Logo Comunidade Sebrae
Home
bedtime
Imagen da logo do Sebrae
icone menu de opções
Iníciokeyboard_arrow_rightDia a dia do Empresáriokeyboard_arrow_rightArtigos

Empreendedor, entenda como correr riscos calculados

avatar GUILHERME ALMEIDA BARBOZA DE SOUZA
Guilherme Almeida Barboza De Souzafavorite_outline Seguir perfil
fixo
thumb_up_alt4
Empreendedor, entenda como correr riscos calculados
4 pessoas curtiram esse artigo
Criado em 15 ABR. 2024
text_decreaseformat_color_texttext_increase

Empreender é como se aventurar em um território desconhecido: existem muitas possibilidades para explorar, mas também desafios para enfrentar. Podemos chamar estes desafios de "riscos de negócio" e, para aumentar suas chances de sucesso, você precisa conhecê-los bem.


⚠ E quais são os principais riscos de negócio que os empreendedores e empreendedoras enfrentam no Brasil?

Podemos listar cinco categorias:


  • Riscos Financeiros: Os riscos financeiros são incertezas que podem afetar as finanças da empresa. Eles envolvem questões como os custos do negócio, as receitas esperadas e o fluxo de caixa.
  • Riscos de Mercado: Esses riscos dizem respeito à demanda pelo seu produto ou serviço, que pode variar. Para ficar por dentro, é importante entender o que os clientes querem, quem são os concorrentes e quais são as tendências do mercado.
  • Riscos Operacionais: São obstáculos que você encontra ao realizar as tarefas diárias do negócio. Vão desde problemas técnicos até questões com a equipe ou logística. Eles podem afetar a eficiência, a produtividade e a reputação da empresa.
  • Riscos Legais: São questões jurídicas que você precisa ter em mente na hora começar o empreendimento – como garantir que está em conformidade com as regulamentações, evitar problemas de propriedade intelectual e lidar com possíveis pendências.
  • Riscos de Intervenção Governamental: Às vezes, você pode deparar com mudanças nas políticas governamentais que podem afetar o negócio. Esses riscos podem impactar as operações e os resultados financeiros.


Agora, sim, podemos partir para o nosso próximo tópico!


Como calcular riscos de negócio?


Assim como existem muitos tipos de riscos de negócio, também existem muitos jeitos de calculá-los.


🔎 Agora, vamos conhecer 10 técnicas e ferramentas que vão te ajudar nisso – e ter mais clareza na hora de iniciar um novo negócio ou projeto!


1. Análise SWOT ("Forças, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças"): Essa é uma das ferramentas mais populares e abrangentes. Você começa listando o que faz bem (Forças) e o que precisa melhorar (Fraquezas). Em seguida, identifique as Oportunidades que você pode explorar para impulsionar seu negócio, e as Ameaças que podem atrapalhar seu caminho. Classificando todas essas informações, você consegue montar estratégias para aproveitar seus pontos fortes e oportunidades, e lidar com suas fraquezas e ameaças.


2. Matriz de Riscos: Imagine uma tabela com duas colunas – uma para a probabilidade de algo dar errado e outra para o impacto disso. Liste os possíveis problemas do seu negócio (ex.: um novo concorrente surgir; um fornecedor atrasar as entregas) e classifique eles de acordo com o quão prováveis são e o quanto poderiam afetar você. Isso ajuda a focar nas preocupações mais urgentes e importantes.


3. Análise de Cenário: Faça como nos filmes e imagine diferentes finais para sua história. Considere como seu negócio pode se sair em diferentes situações, como um aumento na concorrência ou mudanças nas leis. Ter planos para diferentes cenários ajuda a se preparar para o que vier, evitando que as mudanças peguem você de surpresa.


4. Modelagem Financeira: Pegue uma planilha ou uma ferramenta especializada e projete como suas finanças podem parecer no futuro. Isso inclui quanto dinheiro você espera ganhar, quanto gastará e se terá lucro. Faça ajustes conforme necessário para garantir que suas previsões sejam realistas. Dependendo do tamanho da sua empresa ou projeto, pode ser necessário contar com a ajuda de consultores financeiros especializados.


5. Pesquisas de Mercado: Pergunte às pessoas o que elas pensam sobre seu produto ou serviço e o que desejam. Isso pode ser feito através de pesquisas online, conversas ou até mesmo observando o que seus concorrentes estão fazendo. Essas informações são valiosas para entender seus clientes e o mercado em geral. Lembre-se de registrar as informações de forma organizada.


6. Consultorias Especializadas: Às vezes, é bom pedir conselhos de alguém que sabe mais do que você sobre um determinado assunto. Procure especialistas em áreas como finanças, marketing ou jurídico para orientação personalizada e conselhos práticos. Aqui no Sebrae, é fácil encontrar profissionais experientes para te ajudar!


7. Benchmarking Competitivo: Esse é o jeito formal de falar "análise da concorrência". Olhe para o que outras empresas estão fazendo e veja como você se compara. Isso pode ajudar você a identificar oportunidades para melhorar e se destacar no mercado – tanto olhando coisas que seus concorrentes fazem bem (e se inspirar) quanto coisas que eles não fazem direito (e fazer melhor).


8. Análise de Impacto de Risco (RIA): Pense nos possíveis problemas que podem surgir e como eles afetariam seu negócio. Desenvolva planos para lidar com esses problemas e esteja preparado para agir rapidamente se algo der errado. É como um aprofundamento da matriz de riscos.


9. Análise de Viabilidade do Projeto: Antes de investir muito tempo e dinheiro em um projeto, verifique se ele é realmente uma boa ideia. Avalie fatores como custos, benefícios e se há demanda suficiente no mercado. Mais uma vez, é interessante contar com o apoio de especialistas em desenvolvimento de negócios.


10. Análise de Investimento: Ao considerar onde investir seu dinheiro, pense sobre o que oferece o melhor retorno e quais os riscos envolvidos. Use métricas como VPL (Valor Presente Líquido) e TIR (Taxa Interna de Retorno) para ajudar a tomar decisões informadas.


🌎 Usando essas técnicas e ferramentas, você pode identificar e gerenciar os riscos do seu negócio de maneira mais eficaz e aumentar suas chances de sucesso em longo prazo!


Fez sentido esse conteúdo para você? Me escreva nos comentários :)


avatar GUILHERME ALMEIDA BARBOZA DE SOUZA
Guilherme Almeida Barboza De Souza
Copywriter, ilustrador e profissional do marketing digital desde 2012.favorite_outline Seguir Perfil
capa Dia a dia do Empresário
Dia a dia do Empresário
people 759 participantes
Comunidade digital que reúne conteúdo prático sobre o DIA A DIA DO EMPRESÁRIO de Micro e Pequena Empresa.
fixo
Em alta
4 pequenos negócios rurais lucrativos para 2023
14 dez. 20224 pequenos negócios rurais lucrativos para 2023
Guarulhos se destaca na geração de empregos no Brasil
03 nov. 2023Guarulhos se destaca na geração de empregos no Brasil
Para ver o conteúdo completo, bastase cadastrar, é gratis 😉
Já possui uma conta?