Logo Comunidade Sebrae
Home
bedtime
Imagen da logo do Sebrae
icone menu de opções
Iníciokeyboard_arrow_rightDesafios da Educaçãokeyboard_arrow_rightArtigos

Empreendedorismo Social Os Atores Envolvidos e a Prática! Parte 1

avatar IRENE HOFFELDER VIOTI
Irene Hoffelder Viotifavorite_outline Seguir perfil
fixo
thumb_up_alt
Empreendedorismo Social  Os Atores Envolvidos e a Prática!  Parte 1
Criado em 18 JUN. 2020
text_decreaseformat_color_texttext_increase

Dentre tantos temas pertinentes, o empreendedorismo social volta em, como podemos dar um passo à frente com essa prática e colaborar para suprir as necessidades da sociedade, ajudando as comunidades a se reinventarem, melhorando a economia local.

E onde entra a escola nessa reflexão e ação? COM CERTEZA, é um dos atores mais importantes nessa construção, pois a carência de geradores de renda e possibilidades de sustento abate muitas comunidades em volta das escolas de nosso país. Promover uma reeducação local para as alternativas de geração de renda local, já é um bom começo.

ENTÃO, QUAL O CONCEITO?   

Empreendedorismo social, tem como objetivo principal produzir bens e serviços que beneficiem a sociedade local e global, com foco nos problemas sociais e na sociedade que os enfrenta mais proximamente. Busca resgatar as pessoas de situações de risco social e promover a melhoria de sua condição de vida na sociedade, por meio da geração de capital social, inclusão e emancipação social.

Essa prática, existe há bastante tempo, porém neste momento se torna ainda mais relevante, pois é caracterizado pela criação de produtos e serviços que tem o foco principal na resolução, ou minimização, de problemas em áreas como: educação, violência, saúde, alimentação, meio ambiente, etc. É uma ação que pode causar um impacto vitalício à população mais carente e de baixa renda.

É fácil reconhecer as ações, se uma empresa busca soluções verdes e que reduzem o impacto negativo na natureza, por exemplo, já possui uma veia social. Em suma, a grande diferença entre o empreendedorismo social e o tradicional é a extensão do impacto social causado na sociedade.

QUAL A RAIZ DO EMPREENDEDORISMO SOCIAL?

Se o empreendedorismo tradicional surge de uma demanda de mercado e gerar lucro, o empreendedorismo social tem sua origem em meio a grandes crises sociais, econômicas e ambientais, o que fortalece a importância desta prática neste momento em todo país. 

A proposta é simples: utilizar técnicas de gestão, inovação, criatividade, sustentabilidade e outras com o propósito de maximizar o capital social de uma comunidade, bairro, cidade ou mesmo país. Resumindo, empreendedores sociais buscam transformar o mundo e melhorar a vida das pessoas utilizando métodos geralmente presentes no cotidiano de organizações empresariais ou educacionais.

UM GRANDE EXEMPLO

Quando pensamos em empreendedorismo social, é impossível não lembrar o pioneiro e ganhador do Prêmio Nobel em 2006 Muhammed Yunus. História relatada no seu livro O Banqueiro dos Pobres, sobre sua biografia e o Projeto empreendedorismo social na Índia, onde ele criou um banco para emprestar dinheiro aos menos favorecidos. Foi colocando esta ideia em prática, que Muhammad fundou o Banco Grameen, em Bangladesh, destinado a oferecer um amplo serviço de microcrédito para a população carente do seu país. Essa história culminou com o prêmio Nobel, pois houve um impacto e transformação muito grande na cultura, na maneira de empreender e na geração de renda familiar no país.

Este foi um importante instrumento de luta contra a pobreza em todo o mundo e a partir dele, muitas outras iniciativas globais se inspiraram em contribuir para o movimento do empreendedorismo social e a diminuição da pobreza.

Outro que não podemos de forma alguma deixar de citar, é o movimento global dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), onde o objetivo original é a diminuição da pobreza e inclusão social em todo mundo. Mas, este assunto podemos tratar melhor em outro artigo com foco para o papel da escola, perante os objetivos globais e locais.

ENTÃO QUAL É O PAPEL DA ESCOLA EM TODO ESTE CONTEXTO?

  1. Antes de tudo, debater esse assunto com os estudantes promovendo a abordagem de solução à problemas emergentes do momento, utilizando-se do contexto social atual. Trabalhar responsabilidade social e empoderamento dos estudantes.
  2. Promover essa união da comunidade onde a escola está inserida e criar soluções aos problemas locais. Contribuir com a sua expertise de educação e despertar nas pessoas do local (além dos alunos e familiares), uma nova consciência positiva para retomar as atividades e a economia local, atendendo a todos. Às vezes, a necessidade é ainda mais simples, como promover uma campanha sobre os cuidados que todos devem continuar tendo, após o relaxamento do isolamento social, mas oferecendo e promovendo condições da própria comunidade do entrono desenvolver os produtos necessários e conceder, àquelas famílias que não possuem condições.

Este é o papel da educação e uma excelente oportunidade para avançarmos e trazer uma nova consciência também no papel da escola com seu público do entorno.

Este é um convite ao empreendedorismo na prática da sua essência para melhorar ainda mais a nossa realidade local.    

Contem com o apoio da Educação Empreendedora do Sebrae, que pode contribuir neste processo de transformação. Comente suas percepções sobre esses temas.

 

Fale com o Sebrae pelo e-mail da Juliana - jsouza@pr.sebrae.com.br.

 

Irene Hoffelder Vioti - Consultora, palestrante e escritora nas áreas: Estratégia empresarial, sustentabilidade, inovação e storytelling empresarial.

avatar IRENE HOFFELDER VIOTI
Irene Hoffelder Vioti
Mestranda em Administrao Estratgica de Negcios pela UNAM - Universidad Nacional de Misiones - Argentina. Consultora, palestrante, instrutora e escritora nas reas: Estratgia empresarial, sustentabilidade, inovao e storytelling empresarial.favorite_outline Seguir Perfil
capa Desafios da Educação
Desafios da Educação
people 1996 participantes
Um grupo para falar sobre os desafios da educação com professores, levando informações, conhecimento e, principalmente, um lugar para dar voz a todos.. Aqui vocês podem escrever sobre assuntos que achem pertinente, assuntos que estejam latentes no seu dia a dia, ainda, um lugar para você compartilhar as suas experiências e nos alegrar com suas histórias. Essa comunidade é feita para VOCÊ.
fixo
Em alta
Tudo culpa da estagiária!
24 ago. 2021Tudo culpa da estagiária!
Aprimorando a pesquisa científica: avaliação da eficácia das ferramentas de IA na classificação da autenticidade de textos
02 mai. 2023Aprimorando a pesquisa científica: avaliação da eficácia das ferramentas de IA na classificação da autenticidade de textos
Para ver o conteúdo completo, bastase cadastrar, é gratis 😉
Já possui uma conta?