Logo Comunidade Sebrae
Home
bedtime
Imagen da logo do Sebrae
icone menu de opções
Iníciokeyboard_arrow_rightPolo de Liderança keyboard_arrow_rightArtigos

Accontability Pessoal: como ser autorresponsável e gerar resultados positivos

avatar EDINILSON JOSE SLABEI
Edinilson Jose Slabeifavorite_outline Seguir perfil
fixo
thumb_up_alt
Accontability Pessoal: como ser autorresponsável e gerar resultados positivos
Criado em 16 NOV. 2022
text_decreaseformat_color_texttext_increase

Accontability é um conceito que está presente na minha vida há muito tempo, porém, recentemente aprofundei os estudos desse tema, onde conectei com um autor especialista nesse tema João Cordeiro.

 E nesse processo de profundidade, comecei a entender por que muitas pessoas não avançam e não constroem resultados positivos em sua vida. 

De forma bem prática, accountability é pegar para si a responsabilidade e gerar respostas com resultados positivos.

O que você provavelmente vê por aí ou passe é um outro conceito, o desculpabilityque é a habilidade de se livrar de qualquer responsabilidade, colocando a culpa nos outros ou nas circunstâncias. 

Desde crianças aprendemos a dar desculpas, a culpar as outras pessoas, a julgar, a fugir das nossas responsabilidades porque muitas vezes esse tipo de atitude é validado por nossos pais como inteligência para sair de situações de pressão no dia a dia.

Para você entender melhor aonde quero chegar, vou convidar para esse artigo um personagem que você deve conhecer, que é especialista em ser contrário à accountability

Homer Simpson é o personagem infantil que mais expressa atitudes se eximindo da responsabilidade de tudo que acontece na vida dele. 

Vou deixar abaixo alguns dos mandamentos dele:

  1. Crianças, vocês se esforçaram, deram o melhor de si e fracassaram. Que lição vocês podem tirar disso? Nunca se esforcem!
  2. Se alguma coisa é muito complicada ou difícil, então não vale a pena ser feita.
  3. Se você não consegue ter sucesso na primeira vez, desista!
  4. Eu quero dividir com vocês três coisas que aprendi, que são muito importantes para toda vida. Primeira: nunca diga "fui eu!". Segunda: sempre diga "boa ideia, chefe!". Terceira: sempre diga "já estava assim quando eu cheguei!"
  5. Lisa, se você algum dia não gostar do seu trabalho, não se esforce. Basta aparecer por lá e fazer tudo pela metade.
  6. Toda a minha vida eu sempre tive um sonho: atingir as minhas metas.
  7. Tentar é o primeiro passo para fracassar.

Você deve ter percebido o quanto ele foge de assumir verdadeiramente seus atos. Pessoas que não assumem o seu verdadeiro papel na sua vida pessoal e profissional, buscam até mesmo fazer perguntas buscando circunstâncias para culparem. 

Eles têm algumas perguntas chaves que ajudam muito nesse processo:

  1. Por que isto está acontecendo?
  2. Por que comigo?
  3. Por que justamente, quando a minha vida estava tão boa?
  4. Desde quando?
  5. Como eu poderia ter sabido isso?
  6. Quem poderia imaginar isso?
  7. De quem foi essa ideia?
  8. Quem fez isso comigo?
  9. O que eu fiz de errado, para merecer isso?

Talvez você esteja se perguntando, o que eu ganho se tornando uma pessoa accountable? 

Olha só, a partir do momento que eu passei a agir de maneira mais objetiva e focado nos meus resultados de forma positiva e consistente, muitos resultados mudaram na minha vida. 

Ser uma pessoa responsável por tudo que acontece na sua vida te traz vários ganhos, dentre eles:

  • Um profissional mais completo, porque deixa de lado o hábito de dar desculpas e justificativas e passa a entregar resultados mais consistentes.
  • Um gestor mais focado em resultados, porque torna-se cada vez mais exigente consigo mesmo e menos tolerante com níveis baixos de responsabilidades.
  • Um pai ou uma mãe melhor, porque aprende a lidar bem com seus filhos, ajudando-os a ser independentes e mais responsáveis pelas próprias decisões.
  • Um filho melhor, porque desenvolve uma percepção mais clara das suas responsabilidades no contexto familiar.
  • Uma pessoa com maiores chances de sobrevivência em emergências.
  • Um ser humano mais desenvolvido, porque definitivamente ninguém atingiu seu limite máximo de desenvolvimento.

Agora quero te perguntar, o que você realmente quer para sua vida? 

Porque para mudar seus resultados você precisa mudar a lente que você vê a sua vida e a sua forma de agir. 

Você pode escolher entre assumir 10% da responsabilidade para si e deixar 90% para as circunstâncias ou inverter o jogo e assumir 80% da responsabilidade para si e deixar 20% para as circunstâncias. 

Os resultados são completamente diferentes quando você muda o seu modo de pensar em relação as suas ações. 

E para tudo isso, basta você firmar-se em 3 pilares: proatividade, mão única e humildade.

É simples mudar a perspectiva e as suas atitudes, porém você precisa realmente querer mudar. Na essência você já nasce com um software de SUPER RESPONSABILIDADE pré-instalado. 

Em alguns de nós ele já está ativado, em outros pode travar de vez em quando, mas tem pessoas que esse software se encontra inativo por causa da Ciclo da Vítima revivido muitas vezes. 

Esse ciclo é responsável por nos fazer sentir-se incapaz diante das circunstâncias. Talvez, já tenha passado da hora de você virar o jogo de dentro para fora e se tornar alguém accountable. São essas pessoas que:

  • São focadas na solução dos problemas.
  • Agem imediatamente quando demandadas.
  • Não se conformam com processos ineficientes ou serviço ruim.
  • Pensam o que é melhor para empresa e para o cliente, e decidem fazer o melhor.
  • Fazem a parte deles e dos outros, se for preciso.
  • Interessam-se pelos resultados, pelo todo e resolvem os problemas.
  • Estão empenhadas em fazer alguma diferença. Deixar uma marca.
  • Não se prendem a horários. Tem foco no que precisa ser feito.
  • Pensam como se fossem o dono da empresa. Usa sempre o "nosso" ao invés do "eu".
  • Tomam decisões para resolver problemas. Tomam para si a responsabilidade.

Além disso, são elas que fazem as seguintes perguntas:

  1. Como eu posso resolver esse problema?
  2. O que eu posso fazer, dentro destas circunstâncias, para ajudar?
  3. Como eu posso minimizar as consequências desse problema?
  4. Como eu posso agir, para impedir que este problema surja outra vez?
  5. O que eu posso aprender de bom, para mim e para os outros, a partir desta situação?
  6. O que eu posso fazer para que isto não me afete, se acontecer outra vez?
  7. De que maneira devo lidar com isso?

E eu termino deixando abaixo algumas leis que aprendi com Paulo Vieira no livro, O Poder da Autorresponsabilidade, que você deve decorar para começar a mudar sua vida:

  1. Se é para criticar os outros, cale-se;
  2.  Se é para reclamar, dê sugestão;
  3.  Se é para buscar culpados, busque solução;
  4.  Se é para se fazer de vítima, faça-se de vencedor;
  5.  Se é para justificar seus erros, aprenda com eles;
  6.  Se é para julgar as pessoas, julgue suas atitudes.

Faça o seguinte exercício. Escreva essas leis em um documento online ou impresso e leia ela todos os dias por 30 dias seguidos para começar a transformar seus resultados pessoais e profissionais.


Assine essa Newsletter para receber artigos semanalmente no meu Linkedin: https://www.linkedin.com/newsletters/6967811048573689856/

Siga meu Instagram para acessar conteúdos diários:  https://www.instagram.com/edi.slabei/


avatar EDINILSON JOSE SLABEI
Edinilson Jose Slabei
Mentor de aceleração de crescimento profissional e liderança e especialista em performance sistêmica para construção de carreiras exponenciais. Meu propósito é construir e restaurar famílias e relacionamentos por meio do desenvolvimento de homens e mulheres como pais, cônjuges, profissionais e líderes de verdade para criar gerações mais fortes emocionalmente. Minha carreira profissional começou quando tinha 10 anos e comecei a aprender sobre liderança e pessoas trabalhando com meu pai na agricultura. Após a conclusão do curso técnico em logística e início da graduação em Engenharia de Produção, em 2017 comecei a atuar na indústria. Nessa jornada me apaixonei por mentalidade de crescimento, liderança, inteligência emocional e isso me fez em um ano na indústria, chegar ao cargo de supervisor e depois de 7 meses, assumir o cargo de gerente. Depois de 3 anos atuando na indústria, inconformado com muitas pessoas vivendo a insatisfação profissional e sem crescimento, decidi investir ainda mais em mim para ajudar profissionais e líderes quebrarem suas barreiras mentais. Certificações: Master Coaching Integral Sistêmico Practitioner em Programação Neurolinguística Analista de Perfil Comportamental Advanced Executive Coach Business Coach Coaching Financeiro Inteligência Emocional Mindfulnessfavorite_outline Seguir Perfil
capa Polo de Liderança
Polo de Liderança
people 4645 participantes
Seja bem vindo a comunidade Polo de Liderança! A comunidade tem como objetivo conectar líderes de micro e pequenas empresas com conteúdos para seu desenvolvimento. Participe e inspire-se com novas ideias para melhorar sua gestão, com visão e ousadia para liderar sua equipe e transformar sua empresa.
fixo
Em alta
Conheça 9 livros para aprimorar o desenvolvimento pessoal!
18 abr. 2023Conheça 9 livros para aprimorar o desenvolvimento pessoal!
[CURSO] Flow - Conversas Difíceis
18 jul. 2022[CURSO] Flow - Conversas Difíceis
Para ver o conteúdo completo, bastase cadastrar, é gratis 😉
Já possui uma conta?