Logo Comunidade Sebrae
Home
bedtime
Imagen da logo do Sebrae
icone menu de opções
Iníciokeyboard_arrow_rightEmpresas Inovadoraskeyboard_arrow_rightArtigos

Como validar uma ideia de negócio

avatar MARCELA MILANO CENTA RIGO PASSARIN
Marcela Milano Centa Rigo Passarinfavorite_outline Seguir perfil
fixo
thumb_up_alt
Como validar uma ideia de negócio
Criado em 11 FEV. 2021
text_decreaseformat_color_texttext_increase

Toda nova ideia nasce sempre de uma forma muito empolgante, porém é justamente nesse momento que é preciso avaliar com cuidado a viabilidade delas. A forma como a ideia é colocada no mercado pode levar ao sucesso ou ao fracasso do negócio, dependendo da visão do empreendedor ao definir sua forma de implementação. Nesse sentido, é importante destacar que validar uma ideia antes de executá-la é a forma mais rápida e econômica para obter o sucesso real de um negócio, serviço ou produto, ou até mesmo desistir dele.

Tirar a ideia do papel é um passo importante para que os empreendedores  possam realmente ter um negócio sólido nas mãos. Diante de uma economia cada vez mais instável e com recursos mais escassos, saber administrá-los evita deslizes que podem ser fatais para quem está ingressando no mercado. 

Testes e pesquisas que podem ser feitos para a abertura de um negócio

Muitas vezes, nós acreditamos que temos uma ideia genial ou totalmente inovadora, mas a verdade é que, em alguns casos, ela não é tão boa assim, ou não tem um potencial de venda tão grande quanto você imaginava.

A melhor forma de saber se uma ideia é mesmo boa, ou se ela tem potencial para se tornar um produto rentável, é fazendo uma pesquisa de mercado com pessoas desconhecidas. Nesse caso, não vale usar o seu mailing pessoal ou colocar um link em suas próprias redes sociais. 

Se quiser ter resultados realmente significativos, faça uma pesquisa em um painel, explique o seu produto ou serviço, pergunte como as pessoas avaliam aquela ideia, se elas acham útil, qual adjetivo elas usariam para classificar aquele produto e se elas comprariam e, mais importante, quanto elas estariam dispostas a pagar por aquilo.

Teste de nome e logotipo

Você já fez a lição de casa: descobriu quem são seus concorrentes, identificou seu público-alvo, viu que seu produto despertou o interesse do consumidor e tem potencial de venda. Já avançou nos processos de abertura da empresa e está escolhendo o nome da sua nova marca.

Esta é uma pesquisa muito valiosa: teste o nome da sua marca antes de lançá-la oficialmente. Muitas vezes, o empreendedor está tão envolvido com a criação do negócio como um todo, que acredita que todo mundo vai entender o sentido que aquele nome tem, ou escolhe uma palavra que tem um valor sentimental forte para ele, mas que para o público não vai remeter a nada. Em alguns casos, o nome pode trazer algum trocadilho escondido, ser de difícil pronúncia, ou ainda, ser semelhante ao de um concorrente ou ter algum outro problema que o empreendedor sozinho não iria identificar, mas que uma pesquisa facilmente vai revelar e evitar um problema que iria perdurar durante toda a história daquela marca.

Assim como a marca, testar o logotipo é fundamental. Basta escolher uma ferramenta de pesquisa que permita o uso de imagens no questionário, exibir a logomarca e pedir para os participantes avaliarem. Tanto no teste de nome quanto no de logo, é possível inclusive dar mais de uma opção para que os entrevistados ajudem a escolher a melhor alternativa.

Ao realizar essas pesquisas antes mesmo de começar o seu negócio, você estará fazendo um excelente investimento que pode ajudá-lo a tomar as melhores decisões para sua empresa, evitando que você desperdice tempo e dinheiro.

 

Teste de preço

Muitas vezes, as pessoas acham uma ideia legal, mas estão dispostas a pagar um valor que não cobre nem os custos de produção daquele produto. Nesse caso, o negócio se torna inviável e não tem por que você abrir uma empresa.

Para fazer um teste de preço, comece perguntando se as pessoas pagariam um valor mais alto por aquele produto, e vá diminuindo o valor a cada nova questão. Ao analisar os resultados, você encontrará qual valor as pessoas acham justo para aquele item.

 

Procure suporte qualificado sobre viabilidade do negócio

A ajuda de instituições de fomento e apoio ao empreendedorismo é de grande valor na hora de verificar a viabilidade de um negócio. O próprio Sebrae, incubadoras, aceleradoras, núcleos acadêmicos de negócios e entidades de suporte ao empresariado têm profissionais especializados na construção de empresas.

A forma como cada uma das investigações sobre a ideia vai ser conduzida muda de acordo com o tipo de produto/serviço que a nova empresa vai oferecer. O princípio básico é regra de vida: consultar quem tem experiência na área! Levantar dados com clientes, concorrentes, possíveis fornecedores e profissionais que serão necessários ajuda a checar a viabilidade econômica do projeto.

 

Tenha um panorama geral da sua ideia

Uma ferramenta usada para reunir essas informações é o Canvas, que mapeia as diferentes áreas estratégicas de um negócio. Essa ferramenta dá um panorama completo e visual, onde é possível identificar pontos que precisam de mais atenção ou faltam informações.

Disposto em um painel gráfico, o Canvas exige dados que vão desde o público-alvo e a proposta de valor da nova empresa aos canais de entrega, comunicação e relacionamento.  A pesquisa é sempre o melhor caminho para alimentar sua planilha.

Planejar ainda é a melhor forma de resguardar seus investimentos e oferecer uma experiência diferenciada para seu produto. Em um mercado cada vez mais competitivo e profissional, qualquer detalhe faz a diferença.

A validação de uma ideia pode ser considerada a parte mais importante de todo processo de elaboração de uma empresa. Muitas vezes, ideias que parecem fantásticas para nós, podem não ser tão interessantes para o mercado, e por isso, não valem a pena serem levadas adiante.

É preciso ver se, antes de começar o MVP da sua ideia, se ela é realmente viável, porque isso envolve questões como viabilidade e custos operacionais grandes. E a partir disso, ver qual o mínimo que você precisa para construir algo que resolva esses problemas.

Gostou das dicas? Então conta pra nós nos comentários quais você já aplicou no seu negócio e nas suas ideias e como foi a sua experiência. 

avatar MARCELA MILANO CENTA RIGO PASSARIN
Marcela Milano Centa Rigo Passarin
favorite_outline Seguir Perfil
capa Empresas Inovadoras
Empresas Inovadoras
people 1532 participantes
Esse grupo busca apresentar, por meio da inovação, assuntos ligados ao crescimento das micro e pequenas empresas. Fortalecendo assim os ecossistemas de inovação do Brasil. Participe com a gente!
fixo
Em alta
Aumente sua produtividade em cerca de 30% com o uso da Inteligência Artificial. Pergunte-me como!
22 nov. 2023Aumente sua produtividade em cerca de 30% com o uso da Inteligência Artificial. Pergunte-me como!
Determine o futuro da sua empresa
27 jan. 2022Determine o futuro da sua empresa
Para ver o conteúdo completo, bastase cadastrar, é gratis 😉
Já possui uma conta?