Logo Comunidade Sebrae
Home
bedtime
Imagen da logo do Sebrae
icone menu de opções
Iníciokeyboard_arrow_rightFinanças e Tributoskeyboard_arrow_rightArtigos

Gerenciamento do Preço

avatar RAFAEL WILLIAN DA CUNHA ZEDELINSKI
Rafael Willian Da Cunha Zedelinskifavorite_outline Seguir perfil
fixo
thumb_up_alt1
Gerenciamento do Preço
1 pessoa curtiu esse artigo
Criado em 13 JUL. 2022
text_decreaseformat_color_texttext_increase

O processo de precificar um produto ou um serviço é mais complexo do que parece, começa com o mapeamento do processo produtivo, passa pela apuração e classificação dos gastos, escolha dos métodos de rateio, gerenciamento dos gastos e assim por diante.


Esses processos influenciam significativamente o lucro e por consequência a sobrevivência da empresa. Por isso muitas organizações preferem solicitar ajuda de especialistas em custos para a formação de preços dos seus produtos/serviços.


Nesse texto, abordarei algumas ideias para você levar em consideração na hora de precificar seus produtos/serviços.


Antes de tudo, que tal se inscrever em um curso que te ajudará a lidar com a gestão das suas finanças? Inscreva-se no curso FINANÇAS NO DIA A DIA


Estratégias de preço

Preços baixos poderão resultar em menos lucro para a empresa. Já preços muito altos poderão afastar o cliente do negócio. Assim, para empresa praticar preço justo é fundamental ter a estratégia de preço definida, que varia de acordo com cada empresa e suas necessidades. 


Abaixo estão três formas adequadas de precificação:


Precificação Baseada na Concorrência


É aquela estratégia onde o preço é formado de acordo com o preço praticado pela concorrência. Vale destacar que os custos também deverão ser considerados nessa estratégia. Não basta você olhar para o preço do concorrente e copiar, pois você não sabe os custos envolvidos na produção dele. 


Então minha primeira dica é: antes de copiar o preço da concorrência, busque conhece os gastos envolvidos na sua produção, feito isso você pode copiar o preço do coleguinha, assim você terá informações suficientes para gerenciar seu preço, e ainda não ficará com o preço fora do prático no mercado.


Precificação Baseada no Valor Agregado


É o valor percebido pelo cliente no seu produto ou serviço, o quanto ele atende as necessidades do cliente. Quanto mais valor o cliente perceber no seu produto, mas ele pagará por ele. 


Minha segunda dica é: conheça o seu cliente e busque atender suas necessidades. Quanto mais o seu produto atender as necessidades do cliente, maior será sua margem de lucro.


Precificação Baseada na Demanda


É o valor que o consumidor está disposto a pagar pelo seu produto. Isso tem a ver com a quantidade de produtos semelhantes disponibilizado no mercado, e, o quanto eles atendam às necessidades dos consumidores.



Qual dessas formas de precificar eu escolho?

Todas elas! O grande objetivo é buscar o equilíbrio entre essas formas de precificar, assim você praticará o preço justo. E aqui deixo minha terceira dica: seja criativo, inovador e principalmente tenha EMPATIA com seu cliente, busque conhecer suas dores, não queira só vender um produto e lucrar com isso, o lucro é uma consequência de quando você melhora a vida das pessoas. 


Você lembra como era pedir um taxi antes do surgimento da Uber? Bom, você tinha que ligar para uma central de taxi, informar alguns dados pessoais, o endereço de origem e destino. Não sabia quanto tempo ia demorar para chegar e nem quanto custaria a viagem, e o pior, as vezes o taxi não chegava.


A missão dos criadores do aplicativo foi pensando em melhorar esse meio de transporte, atender as necessidades dos usuários e melhorar a vida dessas pessoas. E olha só o que aconteceu; uma inovação disruptiva que vem transformando o taxi em algo obsoleto. E como falei anterior, o lucro é consequência de quando você melhora a vida das pessoas.


Aqui eu deixo minha última e não menos importante dica: utilize a ferramenta Preço Fácil, uma plataforma criada por especialistas em preços, nela você consegue gerenciar, precificar e simular preços do seu negócios, de forma simples e principalmente CORRETA.


É extremamente importante você gerenciar os preços que então envolvidos no seu negócio. Para fazer isso você pode começar refletindo um pouco através das seguintes perguntas:


  • Como está o meu preço de acordo com a concorrência? 
  • Como está a oferta do meu produto/ serviço no mercado?
  • Como eu identifico as dores do meu cliente
  • Quais dores do meu cliente os meus produtos atendem?
  • O preço está de acordo com os benefícios proposto ao cliente? 
  • Quanto eu gasto para produzir um produto/serviço?
  • Quanto eu ganho com um produto?


Cuide das suas finanças para que não falte dinheiro na sua empresa e no seu bolso. Inscreva-se no curso FINANÇAS NO DIA A DIA


Abraço, 

 

avatar RAFAEL WILLIAN DA CUNHA ZEDELINSKI
Rafael Willian Da Cunha Zedelinski
favorite_outline Seguir Perfil
capa Finanças e Tributos
Finanças e Tributos
people 4578 participantes
Comunidade digital que reune informações e conteúdos sobre FINANÇAS e TRIBUTOS diariamente. Participe!
fixo
Em alta
Tire dúvidas sobre: Empréstimo, Financiamento, Crédito e Fampe.
12 mai. 2020Tire dúvidas sobre: Empréstimo, Financiamento, Crédito e Fampe.
Tire dúvidas sobre: Empréstimo, Financiamento, Crédito e Fampe.
12 mai. 2020Tire dúvidas sobre: Empréstimo, Financiamento, Crédito e Fampe.
Para ver o conteúdo completo, bastase cadastrar, é gratis 😉
Já possui uma conta?