Logo Comunidade Sebrae
Home
bedtime
Imagen da logo do Sebrae
icone menu de opções
Iníciokeyboard_arrow_rightAmbientes de Inovaçãokeyboard_arrow_rightArtigos

04 PASSOS PARA A CRIATIVIDADE

avatar LEONARDO KOITI ODA
Leonardo Koiti Odafavorite_outline Seguir perfil
fixo
thumb_up_alt1
04 PASSOS PARA A CRIATIVIDADE
1 pessoa curtiu esse artigo
Criado em 22 OUT. 2020
text_decreaseformat_color_texttext_increase

Um bom processo criativo e uma boa ideia são a base para que qualquer empresa  consiga desenvolver projetos e estratégias que farão diferença para o seu negócio.

No entanto, não adianta apenas sentar e esperar vir uma inspiração divina que acenderá a lâmpada das boas ideias na sua cabeça.

É preciso criar um processo para isso: O PROCESSO CRIATIVO.

Ele é o principal responsável por construir ideias com conceitos sólidos e muito valiosos.

Então para eu ter boas ideias, que possam fazer a diferença na minha empresa, preciso antes entender e desenvolver um processo criativo?

CORRETO!

Humm, entendi... Então me conte mais sobre esse tal do processo criativo?

CLARO!

O PROCESSO CRIATIVO é o processo da construção das ideias, e tem o objetivo de exercitar a criatividade, e também dar o suporte para certas atividades necessárias do processo de inovação.

 

Para uma empresa que deseja se diferenciar no mercado, é muito importante ter um processo criativo estruturado, e sempre utilizá-lo para se chegar a uma boa ideia,  superar desafios, inovar nos seus produtos e serviços.

O fator de sucesso de um processo criativo não é apenas sua execução, mas também uma prática estável e constante para estar sempre melhorando e aprendendo.

 

Quais são as etapas do processo criativo?

O processo criativo utilizado hoje, foi baseado na teoria do psicólogo britânico Graham Wallas, que propôs uma teoria em 1926, A ARTE DO PENSAMENTO.

A ideia dele era a execução de um processo criativo em 04 etapas que permitisse a geração de ideias mais estruturadas, e que pudesse resolver de forma mais eficiente os problemas e desafios.

 

Esse modelo ainda é usado hoje, e se chama MODELO DOS 4 ESTÁGIOS.

 

1.     PREPARAÇÃO

 

A fase de preparação é o momento de entender as os problemas e/ou desafios que você e sua equipe desejam superar.

 Aqui, você deve fazer perguntas sobre a intenção do projeto, a melhor forma de acompanhá-lo, quem é o público-alvo etc.

Esta é uma etapa de assimilação, na qual o objetivo é construir a ideia principal. A etapa de preparação é o momento em que se levantam as principais informações sobre o desafio a ser superado, para entender melhor onde está se pisando.

Pode ser considerada a  etapa de estudo e pesquisa, em que  tudo o que estiver relacionado ao produto, atividade, empresa, segmento de mercado, deve ser discutido, questionado e analisado por todos.

 

2.     INCUBAÇÃO

Na etapa de incubação o trabalho é exatamente o oposto do da Etapa de Preparação. É uma fase mais subjetiva e abstrata, falam que é a fase do subconsciente.

Um pouco estranho pensar assim certo?

Mas pense que é uma fase de acomodação das informações na sua cabeça, para que a poeira possa baixar, e assim você possa  ver o que realmente é importante, quais são as partes que se conectam,  e o que pode ser deixado de lado nesse momento.

Depois de absorver as informações importantes na primeira etapa, o cérebro agora é capaz de priorizá-las, e então as ideias começam a aparecer.

Durante este tempo, faça outras coisas, concentre-se em outros projetos, quanto menos pensar no foco do seu problema melhor.

 

3.     ILUMINAÇÃO

Você sabe o momento em que a lâmpada aparece na cabeça do personagem no desenho animado?

É nessa fase que essa ideia surge, precisamente porque você estudou exaustivamente as informações, e fez também o cérebro funcionar inconscientemente.

Depois da etapa anterior, em que você quase não intervém, suas ideias começam a se tornar mais específicas e mais claras.

A partir daí, com total controle e atividades, você vai começar a pensar no seu desafio, e formar ideias inspiradas a encontrar soluções.

E como em um passe de mágica, a solução ideal para o seu problema aparece.

 

4.     IMPLEMENTAÇÃO

 

Boas ideias podem dar o incentivo necessário para se aplicar todas as ações e esforços  aos projetos em questão.

Mas isso nem sempre garante o sucesso desejado.

A etapa de implementação é o momento de se colocar em prática as tudo o que foi pensado em relação aos desafios e problemas é a fase mais operacional, mão na massa, colocar em prática.

Uma boa ideia pode ser um excelente ponto de partida, mas que por si só, não garante o sucesso final da sua empreitada.  

Importante colocar em prática, executar, e assim como existe um processo para ter boas ideias, existe também um processo para executá-las com qualidade (veja aqui um texto que escrevi sobre isso).

Caso queria saber mais sobre criatividade e inovação acesse o site do Sebraetec, ou veja os serviços que ele disponibiliza para você.

avatar LEONARDO KOITI ODA
Leonardo Koiti Oda
favorite_outline Seguir Perfil
capa Ambientes de Inovação
Ambientes de Inovação
people 1367 participantes
Os ambientes promotores de inovação são ativos de transformação dos ecossistemas. Por isso, criamos aqui um espaço para compartilhar conhecimento e experiências que podem ajudar os empreendedores e heads de inovação. Conecte-se agora e faça parte desta comunidade você também!
fixo
Em alta
O que é Inteligência Artificial?
25 nov. 2023O que é Inteligência Artificial?
Economia Circular: Importância e Desafios
05 dez. 2023Economia Circular: Importância e Desafios