Logo Comunidade Sebrae
Home
bedtime
Imagen da logo do Sebrae
icone menu de opções
Iníciokeyboard_arrow_rightVarejo keyboard_arrow_rightArtigos

Investir para Ganhar!

avatar ALESANDRA REGINA DE ALMEIDA
Alesandra Regina De Almeidafavorite_outline Seguir perfil
fixo
thumb_up_alt2
Investir para Ganhar!
2 pessoas curtiram esse artigo
Criado em 03 AGO. 2021
text_decreaseformat_color_texttext_increase

Depois de decidir:

1) que deseja uma franquia, e;

2) em que segmento gostaria de trabalhar (fast food, serviços, varejo, etc.), é hora de determinar o que você pode pagar. Seu "orçamento" limitará suas escolhas.

O custo de entrada varia muito, tanto pelo segmento que você escolher quanto pela marca de franquia que você selecionar dentro desse segmento. Normalmente os investimentos para implantar uma unidade são bastante diferentes e dependem de vários fatores, e como exemplo, podem variar da seguinte forma:                       

§ Acima de R$500.000,00                                               

§ Entre R$300.000,00 e R$500.000,00                               

§ Entre R$200.000,00 e R$300.000,00                           

§ Entre R$90.000,00 e 200.000,00                                   

§ Até R$90.000,00 (microfranquia)      

Quanto mais alto o investimento para adquirir uma franquia, menor é o número de candidatos disponíveis, por outro lado, quanto menor o investimento, maior será a quantidade de pessoas dispostas a entrar no negócio. Isso é um fator chave para acelerar ou retardar o crescimento da rede após a formatação do modelo de negócio pelo sistema franchising.

Saber quanto investir na estruturação da unidade, abrangendo ainda a taxa de franquia - seja uma loja de varejo com estoque e equipe, ou uma empresa de serviços home office com apenas um operador (você) - permite você se concentrar de forma realista em quais setores e marcas a serem considerados.

Mesmo antes de assinar um contrato de franquia, você incorrerá em custos como honorários profissionais (um advogado para revisar o contrato e um contador para calcular os números). E antes de abrir, dependendo do tipo de negócio que você escolher, haverá custos para construir sua loja ou escritório, estoque, equipamentos, seguro, treinamento de funcionários, licenças comerciais, aluguel, paisagismo, sinalização, etc. Claro que tudo isso depende do segmento e formato da franquia.

Além de tudo que já foi citado, caso ocorra a compra de um imóvel ou o investimento no pagamento de luvas, tais valores devem ser considerados no plano de negócio. Também esteja preparado para a grande inauguração e despesas iniciais de publicidade e promoção. Depois que você abre, há despesas fixas  como suprimentos, salários, honorários profissionais, aluguel, condomínio, manutenção, uniformes dentre outros, sem contar valores de financiamento mensais (caso você tenha obtido empréstimo para adquirir a franquia).

Então, é claro, há a taxa de franquia - o preço de entrada único para usar a marca do franqueador, o sistema operacional e para receber suporte contínuo em gerenciamento, treinamento, marketing e muito mais. As taxas de franquia geralmente variam demais e podem estar entre 5.000,00 e 100.000,00, embora possam chegar a valores acima de R$100.000,00 para redes com marcas conhecidas e bem estabelecidas. Uma vez aberto o negócio, há royalties mensais a pagar, que normalmente podem ter uma taxa fixa ou variam de a acordo com um percentual do faturamento.  Dependendo da franquia, há ainda a taxa de propaganda a ser paga em formato similar aos royalties.

Os franqueadores geralmente avaliam e validam um candidato como potencial franqueado da marca com base em uma análise financeira que envolve:

§ Liquidez - a menos que seja um modelo de negócio inovador e fora da curva, a franquia levará tempo para gerar lucro (o franqueador deve ser capaz de dizer por quanto tempo). Os franqueadores sabem disso e geralmente exigem que os novos franqueados tenham um montante mínimo de liquidez para manter o negócio durante o primeiro ano ou mais, até que seu resultado financeiro passe do vermelho para o azul. Capital de giro é muito importante.

§ Patrimônio líquido - os franqueadores também costumam definir um nível mínimo de patrimônio líquido antes de considerarem alguém um verdadeiro candidato para sua marca.

§ Fiador boa parte dos franqueadores exigem um fiador como garantia a eventual inadimplemento por parte do franqueado, principalmente quando a franquia envolve venda de produtos por parte do franqueador.

Enfim, o investimento de entrada de um franqueado à uma rede de franquias variam em função da marca, do tamanho do território concedido, da condição do imóvel e do nível de serviços e apoios. Algumas marcas oferecem incentivos e modelos operacionais para que novos franqueados possam começar com bons resultados logo no início, reduzindo o retorno do investimento. Os exemplos incluem royalties com desconto para o primeiro ano, taxas de franquia menor e até financiamento para parte do investimento.

Embora o investimento para entrar em uma rede de franquia possa parecer altos também custa muito dinheiro iniciar seu próprio negócio. Uma das vantagens de escolher um negócio franqueado é que você entra com os olhos bem abertos em relação aos custos iniciais e futuros. Com base na experiência dos franqueados existentes, os franqueadores podem fornecer uma imagem mais precisa do investimento e da lucratividade com uma boa estimativa de quando seu fluxo de receita se tornará positivo - informações valiosas que você não vai obter se iniciar um negócio do zero.

Com base nisso, é possível concluir que investir para ganhar é necessário. E uma rede de franquias torna-se uma opção mais segura e vantajosa par

avatar ALESANDRA REGINA DE ALMEIDA
Alesandra Regina De Almeida
Graduada em Administrao de Empresas e Especialista em Controladoria e Finanas pela Pontifcia Universidade Catlica do Paran. Consultora do SEBRAE/PR, Gestora da Linha Estratgica Educao Empreendedora e do Comrcio Varejista da Regional Norte.favorite_outline Seguir Perfil
capa Varejo
Varejo
people 3821 participantes
Um local criado para oferecer ao EMPRESÁRIO DO VAREJO conteúdos relevantes e atualizados, tendências, cursos e interação com atores do ecossistema, gerando conhecimento e networking.
fixo
Em alta
Canvas de Vendas: uma ferramenta simples, visual e prática para a sua empresa
09 nov. 2021Canvas de Vendas: uma ferramenta simples, visual e prática para a sua empresa
Como a automação industrial impacta nossas vidas
09 ago. 2021Como a automação industrial impacta nossas vidas
Para ver o conteúdo completo, bastase cadastrar, é gratis 😉
Já possui uma conta?