Logo Comunidade Sebrae
Home
bedtime
Imagen da logo do Sebrae
icone menu de opções
Iníciokeyboard_arrow_rightNovos Negócioskeyboard_arrow_rightArtigos

5 dicas práticas - Como empreender no ramo da alimentação saudável

avatar DIEGO ANDRADE BINI
Diego Andrade Binifavorite_outline Seguir perfil
fixo
thumb_up_alt
5 dicas práticas - Como empreender no ramo da alimentação saudável
Criado em 24 FEV. 2021
text_decreaseformat_color_texttext_increase

Vender marmitas saudáveis, produtos naturais, ter um restaurante especializado em comida saudável, trabalhar com delivery ou preparar planos alimentares específicos. Existem várias ideias de modelos de negócio focados em hábitos alimentares melhores, mas isso não é o suficiente para garantir sucesso no setor. É necessário saber como empreender no ramo da alimentação saudável e agir da melhor forma possível nesse segmento.

Atualmente, vivemos um dos períodos mais altos para quem quer começar um negócio no mercado de alimentação saudável. Isso porque a preocupação do brasileiro com esse assunto atingiu níveis históricos ao mesmo tempo em que vivemos uma espécie de 'crise' de má alimentação, com grande parte da população acima do peso. Portanto, é essencial entender esse movimento em níveis nacionais e regionais para montar seu plano de negócios.

Quer ver algumas ideias práticas de como empreender no ramo de alimentação saudável? Então siga a leitura do artigo abaixo!

Como empreender no ramo da alimentação saudável com 5 ideias

1. Tenha um nutricionista ou nutrólogo

O foco de um negócio dentro do ramo de alimentação saudável é, claro, a saúde. Portanto, é importantíssimo ter a presença ou o apoio de um profissional que seja especializado em alimentação e saiba exatamente como trabalhar com os produtos, quais combinações fazer e de que forma garantir mais saúde para os clientes.

Por exemplo, imagine um serviço de delivery de marmitas saudáveis. Sem o apoio do nutrólogo para pensar em um plano alimentar, vai ser difícil oferecer um serviço de qualidade para os clientes.

A única exceção para essa recomendação é para as lojas que vendem produtos feitos por outras marcas. Nesse caso, por ser um ponto de distribuição, talvez não seja essencial a presença de um nutricionista ou nutrólogo.

No entanto, todos os outros negócios, incluindo food trucks, deliveries e restaurantes, se beneficiariam de um profissional desse tipo, inclusive com uma tendência mais científica para fazer testes e estudos para a empresa.

2. Saiba que tudo começa com o seu produto

Toda empresa começa com o seu produto. No mercado de alimentação saudável não poderia ser diferente. Aliás, é justamente um dos mercados onde é mais importante ter um bom produto.

Afinal de contas, o cliente não está atrás de alguma coisa sólida, palpável. Está atrás de algo mais abstrato, que só pode ser sentido no longo prazo: saúde. Por isso, é vital que a sua estratégia seja montada ao redor do seu produto, seja ele qual for.

Isso não significa que você precisa de um produto super original e inovador. Na verdade, fazendo uma brincadeira com palavras, um bom feijão e arroz dá certo no ramo. Ou seja: você pode oferecer um produto que seja mais básico ou óbvio, mas desde que tenha sua estratégia definida certinho.

3. Priorize qualidade no início

Trabalhar com alimentação é relativamente complicado pois é uma questão muito pessoal. Um bom prato para uma pessoa não será, necessariamente, gostoso para outra. No entanto, existem alguns fatores que estão presentes em todos os tipos de clientes e devem ser levados em consideração.

Portanto, o principal foco no início da sua atividade deve ser a qualidade dos pratos e da alimentação em si. Tanto em termos de saúde (oferecer comida que seja saudável, orgânica e de qualidade), quanto em termos de negócio, como o preparo da comida, o preço e a apresentação.

Isso é importante pois os negócios do ramo de alimentação dependem da fidelização dos clientes. Ou seja: precisam que um mesmo cliente volte para fazer uma, duas, três, cinco, dez compras. E a melhor maneira de fazer isso é pela qualidade.

4. Tenha um plano de marketing definido, mas adaptável

Quando você tiver um produto bem definido e de grande qualidade, é hora de começar a pensar no seu plano de marketing. Ele precisa ser definido, mas também ter certa adaptabilidade e maleabilidade para poder mudar de acordo com os contextos de cada momento.

Normalmente, o setor de alimentação saudável combina muito bem com o Marketing de Conteúdo em blogs ou canais no YouTube, além de estratégias de conteúdo e engajamento nas redes sociais. Essa base dará uma plataforma de crescimento para o seu negócio passar a converter com anúncios, ações com influenciadores e mais.

5. Saiba usar ações corporativas estratégicas

Por fim, entenda que o seu negócio de alimentação saudável é um negócio em primeiro lugar. Portanto, terá uma série de ações corporativas estratégicas a seu dispor, como pedir crédito para poder financiar seu crescimento. Dessa forma, não esqueça de administrar o negócio do jeito certo e pensar como um empreendedor.

Pronto! Agora que você já sabe como empreender no ramo de alimentação saudável, é hora de começar a colocar seu planejamento em prática. Lembre-se de que existem certos requisitos mínimos que você deve cumprir por lei e tenha sempre em mente que o sucesso para uma empresa de nicho, como essa, é estabelecer uma ligação forte com os clientes no começo, para fidelizá-los e manter um fluxo estável de renda. Com esse fluxo permanente, será possível fazer planos maiores e crescer de forma sustentável.

E aí, gostou do conteúdo? Deixe um comentário abaixo com a sua opinião!

avatar DIEGO ANDRADE BINI
Diego Andrade Bini
favorite_outline Seguir Perfil
capa Novos Negócios
Novos Negócios
people 5327 participantes
Um espaço aberto para trocas de experiências sobre novos negócios. Se você já tem uma ideia de negócio, ou ainda não sabe por onde começar, este é o lugar certo! Aqui, você encontra conteúdos para te ajudar a ter sucesso nesta jornada empreendedora ¿¿
fixo
Em alta
Sebrae Em Dados - Mercado de Produtos Naturais no Brasil
16 ago. 2022Sebrae Em Dados - Mercado de Produtos Naturais no Brasil
Sebrae em Dados - Salões de Beleza
15 out. 2022Sebrae em Dados - Salões de Beleza
Para ver o conteúdo completo, bastase cadastrar, é gratis 😉
Já possui uma conta?