Logo Comunidade Sebrae
Home
bedtime
Imagen da logo do Sebrae
icone menu de opções
Iníciokeyboard_arrow_rightFinanças e Tributoskeyboard_arrow_rightArtigos

Guia para organizar suas finanças

avatar BIANCA BECKER DE LIMA
Bianca Becker De Limafavorite_outline Seguir perfil
fixo
thumb_up_alt
Guia para organizar suas finanças
Criado em
text_decreaseformat_color_texttext_increase

Com a chegada do novo ano, é hora de renovar não apenas as metas pessoais, mas também dar uma nova cara às suas finanças. Para começar 2024 com o pé direito, a chave do sucesso é a organização financeira!

 

Com um pouco de dedicação e disciplina, é possível retomar o controle do seu dinheiro e concentrar seus esforços em alcançar seus objetivos. Neste guia, apresentamos dicas práticas e criativas para ajudar você a estabelecer e manter uma organização financeira eficiente. Vamos a nossa listinha!

A relevância da organização financeira


Engana-se quem pensa que é necessário ter conhecimento profundo em economia para manter uma vida financeira saudável. O primeiro passo para controlar despesas e viver melhor é investir na organização financeira.

Em linhas gerais, a organização financeira envolve práticas para conhecer, controlar e ajustar o orçamento, ou seja, a forma como você gerencia seus ganhos e gastos. Por meio dela, é possível colocar planos e objetivos em prática, seja para se livrar de dívidas, começar um novo curso ou realizar a aquisição de um imóvel.

Construindo sua organização financeira para o novo ano

À medida que um novo ano se inicia, surge a oportunidade de traçar caminhos mais sólidos para nossas metas e aspirações. Uma parte vital desse planejamento é a construção de uma organização financeira robusta, que não apenas permita o alcance de objetivos, mas também proporcione tranquilidade e estabilidade ao longo do ano. Anota aí!

1. Reflita sobre o ano anterior

Antes de qualquer coisa, reserve um momento para avaliar como foi sua vida financeira no ano passado. Essa retrospectiva é fundamental para começar o novo ano de maneira mais consciente. Avalie o que deu certo, identifique áreas de melhoria e esteja aberto a ajustes para manter ou modificar práticas.

2. Repense seus hábitos

Após a retrospectiva, é hora de considerar mudanças nos hábitos. Gastos rotineiros, aparentemente pequenos, podem impactar significativamente o orçamento no final do mês. Identifique esses hábitos, como delivery frequente, gastos impulsivos, serviços de streaming não utilizados etc., e estabeleça metas para deixá-los para trás.

3. Estabeleça metas financeiras

Definir metas para o seu dinheiro é um dos principais passos. Seja a compra de um carro, a conclusão de um curso ou a aquisição de um bem, o planejamento desde janeiro facilita a consecução desses objetivos nos meses seguintes.

4. Elabore um orçamento

Faça uma lista das despesas fixas da sua casa, estimando os valores a serem gastos. Isso proporcionará uma visão clara de quanto do seu orçamento já está comprometido para o ano. Utilize ferramentas online, como planilhas e aplicativos financeiros, para facilitar esse processo.

5. Quitação de dívidas

Pagar as dívidas é um passo importante para uma organização financeira eficiente. Anote o valor de cada dívida e seus respectivos juros, priorizando aquela de maior valor para iniciar o processo de negociação.

6. Desenvolva o hábito de poupar

Com as dívidas resolvidas, é hora de cultivar o hábito de poupar. Reserve, se possível, pelo menos 10% do seu ganho mensal. Se necessário, inicie com uma quantia menor, mas mantenha esse hábito constante.

7. Distinga desejos de necessidades

No campo econômico, as escolhas são inevitáveis. Aprenda a diferenciar desejos de necessidades, estabelecendo prioridades e focando em itens essenciais antes de considerar compras supérfluas.

8. Anotações para organização financeira

Manter um bloco de anotações para registrar seus gastos facilita o acompanhamento de suas finanças. Anote sempre que necessário, garantindo um controle mais efetivo.

9. Viva conforme seu padrão financeiro

Priorize o pagamento de contas e compromissos antes de investir em itens supérfluos. Isso contribui para manter a estabilidade financeira.

10. Busque renda extra

Se, mesmo após cortar despesas, as contas ainda não fecharem, considere buscar renda extra. Oferecer serviços freelance, consultoria autônoma ou vender itens não utilizados são opções a serem exploradas.

11. Pague contas antecipadamente

Além de evitar esquecimentos e juros, quitar as contas antes do vencimento pode proporcionar descontos. Estabeleça o hábito de pagar as contas assim que receber o salário.

12. Planeje suas compras

Planejar as compras evita o consumo impulsivo. Compre apenas o necessário e organize-se para adquirir itens adicionais de forma equilibrada.

13. Use o cartão de crédito com responsabilidade



O cartão de crédito pode ser um aliado se utilizado corretamente. Pague a fatura em dia, evite parcelamentos com juros elevados e ajuste o limite conforme seu orçamento.

14. Evite novas dívidas

Após quitar as dívidas, evite adquirir novas. Mude a perspectiva de consumo, comprando apenas o necessário e assumindo responsabilidade financeira.

15. Inicie uma reserva de emergência

Após quitar todas as dívidas, concentre-se em formar uma reserva de emergência. Essa reserva garante estabilidade financeira em situações imprevistas e deve corresponder a pelo menos seis meses dos seus gastos mensais.

16. Planeje atividades de lazer

Para manter o equilíbrio financeiro ao longo do ano, planeje suas atividades de lazer. Marque no calendário eventos importantes e estimativas de gastos para garantir o controle financeiro.

17. Engaje toda a família

Converse com os membros da família antes de elaborar o orçamento. Incluir crianças e adolescentes no planejamento os conscientiza sobre a importância da organização financeira desde cedo.

18. Compartilhe seus objetivos

Divulgue suas novas práticas financeiras para familiares e amigos. O envolvimento de pessoas próximas torna mais fácil a incorporação dessas dicas na sua vida e pode motivar outros a seguir o exemplo.

19. Busque conhecimento em educação financeira

Independentemente da sua renda, a educação financeira é fundamental para uma relação saudável com o dinheiro. Cursos gratuitos online e conteúdos educativos podem ser recursos valiosos para aprender a gerenciar suas finanças de forma eficaz.  E não esqueça, aqui no Sebrae, você tem muitas opções!

 

Organizar suas finanças para o novo ano exige comprometimento e esforço contínuo, mas os benefícios em longo prazo valem a pena. Ao seguir essas dicas, você estará no caminho certo para uma vida financeira mais estável e alcançará seus objetivos com mais facilidade. Coloque em prática e comece 2024 com o pé direito!

 

Quer começar 2024 com as finanças organizadas e alcançar seus objetivos?
Com o Sebrae, é possível! Se prepare, pois tem muita coisa boa chegando para o próximo ano!

avatar BIANCA BECKER DE LIMA
Bianca Becker De Lima
Sou Estrategista Digital, Produtora de conteúdo e Coordenadora da Comunidade Sebrae. Formada em Administração de Empresas, pós graduada em Marketing pela PUC/PR, tenho especializações em Marketing Digital. Apaixonada pelo vídeomarketing, também ensino pessoas a gravarem vídeos e atuarem no Instagram. Trabalho no Sebrae/PR há 10 anos :)favorite_outline Seguir Perfil
capa Finanças e Tributos
Finanças e Tributos
people 4568 participantes
Comunidade digital que reune informações e conteúdos sobre FINANÇAS e TRIBUTOS diariamente. Participe!
fixo
Em alta
Tire dúvidas sobre: Empréstimo, Financiamento, Crédito e Fampe.
12 mai. 2020Tire dúvidas sobre: Empréstimo, Financiamento, Crédito e Fampe.
Tire dúvidas sobre: Empréstimo, Financiamento, Crédito e Fampe.
12 mai. 2020Tire dúvidas sobre: Empréstimo, Financiamento, Crédito e Fampe.
Para ver o conteúdo completo, bastase cadastrar, é gratis 😉
Já possui uma conta?