Logo Comunidade Sebrae
Home
bedtime
Imagen da logo do Sebrae
icone menu de opções
Iníciokeyboard_arrow_rightEmpresas Inovadoraskeyboard_arrow_rightArtigos

Criptomoedas: como identificar e o que fazer em caso de golpe

avatar ANDRE VINICIUS TOLENTINO
Andre Vinicius Tolentinofavorite_outline Seguir perfil
fixo
thumb_up_alt1
Criptomoedas: como identificar e o que fazer em caso de golpe
1 pessoa curtiu esse artigo
Criado em 13 FEV. 2023
text_decreaseformat_color_texttext_increase

Nova febre nacional, os golpes que envolvem criptomoedas encontraram solo fértil no Brasil, onde sua recente popularidade e a falta de legislação específica criou o ambiente propício para proliferação de esquemas de pirâmide que envolvem esse "ativo" imaterial. Entenda: 


Com toda certeza, se você ainda não foi, ainda será convidado para adquirir cotas em criptomoedas, com ganhos exorbitantes, na casa dos 6%, 8% ao mês, ou até mais, geralmente envolvendo um Sheik Árabe, uma sede em Dubai e slides com muito dourado em sua paleta de cores. 


Nas letrinhas miúdas, costuma constar que o valor não pode ser retirado por um determinado tempo (quando o valor da criptomoeda despenca) e que os ganhos são em percentuais do próprio "ativo", ou seja, realmente ela vai render um percentual mensal, contudo, sobre uma "moeda" que vai valer cada vez menos. 


Trata-se, em regra, do velho e conhecido golpe da Pirâmide Financeira, golpe financeiro ilegal, criminoso, e que vez ou outra se traveste de Marketing de Rede para ludibriar vítimas que estão em busca de dinheiro fácil.


Neste esquema, o fluxo de ganhos está baseado na entrada de mais membros, quais pagam uma "taxa" ou adquirem "cotas" para ingressar e cujos valores são repassados para os membros que estão na parte de cima da pirâmide.


Sendo assim, o modelo é insustentável e é criminalizado no Brasil desde a Lei n. 1.521 de 1951, pois em pouco tempo não há mais gente para recrutar, a empresa quebra e milhares de pessoas perdem seus investimentos, enquanto só o topo da pirâmide aferiu lucro com o negócio.


Trazemos aqui algumas dicas para que você não caia nesse tipo de golpe:

  • desconfie de promessas de dinheiro fácil: chamadas para ganho rápido, lucros exorbitantes, helicópteros, ouro, etc., geralmente são iscas para pescar desavisados;
  • ausência ou reduzido portfólio de produtos: se a empresa se baseia em um único produto ou, pior ainda, se abstratos, como criptomoedas ou promessas de negócios futuros, desconfie;
  • preços desproporcionais: para tentar esconder o fluxo de dinheiro, os criminosos podem trazem produtos com valores absurdos, como a venda de pasta de dente por R$ 400,00;
  • foco no recrutamento, não nos produtos: para ser sustentável, o negócio precisa se basear na compra e venda dos seus produtos, cujos ganhos devem vir de comissões e não do pagamento da taxa de ingresso.

Caso ainda esteja na dúvida sobre a idoneidade do negócio, faça um teste óbvio e simples, peça para sair. Solicite o saque do seu dinheiro de volta e me conta, haverá a restituição integral acrescido dos ganhos prometidos? Haverá ao menos a restituição integral? Você ganhou ou perdeu? Ao menos eles vão restituir alguma coisa? 


Por fim, caso você tenha sido vítima desse golpe, aprenda com o erro, busque imediatamente seu advogado de confiança, pois é possível, através de uma liminar, tentar bloquear contas dos criminosos e tentar assegurar ao menos parte dos investimentos. 


O Ministério Público recomenda que a vítima faça denúncias no próprio órgão (federal ou estadual) e/ou às polícias federal e civil. O Ministério Público Federal, por exemplo, disponibiliza salas de atendimento ao cidadão onde é possível relatar alguma irregularidade.


Contudo, se além de ter adquirido cotas nesse tipo de fraude, ainda realizou sua divulgação, aliciou novas vítimas e recebeu comissões pelo trabalho, pode também ser processado civil e criminalmente por eventual crime de estelionato, formação de quadrilha, dentre outros. 


Conheça nossas dicas para reconhecer uma pirâmide financeira!


Instagram @andretolentinoadv

avatar ANDRE VINICIUS TOLENTINO
Andre Vinicius Tolentino
Como advogado, palestrante e articulista, busco ressaltar os pontos de convergência entre patrão e empregado, como meio de colaborar com o desenvolvimento sustentável e humanista. Instagram @andretolentinoadvfavorite_outline Seguir Perfil
capa Empresas Inovadoras
Empresas Inovadoras
people 1471 participantes
Esse grupo busca apresentar, por meio da inovação, assuntos ligados ao crescimento das micro e pequenas empresas. Fortalecendo assim os ecossistemas de inovação do Brasil. Participe com a gente!
fixo
Em alta
Aumente sua produtividade em cerca de 30% com o uso da Inteligência Artificial. Pergunte-me como!
22 nov. 2023Aumente sua produtividade em cerca de 30% com o uso da Inteligência Artificial. Pergunte-me como!
Determine o futuro da sua empresa
27 jan. 2022Determine o futuro da sua empresa
Para ver o conteúdo completo, bastase cadastrar, é gratis 😉
Já possui uma conta?