Logo Comunidade Sebrae
Home
bedtime
Imagen da logo do Sebrae
icone menu de opções
Iníciokeyboard_arrow_rightNovos Negócioskeyboard_arrow_rightArtigos

Canvas de Marketing: uma ferramenta simples, visual e prática para a sua empresa

avatar RAFAEL DE SOUZA
Rafael De Souzafavorite_outline Seguir perfil
fixo
thumb_up_alt
Canvas de Marketing: uma ferramenta simples, visual e prática para a sua empresa
Criado em 09 NOV. 2021
text_decreaseformat_color_texttext_increase

Já desejou conseguir enxergar de forma simples, visual e prática o plano de marketing da sua empresa? Então conheça agora o Canvas de Markerting, inspirado no Business Model Canvas.

O Canvas de Marketing é uma ferramenta que visa permitir ao empresário conseguir visualizar em uma única tela (canvas) um resumo do plano de marketing do seu negócio, de uma forma estruturada e visual.

Para quem deseja modelar um novo negócio, produto ou serviço, minha sugestão é que utilize o Business Model Canvas, visto que o Canvas de Marketing é voltado para quem já tem uma pequena empresa.

O preenchimento do Canvas de Marketing pode ser feito com post-it em cima de uma folha (sugestão de tamanho A2) ou diretamente no computador (clique aqui para baixar o arquivo).

A ferramenta é composta por 16 blocos: Objetivo, Meta, FCS (Fatores Chave de Sucesso), Forças, Fraquezas, Oportunidades, Ameaças, Clientes, Proposta de Valor, Produto, Praça, Preço, Promoção, Receitas, Investimentos e Indicadores.

A seguir, vamos conhecer detalhadamente como preencher cada um dos blocos, sendo que a numeração indicada em cada bloco é a sugestão de sequência a ser trabalhada dentro do Canvas de Marketing.

 

1 - Objetivo

Descreva aqui de qual o objetivo do plano de marketing que irá construir com a ferramenta. Para lhe ajudar nesta tarefa forneço abaixo 4 objetivos de exemplo:

  • Penetração de mercado: venda mais produtos com os quais já trabalha para o mercado em que já atua.
  • Desenvolvimento de mercado: descubra novos usos para os produtos com os quais já trabalha para novos mercados.
  • Desenvolvimento de produto: desenvolva novos produtos para o mercado já existente. Para isso, faça pesquisa de mercado minuciosa antes de agir.
  • Diversificação de produtos: talvez a estratégia mais difícil e arriscada, porém a que pode também gerar melhores resultados, atender um novo mercado com um novo produto.

 

2 - Meta

Estabeleça a(s) meta(a) específica(s) relacionada(s) ao objetivo, de tal forma que possa mensurá-las e que sejam relevantes, temporais (data de início e término) e alcançáveis (mas que te desafiem). Utilize o método SMART para isso!

Exemplo: se o objetivo é Penetração de Mercado, sua meta poderia ser Aumentar o número de clientes atendidos em 2020 em 10% no período de 01/01/2023 a 31/12/2023.

 

3 - FCS - Fatores Chave de Sucesso

São fatores chave para ter sucesso no mercado, eles são pontos que seus clientes avaliam, valorizam e comparam sua empresa com a concorrência, tais como: atendimento, qualidade, variedade de produtos e serviços, formas de pagamentos, preço, programas de fidelidade e outros.

Os FCS identificados são importantes na hora que você fizer uma pesquisa de satisfação e/ou uma pesquisa de mercado, visto que estes fatores são os pontos a serem pesquisados.

Segue abaixo um exemplo de mapeamento de FCS no Varejo de Moda.

 

4, 5, 6 e 7 - Análise SWOT/FOFA - Forças, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças

As Forças e as Fraquezas do seu negócio estão sobre total domínio do empreendedor, ou seja, dependem somente dele e da sua equipe para mantê-las ou modificá-las, sendo que as forças representam os pontos fortes do seu negócio e as fraquezas aqueles pontos em que há oportunidade de melhoria. Exemplos: portfólio de produtos/serviços, localização da empresa, recursos físicos e tecnológicos, equipe de colaboradores, marca e/ou patente, carteira de clientescapital de giro, etc.

Em contrapartida, as Oportunidades e as Ameaças não estão sob o domínio da empresa, elas são fatores externos ao negócio, sendo que as oportunidades são a mola propulsora ao crescimento e desenvolvimento do negócio e, por outro lado, as ameaças são os fatores que impedem o crescimento da empresa ou até mesmo podem provocar a sua falência. Exemplos: taxa de juros, câmbio, comportamento do consumidor, concorrência, situação econômica do país, entre outros.

 

8 - Clientes

Descreva aqui quem são seus clientes por meio da persona, isto é um personagem fictício que representa determinado grupo de clientes, definindo-se nome, idade, onde mora, o que faz (profissão e hobbies), história (comportamento, características chave e interesses) e motivações (preocupações, desafios e necessidades).

Repare que persona é diferente de público-alvo, este último tem uma definição mais genérica de quem sua empresa atenderá.

 

9 - Proposta de Valor

Tendo por base os FCS e a persona de cada cliente, descreva qual a sua proposta de valor. Esta proposta é o elemento chave do marketing que destacará seu negócio, posicionando-o para seu público como melhor que a concorrência.

O objetivo da proposta de valor é reforçar a sua capacidade em resolver as dores do cliente, garantindo mais vendas. Sendo esta dor um problema, necessidade ou desejo do cliente.

É importante ressaltar que cliente que vem por preço, por preço vai embora. Então, conquiste-o pelo valor que sua empresa oferece.

A proposta pode estar relacionada a inovação/novidade, performance, customização, design, marca/status, preço, experiência ou conveniência.

Exemplos: Uber resolve o problema de mobilidade urbana e altos custos para manter um veículo, Cacau Show vende presentes, Starbucks vende experiência de consumo, IFood oferece praticidade, etc.

 

10, 11, 12 e 13 - Mix de Marketing (4Ps):  produto, preço, praça e promoção

Em Produto destaque aqui os principais diferenciais competitivos do produto/serviço em relação a características técnicas, variedade, qualidade, design, embalagem, marca, garantias. 

Uma dica de ouro em relação a gestão de produtos/serviços é utilizar a Matriz BCG para analisar o desempenho dos itens de seu portfólio.

Veja a seguir alguns exemplos de possíveis estratégias para você utilizar em relação a produtos.

  • Faça parcerias com fornecedores que agreguem valor ao produto e/ou serviço ofertado;
  • Permita que o cliente personalize o produto/serviço a ser comprado;
  • Oferte um produto/serviço inovador no mercado atual;
  • Venda produtos/serviços já existentes em novos mercados;
  • Ofereça embalagens diferenciadas.

Em Preço, primeiro é importante definirmos a diferença entre preço e valor; enquanto o primeiro é o que o cliente paga, o segundo é o que ele percebe que está levando pelo o que pagou, ou seja, analisa a relação custo/benefício.

Para a composição do preço de um produto/serviço, geralmente leva-se em consideração no mínimo 3 variáveis: Estrutura de Custos (fixos, variáveis e lucro), Concorrência (diferença de preço) e Valor.

Veja a seguir alguns exemplos de possíveis estratégias para você utilizar em relação a preço:

  • Ofereça descontos progressivos a medida que o volume de compra do cliente for maior;
  • A opção de pacotes de produtos/serviços deve oferecer preços mais atrativos para o cliente, assim, a compra de cada produto/serviço separadamente fica menos atrativa;
  • Deixe claro para o cliente que o preço que ele está pagando é menor do que os inúmeros benefícios que o produto/serviço oferece;
  • A legislação atual permite ofertar preços diferenciados de acordo com a forma de pagamento;
  • Conceda descontos a partir de determinados valores para incentivar seu cliente comprar mais.

 

Em Praça define-se o local do espaço físico, posicionamento virtual da empresa e a sua área de atuação e abrangência. Aqui é importante ficar atento a logística, localização, infraestrutura, visual merchandising, acessibilidade, estacionamento, vizinhança, etc.

Veja a seguir alguns exemplos de possíveis estratégias para você utilizar em relação a praça.

  • A localização para a logística da empresa pode influenciar em redução de custos e prazos de entrega;
  • A praça em que você escolher atuar deve promover acessibilidade, proximidade e identidade com o público-alvo da sua empresa;
  • Utilize estratégias de visual merchandising e de marketing de experiência que favoreçam a jornada de compra do cliente;
  • Ofereça facilidades como estacionamento, ar-condicionado, Wi-Fi, espaço kids, maridódromo, delivery, espaço VIP, etc;
  • Marque presença na Internet e fique acessível para seus clientes (Google meu negócio, mídias sociais, site, WhatsApp, aplicativos, e-mail, etc).

Promoção é o conjunto de ações empregadas com a finalidade de divulgar a marca da sua empresa e o que ela oferece, de modo a fazer dela uma escolha natural quando uma necessidade de consumo surgir para o seu público.

Promover envolve tanto os canais nos quais a divulgação vai acontecer quanto a mensagem que vai transmitir a partir deles, seja por meio online ou offline. Aqui é importante que a mensagem transmitida gere no cliente a vontade de comprar.

Veja a seguir alguns exemplos de possíveis estratégias que você pode utilizar em relação a promoção:

  • Faça marketing de conteúdo por meio das mídias sociais e/ou blog, sendo que esta ação deve chamar a atenção e gerar interesse e desejo para que o cliente compre seu produto/serviço;
  • Caso tenha recurso financeiro, invista em publicidade off-line (folheteria, outdoor, busdoor, etc) ou online (Google Adwords, Facebook Ads, Instagram Ads, etc);
  • Promova seus produtos e serviços por meio de ações como cupons, brindes, degustação, programa de fidelidade, eventos, campanha indique, etc;
  • Faça parcerias com outras empresas que atendam o mesmo público-alvo que você, tendo como foco a divulgação da sua marca, produtos e serviços;
  • Seja um especialista em seu mercado e faça venda consultiva, auxilie o seu cliente a encontrar a melhor solução.

 

14 - Receitas

Defina quais são/serão suas principais fontes de receita em relação a, por exemplo:

  • Venda de Produtos;
  • Venda de Serviços;
  • Parcerias (comissão).

 

15 - Investimentos

Defina quais são/serão os principais gastos necessários para seu planejamento de marketing se tornar realidade:

  • Investimento em publicidade (online e offline);
  • Investimento em pessoas (recrutamento, seleção, treinamento);
  • Investimento em equipamentos e tecnologia;
  • Investimento em desenvolvimento de produtos/serviços.

 

16 - Indicadores

Defina quais são/serão os indicadores chave para medir o desempenho do seu negócio em relação a marketing/vendas, tais como:

  • Taxa de conversão;
  • Nota de satisfação (exemplo: NPS);
  • Nº de visualizações, curtidas, comentários e compartilhamentos;
  • Ticket Médio;
  • Taxa de clientes novos e de clientes fidelizados;
  • Faturamento, gastos fixos/variáveis por produto/serviço.

 

Mão na massa

Agora é hora de colocar em prática a ferramenta e depois nos contar aqui nos comentários o que achou da ferramenta.

Para baixar o CANVAS DE MARKETING, clique aqui! 

Conheça também o CANVAS DE VENDAS e alavanque os resultados do seu negócio, clique aqui e fique por dentro!

Um abraço e até a próxima.

avatar RAFAEL DE SOUZA
Rafael De Souza
Consultor, Produtor de Conteúdo e Palestrante do Sebrae-SP, Empreteco, Agente Local de Inovação, formado em TI, especialista em Gestão de Pessoas e em Gestão Estratégica de Negócios. Apaixonado por empreendedorismo e admirador de empreendedores!favorite_outline Seguir Perfil
capa Novos Negócios
Novos Negócios
people 5244 participantes
Um espaço aberto para trocas de experiências sobre novos negócios. Se você já tem uma ideia de negócio, ou ainda não sabe por onde começar, este é o lugar certo! Aqui, você encontra conteúdos para te ajudar a ter sucesso nesta jornada empreendedora ¿¿
fixo
Em alta
Sebrae Em Dados - Mercado de Produtos Naturais no Brasil
16 ago. 2022Sebrae Em Dados - Mercado de Produtos Naturais no Brasil
Sebrae em Dados - Salões de Beleza
15 out. 2022Sebrae em Dados - Salões de Beleza
Para ver o conteúdo completo, bastase cadastrar, é gratis 😉
Já possui uma conta?