Logo Comunidade Sebrae
Home
bedtime
Imagen da logo do Sebrae
icone menu de opções
Iníciokeyboard_arrow_rightNovos Negócioskeyboard_arrow_rightArtigos

Porque é importante registrar minha marca?

avatar ISABELA LIMA BRAZ GUEDES
Isabela Lima Braz Guedesfavorite_outline Seguir perfil
fixo
thumb_up_alt1
Porque é importante registrar minha marca?
1 pessoa curtiu esse artigo
Criado em 08 NOV. 2022
text_decreaseformat_color_texttext_increase

Já falamos anteriormente aqui sobre o que é marca e, no mesmo artigo, explicamos um pouco sobre como funciona o registro da marca e quais são os tipos e modalidades de registros possíveis aqui no Brasil.

Então, agora que você já sabe disso, vamos te explicar como é importante você registrar a sua marca. O quanto isso vai agregar ao seu negócio. Vamos entender melhor?marca registrada

A marca de um negócio

Aquele símbolo que você criou, muitas vezes com o auxílio de um designer especialista em criação de identidade visual, tem muita importância para a sua empresa.

É por esse símbolo que o seu cliente vai te reconhecer, te indicar para outras pessoas e voltar a comprar com você.

Quantas vezes nós, só de ver alguma marca nas redes sociais ou nas ruas do comércio, já nos identificamos de cara e sentimos o desejo de conhecer mais sobre aquela empresa? Tenho certeza que você já teve essa sensação.

Porém, não adianta fazer um baita investimento em uma identidade visual, no trabalho de posicionamento dessa marca no mercado e nas redes sociais, em site, placa, material de papelaria, se você não fez o investimento mais importante, que é o registro dessa marca.

Se você não registrar, a marca não é sua!

Dessa forma, você está fazendo um investimento muito grande em algo que ainda não é seu. 

Ainda, porque a gente tem a esperança de que esse artigo toque seu coração e você já parta para o registro logo depois daqui.

Registre e impeça cópias

Uma das vantagens de quem registra a marca é o direito de impedir outras pessoas de te copiarem.

Ou seja, se alguém aparecer por aí com uma marca igual ou muito semelhante a sua a ponto de causar confusão no seu consumidor, você pode barrar essa pessoa com seu direito garantido.

Esse é um dos maiores motivos pelo qual os empresários acabam buscando o registro de suas marcas. 

Pois, todo mundo que registra a sua marca quer ser único e usar aquele símbolo com exclusividade no mercado.

Nas nossas redes sociais sempre postamos exemplos de empresas que tentaram copiar algumas marcas já registradas e se deram mal. Um mais recente foi uma empresa de Santa Catarina que imitou o símbolo da marca Ferrari e acabou tendo que pagar uma multa de R$ 20 mil.

E não tem jeito, quem registra a marca primeiro é quem garante os direitos.

Registre e garanta mais segurança

Já pensou receber um contato de um cliente seu dizendo que viu sua marca em outro lugar e acabou comprando achando que era da sua empresa? Ou pior, uma pessoa ser mal atendida num estabelecimento que copiou a sua marca?

Ninguém merece passar por essas situações, não é mesmo?

Ser reconhecido pelos seus clientes pela sua marca exclusiva e ficar em paz, sem dores de cabeça no seu negócio, não tem preço. Não tem o que pague essa segurança.

Registre e agregue valor ao seu negócio

Um outro ponto muito importante e que não podemos deixar de falar aqui é que a marca da sua empresa vale dinheiro. E, quando bem trabalhada, pode valer até mais do que o seu próprio negócio. 

Por exemplo, para calcular quanto vale a sua empresa num processo de venda do negócio ou em processos de franquia, o valor da marca também é contabilizado.

Ela é um patrimônio da sua empresa e deve ser tratada como tal. Já pensou ter uma casa, um carro ou qualquer outro bem que não está no seu nome? Não existe garantia nenhuma de que outra pessoa possa requerer esses bens, já que não são de ninguém?

A marca é um bem intangível da sua empresa e você precisa aprender a valorizá-la.

Registre e licencie a sua marca

Com o registro da marca você também pode licenciá-la e lucrar muito com isso.

O licenciamento é um processo que podemos comparar com um aluguel. Você "empresta" sua marca para outra pessoa ou empresa e, em troca, recebe um valor, que chamamos de royalties.

Pode ser um nome ou conceito um pouco diferente para você, mas o licenciamento está no nosso dia a dia e eu posso te provar.

Sabe quando uma blogueira faz uma publicidade para uma marca de shampoo e ela começa a aparecer em várias propagandas, posts, vídeos no YouTube com seu nome relacionado ao shampoo? 

No contrato dessa publicidade com certeza foi negociado o licenciamento da marca dessa blogueira, que pode sim ser seu próprio nome. Em troca, a marca de shampoo paga um valor para poder usar a imagem e nome da blogueira.

Porque ainda tem gente que não registra a marca?

Apesar de todas essas vantagens que falamos até agora, ainda tem muita gente que não fez o registro da marca e usa o nome e logo no mercado a anos sem nenhuma segurança.

As pessoas ainda não registraram suas marcas por vários motivos. Pode ser porque acham que o registro é muito caro, ou porque não entendem a importância, não conhecem a possibilidade de registro da marca ou até acham que ela pode ser registrada em outros lugares, como cartórios, por exemplo.

Para conhecermos um pouquinho mais, vamos esclarecer aqui que o registro da marca aqui no Brasil é feito apenas no Instituto Nacional da Propriedade Industrial, INPI.

E, sobre o registro da marca ser caro, posso te garantir que é muito mais caro você ter que trocar toda a sua identidade visual se alguém registrar a marca antes de você.

E então, está esperando o que para vir falar com a gente e garantir todos os direitos que o registro da marca te traz?

avatar ISABELA LIMA BRAZ GUEDES
Isabela Lima Braz Guedes
Meu grande objetivo profissional é ajudar empresas a protegerem seu conhecimento por meio das ferramentas que a Propriedade Intelectual oferece. Tenho mestrado em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para a Inovação, feito na UEM. Trabalhei por 4 anos na Aintec, Agência de Inovação Tecnológica da UEL, onde fui de Secretária Executiva até Coordenadora de Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia. Hoje, sou sócia e Head de Propriedade Intelectual na Magu Marcas e Patentes. Na Magu buscamos descomplicar a proteção da PI de forma que o titular faça parte do processo, acompanhando cada etapa e ciente de todos os andamentos.favorite_outline Seguir Perfil
capa Novos Negócios
Novos Negócios
people 5311 participantes
Um espaço aberto para trocas de experiências sobre novos negócios. Se você já tem uma ideia de negócio, ou ainda não sabe por onde começar, este é o lugar certo! Aqui, você encontra conteúdos para te ajudar a ter sucesso nesta jornada empreendedora ¿¿
fixo
Em alta
Sebrae Em Dados - Mercado de Produtos Naturais no Brasil
16 ago. 2022Sebrae Em Dados - Mercado de Produtos Naturais no Brasil
Sebrae em Dados - Salões de Beleza
15 out. 2022Sebrae em Dados - Salões de Beleza
Para ver o conteúdo completo, bastase cadastrar, é gratis 😉
Já possui uma conta?