Logo Comunidade Sebrae
Home
bedtime
Imagen da logo do Sebrae
icone menu de opções
Iníciokeyboard_arrow_rightDia a dia do Empresáriokeyboard_arrow_rightArtigos

Entenda o que é "Goodwill" e como ele pode ser essencial para sua empresa

avatar FLAVIA DE SIQUEIRA VIANA
Flavia De Siqueira Vianafavorite_outline Seguir perfil
fixo
thumb_up_alt
Entenda o que é "Goodwill" e como ele pode ser essencial para sua empresa
Criado em 02 MAI. 2024
text_decreaseformat_color_texttext_increase

Ter esse conceito em mente, apesar de ser utilizado somente na compra e venda de um negócio, pode ser uma boa forma de estabelecer um padrão de qualidade para o negócio.


Existem alguns termos que podem causar confusão tanto para os empreendedores quanto para quem trabalha com contabilidade, e dentre eles está o goodwill. Porém, para que isso não gere informações erradas e até mesmo facilite em obter bons negócios, é importante entender o que é esse conceito.


O que é?


Quando uma empresa é posta à venda e comprada por um valor maior do que o seu valor de mercado original, a diferença paga pelo comprador é o chamado goodwill. Esse valor intangível geralmente está atrelado ao potencial de crescimento do negócio e de gerar renda após sua aquisição. 


Quanto mais alto é o valor de uma empresa, maior será o seu valor de mercado em relação ao seu valor de patrimônio líquido (VPL). Mas, para calculá-lo, é preciso levar alguns fatores em consideração, como a reputação da marca, a qualidade dos produtos, a fidelidade dos clientes e a previsão de continuar gerando lucro no futuro.


Como isso é calculado?


Geralmente, os fatores que influenciam este valor de diferença são considerados intangíveis, e é nesse ponto que a confusão entre os contadores e empreendedores começa. Apesar de parecer muito complexo, o cálculo para se chegar a este valor é muito simples:


Goodwill = P – (A+L)


Dentro desta pequena fórmula, o “P” é o valor pago na compra da empresa, o “A” é o valor justo do ativo e o “L” é o valor justo do passivo. Para exemplificar: se um negócio for comprado por R$ 100.000 e o seu valor justo estava em R$ 70.000, o goodwill do negócio será de R$ 30.000.


O que constitui esse valor?


Análise do fluxo de caixa: É possível identificar o potencial de crescimento da empresa através do desempenho atual dela. O fluxo de caixa é um ótimo indicador, porque, quanto maior, mais indicará que este é um negócio saudável e com poucas chances de falência. 


Gestão organizacional: Quanto mais organizada for a empresa, mais fácil será para que o comprador identifique todos esses fatores. Sem contar que ele também auxilia na melhora de processos e na comunicação entre os setores, o que pode auxiliar no momento da negociação e até mesmo na percepção de margem de crescimento. 


Comparação direta com a concorrência: Ao comparar a marca diretamente com a concorrência, é possível identificar a força dela no mercado, fidelização de clientes e muitos outros pontos. A partir disso, é possível também identificar a sua força de crescimento em médio e longo prazo. 


Capital intelectual: A formação e expertise dos colaboradores também é um fator a ser considerado. Quanto melhor a sua equipe, maior será a sua margem  de goodwill. É importante lembrar: um negócio não é nada sem colaboradores capacitados.


Gostou do tema? Comenta aí embaixo!


avatar FLAVIA DE SIQUEIRA VIANA
Flavia De Siqueira Viana
favorite_outline Seguir Perfil
capa Dia a dia do Empresário
Dia a dia do Empresário
people 750 participantes
Comunidade digital que reúne conteúdo prático sobre o DIA A DIA DO EMPRESÁRIO de Micro e Pequena Empresa.
fixo
Em alta
4 pequenos negócios rurais lucrativos para 2023
14 dez. 20224 pequenos negócios rurais lucrativos para 2023
Guarulhos se destaca na geração de empregos no Brasil
03 nov. 2023Guarulhos se destaca na geração de empregos no Brasil
Para ver o conteúdo completo, bastase cadastrar, é gratis 😉
Já possui uma conta?