQUE
Vivian Schlemm De Albuquerque
Marketing e Vendas - Vias Consultoresfavorite_outline Seguir Perfil
capa Negócios em Turismo
Negócios em Turismo
people 1290 participantes
Conteúdo relevante, prático e instrutivo, indicando soluções para as empresas e atores ligados aos negócios de turismo e viagem buscarem novos caminhos e superarem a crise.
fixo
Em alta
Experiências turísticas do Paraná
29 nov. 2022Experiências turísticas do Paraná
Origem e importância dos bares
18 nov. 2022Origem e importância dos bares
Para ver o conteúdo completo, bastase cadastrar, é gratis 😉
Já possui uma conta?