Logo Comunidade Sebrae
Home
bedtime
Imagen da logo do Sebrae
icone menu de opções
Iníciokeyboard_arrow_rightVida de MEIkeyboard_arrow_rightArtigos

Exportação direta e indireta: como escolher o melhor caminho?

avatar SILVIA ZUCKERT NUNES VANALI
Silvia Zuckert Nunes Vanalifavorite_outline Seguir perfil
fixo
thumb_up_alt1
Exportação direta e indireta: como escolher o melhor caminho?
1 pessoa curtiu esse artigo
Criado em 07 OUT. 2021
text_decreaseformat_color_texttext_increase

Como funciona a exportação direta?

Nessa modalidade a empresa exportadora também é a fabricante, ou seja, não há intermediários porque a própria empresa é responsável pela venda e envio dos bens.

Esse tipo de exportação é, amplamente, utilizado no Brasil e tem como vantagens:

  • Maior lucro a longo prazo;
  • Controle total sobre a operação;
  • Mais oportunidade para agregar conhecimento sobre o mercado externo;
  • Contato direto com o importador;

Apesar das diversas vantagens também deve ser levado em consideração alguns dos desafios que uma exportação direta pode representar, como por exemplo:

  • Necessidade de conhecimento da legislação de exportação;
  • Investimentos em setor especifico, marketing internacional e logística.

E qual o funcionamento da exportação indireta?

Essa modalidade é feita pelo intermédio de outra empresa, geralmente especializadas em comércio exterior, que cuidam de todo o processo de exportação.

As principais vantagens nessa modalidade são:

  • Maior segurança na operação;
  • Mais rápido, já que é feito por empresas especializadas;
  • Pouco risco;

Os principais desafios são:

  • Pouco ou nenhum contato com o importador;
  • Menor retorno financeiro a longo prazo;
  • Nenhum controle sobre a operação;

Mas afinal, como escolher o melhor caminho?

Depende! Tudo vai depender do seu planejamento e metas no atual momento. Caso você esteja começando suas operações com o exterior, tenha pouco ou nenhum conhecimento sobre a legislação aduaneira, poucos recursos para investimento e etc., a opção mais indicada pode ser a exportação indireta.

Caso você já esteja bem estabelecido no mercado nacional ou tem os recursos e conhecimentos necessários para realizar as vendas no exterior, a reposta é óbvia: exportação direta!

Por fim, existem diversas variáveis entre essas duas modalidades e nós só apresentamos um breve panorama de ambas.

Caso esteja com dúvidas sobre como começar, deixe seu comentário!

avatar SILVIA ZUCKERT NUNES VANALI
Silvia Zuckert Nunes Vanali
Sou Silvia, trabalho a mais de 20 anos com comercio Exterior, proprietária da empresa S&S Comex prestando assessoria Aduaneira na área de Importação e Exportação, abrangendo toda parte logística do comércio Internacional.favorite_outline Seguir Perfil
capa Vida de MEI
Vida de MEI
people 7435 participantes
O espaço dedicado exclusivamente aos Microempreendedores Individuais. Aqui você encontra conteúdo para ajudar quem já é MEI na solução dos problemas, e também para guiar todos aqueles que estão pensando em se formalizar. Seja bem vindo!
fixo
Em alta
Inscrição Estadual MEI - Paraná
24 nov. 2022Inscrição Estadual MEI - Paraná
VENDAS NA INTERNET: Como trabalhar sendo afiliado
09 nov. 2021VENDAS NA INTERNET: Como trabalhar sendo afiliado
Para ver o conteúdo completo, bastase cadastrar, é gratis 😉
Já possui uma conta?