Logo Comunidade Sebrae
Home
bedtime
Imagen da logo do Sebrae
icone menu de opções
Iníciokeyboard_arrow_rightVida de MEIkeyboard_arrow_rightArtigos

7 dicas valiosas para avaliar um fornecedor

avatar DENILSON MARCOS NEPOMUCENO
Denilson Marcos Nepomucenofavorite_outline Seguir perfil
fixo
thumb_up_alt
7 dicas valiosas para avaliar um fornecedor
Criado em 17 MAI. 2021
text_decreaseformat_color_texttext_increase

Encontrar bons fornecedores é um pilar muito importante para o sucesso de uma loja virtual. Afinal, eles são responsáveis por abastecer de matéria-prima o negócio, possibilitando gerar receitas.

Assim, é fundamental estabelecer parcerias comerciais duradouras. O fornecedor deve ser um dos melhores amigos do lojista, e neste artigo, vou ensinar como conseguir encontrar e criar um sólido e harmonioso vínculo empresarial com eles.

 

Como encontrar fornecedores para sua loja virtual: Guia básico para iniciantes

Assim como sempre há pessoas boas e ruins, negócios bons e ruins, existem os fornecedores bons e os ruins.

Você sempre deve desconfiar antes de confiar. É preciso ter um olhar crítico sobre algumas condições apresentadas. Vamos a uma lista de 7 dicas valiosas.

Considero aqui a parte que o nicho de mercado já está definido. É mais aconselhado, no início de um projeto de e-commerce, fixar em somente um único nicho específico, do que ser um mercadão que vende de tudo.

1. Pesquise bastante no Google e utilize sinônimos 

Faça uma pesquisa extensa no Google, incluindo não apenas o termo fornecedor, mas distribuidor, revendedor, atacado ou importador. Anote os melhores resultados encontrados.

Não julgue pela capa. Muitos fornecedores não investem em Design e Marketing.

Portanto, o site deles pode parecer visualmente feio, ou até mesmo nem ter um domínio próprio, apenas página do Facebook, Instagram ou contato pessoal do WhatsApp.

Isso não significa que eles são ruins. Talvez eles estejam bastante ocupados na sua atividade principal lidar com as demandas constantes dos muitos lojistas clientes.

2. Busque por avaliações, confira o número de telefone e endereço comercial

As avaliações do fornecedor jamais devem ser justificadas por pré-conceitos ou achismos, mas sim pelos resultados com outros clientes.

Assim, procurar grupos de lojistas virtuais no Facebook é uma excelente fonte para discutir sobre a qualidade dos fornecedores.

Vá mais a fundo na busca e busque por pessoas insatisfeitas, dentro do site Reclame Aqui, por exemplo.

Outra forma é ligar para o número de telefone disponível e pedir detalhes específicos referente ao tempo de entrega, qualidade e formas de pagamento os três aspectos fundamentais de um bom fornecedor.  

Olhe o endereço dele no Google Maps para identificar a veracidade das informações passadas.

3. Dê preferência para fornecedores locais

Se você vai abrir um e-commerce na região Sudeste, por exemplo, é muito mais lucrativo concentrar-se em atrair clientes apenas dos estados ao redor para não pagar muito no frete.

Semelhantemente, será menos lucrativo você estar localizado em São Paulo e o fornecedor ter o estoque em Manaus ou Recife.

Quanto mais próximo o distribuidor estiver da sua empresa, melhor será. Claro que isso não deve ser a regra básica da escolha de um confiável.

Conforme já dito, a atenção primordial deve estar no tempo de entrega, qualidade do produto e formas de pagamento que é diferente do preço final.

4. Tenha um CNPJ registrado

Os revendedores realizam um trabalho sério e não estão dispostos a negociar um baixo volume de produtos, pois não é financeiramente viável.

Assim, um CNPJ, seja MEI ou ME, é requerido para iniciar as negociações.

5. Negocie como um profissional

Dando continuidade ao requisito de ter um CNPJ registrado, é preciso mostrar muita seriedade na negociação.

Evite fazer o discurso amador de mencionar que é um teste e se funcionar, irá dar continuidade aos pedidos. Pelo contrário. Mostre convicção e use a persuasão ao seu favor.

Explique que você está preparado, tanto em termos financeiros quanto empresariais, para criar um negócio de sucesso. Mencione seus planos, metas e use a palavra parceria. Perceba a diferença nas duas frases:

Quero que você seja o fornecedor dos produtos da minha loja virtual.

Quero você como o parceiro oficial da minha empresa por longos anos.

Não preciso explicar mais nada sobre qual das sentenças acima é mais recomendada para mostrar seriedade, comprometimento e lealdade.

Os fornecedores gostam de clientes fixos com pedidos volumosos. Se ele ver que você é capaz de atingir este nível de operação, vai ficar muito entusiasmado em firmar um acordo.

As empresas geralmente exigem a primeira compra sendo à vista para espantar os aventureiros ao empreendedorismo e filtrar somente aqueles que vão dar continuidade na parceria.

Portanto, esteja preparado para investir.

6. Tenha um plano B engatilhado com um segundo fornecedor

Sempre é importante ter um plano de salvação caso alguma coisa errada aconteça, como a demora na entrega, produtos defeituosos e mau atendimento aos lojistas.

Ter um segundo fornecedor disponível para pronto atender agilizará os processos e tornará mais fácil de resolver os problemas.

Não é necessário esconder isso do seu fornecedor atual. Ele sabe que existe concorrência no mercado.

Assim, a responsabilidade de manter a confiança dos clientes é exclusivamente dele.

7. Mantenha uma linha de comunicação clara e amigável

Por último, essa dica é para você pensar em um relacionamento amigável de longo prazo.

Seja cordial com o fornecedor. Trate-o bem. Não se enfureça com caso algum problema surja, mas tenha confiança que ele quer o seu bem e fará os esforços para resolver a sua situação o mais rápido possível.

Assim sendo, o sucesso da sua loja virtual estará garantido, pelo menos no pilar do fornecimento de bons produtos.

Fornecedores específicos para dropshipping

O dropshipping é a modalidade de vender na Internet sem ter estoque. A entrega do produto é realizada do depósito do fornecedor diretamente para o cliente final.

Destarte, o fornecedor possui muito mais importância para o sucesso do empreendimento do que uma loja virtual estruturada nos moldes convencionais.

O dropshipping é uma forma mais barata e menos arriscada de ter um e-commerce, pelo fato que só haverá gastos com produtos após ter a certeza do recebimento de uma venda.

Sabendo desta tendência do mercado, muitos fornecedores atendem lojas virtuais que utilizam esse modelo de logística.

Fornecedores nacionais x internacionais

Alguns se perguntam sobre o tipo de fornecedor mais lucrativo. Atestam que ao comprar de fora, na China, como no site AliExpress, conseguem aumentar a receita média por causa da maior margem de lucro.

Todavia, impostos, taxas de alfândega e tempo de entrega precisam ser considerados.

Quem trabalha com distribuidores internacionais sabe que uma hora ou outra terá que resolver problemas, e dos grandes.

Se você é iniciante e quer começar da maneira certa e menos arriscada possível, opte por fornecedores nacionais.

À medida que sua empresa for crescendo, poderá negociar preços mais acessíveis de acordo com o volume de pedidos requisitados ser cada vez maior.

 

avatar DENILSON MARCOS NEPOMUCENO
Denilson Marcos Nepomuceno
favorite_outline Seguir Perfil
capa Vida de MEI
Vida de MEI
people 7453 participantes
O espaço dedicado exclusivamente aos Microempreendedores Individuais. Aqui você encontra conteúdo para ajudar quem já é MEI na solução dos problemas, e também para guiar todos aqueles que estão pensando em se formalizar. Seja bem vindo!
fixo
Em alta
Inscrição Estadual MEI - Paraná
24 nov. 2022Inscrição Estadual MEI - Paraná
VENDAS NA INTERNET: Como trabalhar sendo afiliado
09 nov. 2021VENDAS NA INTERNET: Como trabalhar sendo afiliado
Para ver o conteúdo completo, bastase cadastrar, é gratis 😉
Já possui uma conta?