Logo Comunidade Sebrae
Home
bedtime
Imagen da logo do Sebrae
icone menu de opções
Iníciokeyboard_arrow_rightMulheres Empreendedoras keyboard_arrow_rightArtigos

Canais de vendas: qual o melhor para o meu negócio?

avatar ACEA EVGUENI RATCHEVA
Acea Evgueni Ratchevafavorite_outline Seguir perfil
fixo
thumb_up_alt
Canais de vendas: qual o melhor para o meu negócio?
Criado em 18 AGO. 2022
text_decreaseformat_color_texttext_increase


Canais de vendas são aqueles caminhos que você usa para colocar seu produto nas mãos de seus clientes. Podem ser canais indiretos ou diretos. Canais diretos são aqueles em que você tem mais controle sobre como sua marca é exibida e tem contato direto com seus clientes. Canais indiretos são aqueles em que você faz uma venda por meio de um intermediário. Mas qual é o melhor para você?


Antes de decidir qual canal de vendas usar, você precisa responder algumas perguntas sobre seu produto:


  1. O que você está vendendo? É um produto de alta qualidade em que você precisa criar um relacionamento com seus clientes ou você tem um produto que as pessoas desejam comprar online?

  2. Como você recebe os pagamentos de seus produtos?

  3. Quantos produtos as pessoas compram por vez?

  4. Quanto tempo seus clientes gostam de esperar para receber seu produto?

  5. Onde seus clientes estão localizados?

  6. Existem produtos complementares ao seu?




Canais de vendas diretas


Aqui, sua empresa realiza a venda diretamente em contato com o cliente. Entre os principais canais, destacam-se:


Loja física. Esta é a opção mais cara para o seu negócio. É ótimo para produtos de alta qualidade ou produtos em que você precisa demonstrar como funciona ou tem que desenvolver um relacionamento com seu cliente para que ele compre de você. Também é ótimo para produtos que possuem informações detalhadas sobre seus benefícios.


Feiras ou exposições. Este seria um bom investimento porque você pode conhecer pessoas fora de sua área de influência. Você também pode acessar as pessoas que podem não ter experiência com a Internet.


Ao participar de uma feira, é possível falar diretamente com seus clientes e descobrir quais são seus pontos problemáticos e como você pode resolvê-los. Além disso, você pode ver o que sua concorrência está fazendo e analisar se existem outros produtos com os quais você pode fazer parceria.


Licitações. Este canal é ideal para quem deseja obter um acordo com o setor público. É importante fazer uma pesquisa sobre quanto tempo levará para preparar a proposta, as chances de ganhar o contrato e o valor do contrato antes de decidir licitar. Quando você tiver essas informações, poderá tomar uma decisão informada sobre licitar ou não.


Loja online. Você pode vender seus produtos diretamente para seus clientes e direcionar seus clientes para seus produtos por meio do uso de marketing de mídia social.


Canais de vendas indiretas


Os canais de vendas indiretas envolvem intermediários para ajudá-lo a alcançar mais clientes do que sua empresa sozinha. Esses distribuidores podem ser varejistas, atacadistas ou mercados online como a Amazon.


Nesse caso, sua equipe de vendas não está em contato com o cliente final. Entre eles, destacam-se:


Revendedores. Aqui, uma empresa compra seu produto e depois o vende para você por meio de seus canais.


Afiliados. São pessoas ou empresas que vendem seu produto para você por uma comissão. Um cuidado ao lidar com afiliados é que você precisa garantir que eles não participem de comportamento fraudulento, pois isso pode ter um impacto negativo em sua marca. Por isso, é bom pesquisar os possíveis parceiros de negócios. A vantagem de usar um afiliado é que ele fará propaganda boca a boca para um grupo de pessoas que você pode não ter considerado abordar.


Mercados online. Há uma grande variedade de mercados online que oferecem diferentes tipos de benefícios e desafios para seus produtos. É importante escolher um canal de vendas online que complemente seu produto.


Distribuidores. São empresas que compram seus produtos no atacado e os distribuem pelos canais aos quais estão associados. Os benefícios de usar um distribuidor é que você não terá que treinar uma força de vendas para vender seu produto. Uma limitação é que a margem de lucro das mercadorias pode não ser boa para produtos de baixo valor.


Cada canal tem seu próprio conjunto de prós e contras e, portanto, deve ser considerado como sua própria entidade separada. Dependendo do canal de vendas escolhido, você deve usar estratégias de vendas adaptadas e fazer diferentes ofertas promocionais. E lembre-se de que diferentes canais de vendas podem atingir diferentes públicos!


E você, quais canais de venda já utilizou ou pretende trabalhar? Conte para a gente nos comentários!


Gostou deste tipo de conteúdo? Espero que sim!


Para acessar mais dicas e experiências compartilhadas que podem te ajudar a trilhar sua jornada empreendedora, faça parte da comunidade Mulheres Empreendedoras.



Um grande abraço,

Acea

avatar ACEA EVGUENI RATCHEVA
Acea Evgueni Ratcheva
Mãe do Arthur | Head da comunidade Mulheres Empreendedoras | Especialista em Marketing Empresarial e Marketing Intelligence | Consultora no Sebrae Paraná | Empresária do segmento infantilfavorite_outline Seguir Perfil
capa Mulheres Empreendedoras
Mulheres Empreendedoras
people 1771 participantes
Somos uma comunidade de mulheres empreendedoras, que lutam diariamente para superar as dificuldades e chegarmos onde queremos! Somos fortes e empoderadas.
fixo
Em alta
Empreender é sobre Crescer e Contribuir
20 out. 2022Empreender é sobre Crescer e Contribuir
Seja a Influenciadora do seu negócio!
10 ago. 2022Seja a Influenciadora do seu negócio!
Para ver o conteúdo completo, bastase cadastrar, é gratis 😉
Já possui uma conta?