Logo Comunidade Sebrae
Home
bedtime
Imagen da logo do Sebrae
icone menu de opções
Iníciokeyboard_arrow_rightAmbientes de Inovaçãokeyboard_arrow_rightArtigos

Inovação não é sobre tecnologia

avatar RENATO ANDERCAO PEREIRA
Renato Andercao Pereirafavorite_outline Seguir perfil
fixo
thumb_up_alt2
Inovação não é sobre tecnologia
2 pessoas curtiram esse artigo
Criado em 20 JUN. 2022
text_decreaseformat_color_texttext_increase

Ter um escorregador faz da sua empresa inovadora? Bom, a Google, gigante da internet, tem um. Brincadeiras a parte, não é a remoção do dress code, adição de uma mesa de ping-pong ou o escorregador que vão tornar a sua empresa inovadora. Inovação é sobre pessoas.

Quase todas as empresas, hoje, sejam elas grandes, médias ou pequenas, estão de olho em termos como inovação e disrupção.

Estar por dentro é, sem dúvidas, necessário para que essas empresas se mantenham relevantes. O problema, contudo, é que boa parte das pessoas e empresas pensam que "Inovação" e "tecnologia" são a mesma coisa.

Sério! Não pense que essa interpretação é feita apenas por gestores de pequenas e médias empresas. Até mesmo grandes empresas muitas vezes tem dificuldades em diferenciar inovação de tecnologia.

Possuir um programa interno de inovação ou trabalhar com diversas startups não garante que uma empresa é, ou será, inovadora. Ao invés de buscar entender a demanda dos clientes, muitas empresas concentram seus esforços apenas em tecnologia.

Muitas empresas criam laboratórios corporativos internos para incubar e acelerar ideias, sem muitas vezes saberem realmente o que querem com todo aquele processo. Como já vimos anteriormente, abrir um espaço, excluir o dress code e adicionar uma mesa de ping-pong não são garantias de inovação.

Inovação não tem a ver com uma área específica da empresa ou com a última tecnologia lançada. Inovação é, sobretudo, sobre pessoas. Se quiserem se transformar em empresas inovadoras, as organizações jamais podem depender de um "time de inovação", como se houvesse um grupo de iluminados que são responsáveis por todas as disrupções que acontecerão na empresa. O ponto chave tem a ver com a criação de uma cultura de inovação por parte das pessoas. 

Em empresas inovadoras como Google, Amazon ou Netflix, todos os funcionários são incentivados e capacitados a inovar. Essas empresas tem em comum líderes que se concentraram em mudar a forma de pensar de seus funcionários, mostrando que a inovação não é restrita a apenas uma área da companhia. 

Além disso, uma cultura e processos organizacionais que possibilitem a inovação são indispensáveis, antes mesmo da decisão sobre qual tecnologia usar.

Certo, mas como vou tornar minha empresa mais inovadora? Como conseguir que meus colaboradores desenvolvam um modelo mental inovador?

Gerencialmente é essencial, uma cultura de inovação jamais deve ser imposta hierarquicamente de cima para baixo. Contudo, o apoio gerencial é essencial para que a disrupção aconteça. Todas as camadas de funcionários da empresa devem perceber que a liderança está aberta a inovações e tentativas inovadoras.

Além disso, a missão da empresa deve estar clara para todos. Funcionários desmotivados ou emocionalmente descontentes com seus empregadores não geram inovação! Muitas vezes, isso ocorre pois os funcionários não sentem que possuem uma voz ativa na empresa. Ouça seus funcionários e tenha certeza de que todos eles sentem que estão contribuindo significativamente para que a empresa (e, por consequência, todos) atinja seus objetivos.

É preciso deixar claro que todos podem (e devem) inovar. Como já falamos, o erro recorrente de muitas empresas está em achar que inovação tem a ver com tecnologia ou com times iluminados. Para que sua empresa realmente se torne inovadora, deixe claro que a inovação não pertence a uma determinada área do negócio.

Todas as áreas e todos os indivíduos devem estar sempre pensando em como melhorar a experiência dos clientes, dos fornecedores, dos colaboradores, de todos seus stakeholders diminuindo atritos e criando soluções de conveniência para eles.

A diversidade cultural vai fazer toda a diferença. Dificilmente equipes formadas por pessoas com o mesmo ponto de vista atingem altos níveis de disrupção. Sempre que possível, é interessante reunir pessoas diferentes em torno do mesmo problema, para que elas possam trazer diferentes experiências e pontos de vista.

Vale apostar em equipes diversificadas, seja em gênero, etnia ou origens culturais, seja em níveis de educação e idade.

Ter isso em mente muda TUDO! E não se esqueça: Inovação é sobre PESSOAS.

 

avatar RENATO ANDERCAO PEREIRA
Renato Andercao Pereira
Olá, sou Renato, inquieto e totalmente viciado em transmitir conhecimento, buscando sempre comunicar de forma simples e descontraída. Sou business designer na Nectus, um laboratório de inovação aberta que constrói soluções estratégicas para o desenvolvimento sustentável de comunidades à negócios. favorite_outline Seguir Perfil
capa Ambientes de Inovação
Ambientes de Inovação
people 1371 participantes
Os ambientes promotores de inovação são ativos de transformação dos ecossistemas. Por isso, criamos aqui um espaço para compartilhar conhecimento e experiências que podem ajudar os empreendedores e heads de inovação. Conecte-se agora e faça parte desta comunidade você também!
fixo
Em alta
O que é Inteligência Artificial?
25 nov. 2023O que é Inteligência Artificial?
Economia Circular: Importância e Desafios
05 dez. 2023Economia Circular: Importância e Desafios