Logo Comunidade Sebrae
Home
bedtime
Imagen da logo do Sebrae
icone menu de opções
Iníciokeyboard_arrow_rightVarejo keyboard_arrow_rightArtigos

Controle de estoque, você conhece a importância?

avatar RENATA HELLY JACON
Renata Helly Jaconfavorite_outline Seguir perfil
fixo
thumb_up_alt
Controle de estoque, você conhece a importância?
Criado em 21 OUT. 2022
text_decreaseformat_color_texttext_increase

O controle de estoque não eficiente pode causar prejuízo à empresa. Descubra o que você pode fazer para evitar esse problema e aumentar a receita do seu negócio sem nenhum custo extra!


A gestão de estoque é um diferencial competitivo para aqueles empreendedores que sabem utilizá-la. As empresas têm apresentado um crescimento significativo, simplesmente porque otimizaram o processo de compra e armazenamento de mercadorias.


Em sintonia com tudo isso, as empresas que efetivamente mantêm estoques conseguem atender melhor às demandas do mercado consumidor e, consequentemente, gerar maiores vendas.


Se você deseja ter essas vantagens em seu negócio, está no lugar certo. Neste artigo, vamos te ensinar de forma simples e objetiva o que você precisa para fazer um bom controle de estoque na sua empresa. 


Dentro das empresas, a gestão de estoques tem a função de gerenciar todas as mercadorias, desde sua entrada até sua saída. Essa atividade é responsável por manter a quantidade exata de matérias-primas e produtos armazenados que permitirão à empresa atender aos requisitos do cliente e não gerar custos adicionais com desperdício de material.


5 principais tipos de gerenciamento de estoque


Embora a gestão de estoques tenha uma finalidade bem definida, existem diversas formas de realizar essa atividade. Por isso, é importante que você saiba analisar e identificar qual mecanismo melhor se adequa ao seu modelo de negócio. Então, abaixo, trouxemos para você os 5 melhores tipos de verificações de estoque.


1. Just in Time


Just in Time é uma filosofia que diz que as empresas devem produzir o produto certo na hora certa e na quantidade certa. Dessa forma, é possível reduzir o desperdício e, posteriormente, aumentar a margem de lucro da operação. Esse pensamento abrange todo o processo produtivo, desde o fornecimento de matéria-prima até a produção, armazenamento e entrega da mercadoria.


Para isso, o empreendedor deve avaliar todos os processos internos e organizá-los de forma que o empreendimento possa extrair o máximo de capacidade de máquinas, materiais, equipamentos e funcionários.


2. Curva ABC


A Curva ABC é uma metodologia que permite classificar os recursos de uma empresa de acordo com seu grau de importância. Nesse mecanismo, temos Classe A, Classe B e Classe C. Vale lembrar que os fatores de gestão de estoque que essa ferramenta leva em consideração são giro de estoque, faturamento e rentabilidade. Desta forma temos:


Classe A: Estes são os itens mais valiosos com os preços mais altos. Correspondem a 20% do volume de mercadorias armazenadas e 80% do valor dos recursos em estoque. Por isso, devem ser manuseados com cuidado.


Classe B: são itens que possuem quantidades e valores intermediários. Mais precisamente, são 30% das mercadorias que representam 15% do valor do estoque. O gerenciamento moderado é necessário para esta classe de ativos.


Classe C: são itens que aparecem em maior quantidade, mas possuem o menor valor. Podemos definir essa classe como 50% do volume total de mercadorias, que constitui até 5% do valor total do estoque. Mesmo que não seja de grande importância, é necessário gerenciar esse tipo de material, pois gera custos para a organização pelo seu armazenamento.


Esteja ciente de que, independentemente da classe de ativos, eles precisam ser preservados e bem gerenciados. No entanto, como você pode ver, alguns bens geram mais lucros para a empresa do que outros. Dessa forma, é justo que seu armazenamento receba mais atenção e cuidado.


3. Rotação de estoque


O giro de estoque é um cálculo feito pelas empresas para identificar o intervalo de tempo em que um determinado item está em estoque. Desta forma, é possível manter um equilíbrio entre as receitas e a emissão de bens. O cálculo deste indicador é realizado através da seguinte equação:


Rotatividade de estoque = número de vendas / volume médio de estoque

Para dar um exemplo mais concreto, imagine que a Empresa "A" vendeu 80.000 itens em 2021 e declarou um estoque médio de 16.000 itens no mesmo intervalo de tempo. Quanto giro de estoque essa empresa teve em 2021?


Giro de Estoque = 80.000 / 16.000 = 5 Giro de Estoque

Além dessas informações, outro cálculo que podemos fazer é o tempo médio que a empresa leva para reabastecer. Basta dividir 365 dias por ano pelo número de giros de estoque. Usando os dados do exemplo anterior, a Empresa "A" precisará reabastecer em média a cada 73 dias.


4. PEPS

PEPS significa "primeiro a entrar, primeiro a sair". Esse nome é autoexplicativo e nos mostra como está estruturado o estoque da empresa. Nesse mecanismo, os bens mais antigos têm prioridade de venda.


5. UEPS

No entanto, UEPS também significa a frase "último a entrar, primeiro a sair". Podemos dizer que esse mecanismo é o oposto do PEPS. Este método dá passagem aos itens mais novos em estoque, ou seja, recém-chegados.


Qual a importância do controle de estoque para pequenas empresas?


O controle de estoque é importante para as pequenas empresas, pois através dele um empreendedor pode aumentar a receita de seu negócio


Quando você administra bem os recursos armazenados, pode manter um equilíbrio entre as demandas do mercado e os materiais disponíveis em estoque.


Dessa forma, é possível estar sempre pronto para atender as necessidades do consumidor final, reduzindo custos de armazenagem, perdas de matéria-prima e produtos que não vendem.


5 dicas para gerenciar seus compartilhamentos de negócios


Até agora você já entendeu o papel do controle de estoque e sua importância, bem como as 5 principais metodologias utilizadas durante o processo. Se você se convenceu de que precisa gerenciar melhor as entradas e saídas dos materiais da sua empresa, temos 5 dicas para você. Confira abaixo!


1. Você conhece bem sua empresa


Um bom controle de estoque exige que você entenda todo o ciclo pelo qual uma mercadoria passa, desde sua produção até o consumo pelo cliente final. Você tem que entender de onde vem, para onde vai e para onde vai.


Com esse conhecimento, você pode ter uma visão ampla do fluxo pelo qual um produto passa durante seu ciclo de vida. Dessa forma, fica mais fácil identificar e corrigir qualquer tipo de erro que ocorra.


2. Mapeie os processos da sua empresa


Além do tópico anterior, é extremamente importante mapear os processos da sua empresa. Graças a essa prática, você poderá imaginar quais atividades são realizadas em sua empresa e como seus funcionários as realizam.


Dessa forma, é possível entender quais etapas do seu processo produtivo podem ser aprimoradas e encontrar formas de conseguir isso.


3. Controlar o estoque de entrada e saída


É importante em seu negócio que você mantenha registros de entrada e saída de mercadorias. Dessa forma, você pode ter muitas informações para evitar que tenha estoque demais ou produtos insuficientes para atender à demanda do cliente.


A melhor forma de fazer esta verificação é através do software do sistema de gestão.


4. Defina datas e períodos para compras


Uma boa gestão de estoque exige que você tenha datas e períodos de compra de material bem definidos. Isso tornará o processo de armazenamento de mercadorias mais fácil e eficiente.


5 - Tenha um sistema de gestão


E por último não menos importante com o programa da vhsys você automatiza sua gestão de estoque e torna esse processo ainda mais seguro e eficiente, evitando erros e facilitando a rotina do seu negócio.

E você, tem entendido o seu controle de estoque?

avatar RENATA HELLY JACON
Renata Helly Jacon
Empreendedora, formada em Marketing, Redatora e Analista de SEO Jr. Escrever sempre foi uma parte importante da sua personalidade, encontrei na redação a possibilidade de levar conhecimento para empreendedores, como eu.favorite_outline Seguir Perfil
capa Varejo
Varejo
people 3853 participantes
Um local criado para oferecer ao EMPRESÁRIO DO VAREJO conteúdos relevantes e atualizados, tendências, cursos e interação com atores do ecossistema, gerando conhecimento e networking.
fixo
Em alta
Canvas de Vendas: uma ferramenta simples, visual e prática para a sua empresa
09 nov. 2021Canvas de Vendas: uma ferramenta simples, visual e prática para a sua empresa
Como a automação industrial impacta nossas vidas
09 ago. 2021Como a automação industrial impacta nossas vidas
Para ver o conteúdo completo, bastase cadastrar, é gratis 😉
Já possui uma conta?